O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Pixel / studio505

Pixel / studio505

Pixel / studio505
Pixel / studio505, © John Gollings
© John Gollings

Em Melbourne, Austrália, um dos mais significativos e ambiciosos locais de desenvolvimento urbano hoje em dia é o Carlton United Brewery, conhecido também como CUB Brewery. Localizado em um dos locais mais propicios para o desenvolvimento atual da região, o projeto tem sido objeto de longas discussões sobre sua especulação imobiliária. Contudo, já está em andamento suas propostas multi-facetadas e de diversos autores.

studio505 (9)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/03/1332837253_1323739556_1093_017_bh_m_1280_x_1600-360x450.jpg" alt="" width="360" height="450">
© Ben Hosking

A empresa australiana Grocon, responsável pela construção e desenvolvimento do CUB Browery, convidou o Studio505 para projetar, justamente, seu escritório de desenvolvimento – o Pixel. Apesar de ter sido o último a entrar no plano para a região é, hoje, o primeiro construído. Apesar de o menor edíficio é o que veio com as maiores expectativas.
O principal briefing para o projeto do Pixel era de ele receber a certificação máxima do selo australiano de sustentabilidade e uso consciente do gás carbono – o Greenstar. E, não diferente, conquistou 6.

studio505 (8)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/03/1332837259_1323739575_1093_020_bh_m_1280_x_1599-360x450.jpg" alt="" width="360" height="450">
© Ben Hosking

O edificio abriga os escritórios para a equipe de desenvolvimento e vendas do CUB, além de áreas privativas para exposição e um telhado verde com vista para cidade e para a região – uma espécie de observatório dos canteiros de obra da região.

studio505 (6)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/03/1332837279_1323739747_1093_039_s505_h_1280_x_829-530x343.jpg" alt="" width="530" height="343">
© John Gollings

Por trás desse programa multi-funcional está a oportunidade da empresa Grocon ganhar seu selo GreenStar e proporcionar um edificio a custo eficaz e que reflita os rigorosos padrões de construção sustentável que deve balisar as demais construções da região. Studio505 projetou um edificio de escritórios muito simples e coerente com as questões de sustentabilidade na arquitetura.

studio505 (7)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/03/1332837272_1323739700_1093_028_bh_m_1280_x_1024-530x424.jpg" alt="" width="530" height="424">
© Ben Hosking

Pixel apresenta um dos mais sofisticados tratamentos de água e sistemas de reaproveitamento. O edificio foi projetado para manter o edificio em pleno funcionamento para os próximos dez anos, prevendo os niveis de precipitação pluvial médios de Melbourne. O edificio será auto-sustentável no que tange a questão do abastecimento da água. Do telhado verde, a extensa vegetação nativa recolhe as águas pluviais e as direciona para os sistema de armazenamento.

studio505 (15)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/03/1332837236_1323391972_water_diagram-530x374.jpg" alt="" width="530" height="374">
Diagrama de águas

A fachada é composta por um sistema de painéis com brises para sombreamento fixos, paredes duplas de janelas de vidro, além de captadores de energia solar. Studio505 desenvolveu um sistema de padrões complexos e simples para gerar um projeto cujo “fluxo” da percepção humana das texturas, formas e cores se dê de variadas formas.

studio505 (5)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/03/1332837264_1323739605_1093_022_bh_m_1280_x_1600-360x450.jpg" alt="" width="360" height="450">
© Ben Hosking

Studio505, ainda, procurou assegurar que o Pixel tenha boa integração com o entorno, através de sua volumetria mais baixa, no extremo norte do CUB Brewery. e o meio-ambiente através da volumetria baixa. Através da manipulação da escala, da fachada, dos sombreamentos e das padronizações, a arquitetura do Pixel pretende incorporar-se e modificar a paisagem local ao longo dos próximos anos.

studio505 (14)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/03/1332837226_1323391863_elevations-530x374.jpg" alt="" width="530" height="374">
Fachadas

Pixel alcançou pontuação máxima no sistema de classificação do GreenStar. Ele ganhou, ainda, um extra de 5 pontos que o colocaram no patamar de líder mundial. Esses pontos extras se justificam não so pelo design inovador mas, também, pela neutralidade do carbono, sistema de banheiros a vácuo com digestão anaeróbica e uma área de estacionamento reduzida. Pixel está sendo avaliado agora por outros órgãos de certificação ambiental, como o LEED, dos EUA e o BREEAM, do Reino Unido, com a pretensão de alcançar também as pontuações máximas.

studio505 (17)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/03/1332837224_1323391845_details-530x374.jpg" alt="" width="530" height="374">
Detalhes

Num dos locais mais importantes da região em desenvolvimento do CUB Brewery, em Melbourne, Austrália, o Pixel é um dos projetos mais importantes e ambiciosos de Melbourne. Marcando 105 pontos no selo GreenStar, Pixel é o primeiro edificio de escritórios da Austrália a neutralizar o uso do carbono, gerar sua própria energia e o necessário para o consumo de água, no local.

studio505 (4)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/03/1332837276_1323739722_1093_030_bh_m_1280_x_835-530x345.jpg" alt="" width="530" height="345">
© Ben Hosking

O elemento mais visível e notório, no Pixel, contudo, é sua fachada colorida. Trata-se de um sistema de paineis com grelhas de sombreamento fixos, paredes duplas de janelas de vidro e paineis solares. Criando uma superfície harmoniosa que envolve todos os lados do edifício, Pixel é vibrante e original.

studio505 (3)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/03/1332837247_1323739537_1093_012_bh_m_1280_x_1600-360x450.jpg" alt="" width="360" height="450">
© Ben Hosking

Agora, o objetido o Pixel é ganhar pontuações máximas nos outros selos de sustentabilidade, como o LEED e o BREEAM, dos EUA e Reino Unido, respectivamente. Caso Pixel alcance tamanha façanha, perante seus atuais 740.000 edifícios concorrentes mundiais, será um edifício-vanguarda.

© Ben Hosking

Ficha técnica:

  • Arquitetos:studio505
  • Ano:
  • Tipo de projeto: Comercial
  • Status:Construído
  • Características Especiais: Sustentável
  • Localização: Melbourne, Austrália

Equipe:

  1. Arquitetura: studio505

 

  1. Fotografias: Ben Hosking, John Gollings, studio505.

Cita: Wesley Macedo. "Pixel / studio505" 27 Mar 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/40196/pixel-studio505> ISSN 0719-8906