O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Brasil
  5. Jaime Lerner
  6. 1966
  7. Clássicos da Arquitetura: Residência do Arquiteto / Jaime Lerner

Clássicos da Arquitetura: Residência do Arquiteto / Jaime Lerner

Clássicos da Arquitetura: Residência do Arquiteto / Jaime Lerner
Clássicos da Arquitetura: Residência do Arquiteto / Jaime Lerner, © Juliana Harumi Suzuki
© Juliana Harumi Suzuki

Sete vigas semi-invertidas idênticas e paralelas determinam a cobertura do edifício. Seção: oito por quarenta centímetros. Distanciamento: oitenta centímetros de eixo a eixo. Desenho: três segmentos retilíneos contínuos. O primeiro, horizontal, apresenta sete metros e cinco centímetros de extensão. O segundo, em aclive, apresenta três metros e sessenta centímetros a um ângulo de sessenta e três graus. E o terceiro, o principal, dezenove metros e quarenta centímetros em declive a um ângulo de dezesseis graus e meio: ângulo próximo ao declive natural do terreno.

© Ricardo Perini
© Ricardo Perini

O muro da divisa lateral do terreno funciona como a oitava viga, porém com um distanciamento diferente: oitenta e três centímetros e meio. O edifício surge, portanto, rente a ele. O declive do terreno faz com que a vista do edifício desde a rua seja apenas sua coberta inclinada. Os espaços entre vigas servem de nicho para crescer o jardim. Vê-se apenas jardins, arbustos e árvores.

© Ricardo Perini
© Ricardo Perini

O edifício desenvolve-se em três níveis, que determinam suas divisões funcionais. O nível intermediário, e pavimento principal do edifício, abriga todos os ambientes sociais e de serviços. O nível superior, dois metros e quarenta centímetros acima, é determinado pelo segmento horizontal das vigas de cobertura, e abriga o escritório. O segundo segmento das vigas, o mais inclinado, determinam seu pé direito. O nível inferior, em sequência com o nível principal, com um metro e sessenta centímetros de desnível, abriga os dois dormitórios e o banheiro.

Cortes longitudinais
Cortes longitudinais

A localização do escritório possibilita um pé direito de quatro metros e dez no ponto mais alto do salão de estar. Por sua vez, a viga inclinada maior que o abriga reduz o pé direito a uma altura de um metro e noventa centímetros no ponto mais baixo, na extremidade sudoeste do edifício, onde estão os dormitórios.

© Ricardo Perini
© Ricardo Perini

As lajes, de dez centímetros de espessura, são materializadas de tal modo que cinco centímetros da altura das vigas fiquem à vista no interior do edifício. As paredes que dividem e determinam os três níveis do edifício são inclinadas e formam um ângulo de oitenta graus com a laje de cobertura maior. Marcam as divisões principais da fachada.

© Ricardo Perini
© Ricardo Perini

O edifício apresenta uma única fachada, que representa sua elevação lateral, que dá ao jardim interior. Nela, os ambientes de serviço são marcados por uma parede rebocada e pintada externamente de branco, com estreitas janelas altas. Em contraste com essa opacidade, os ambientes sociais e íntimos são marcados por um desenho similar de esquadrias formadas por montantes verticais de madeira com espaçamentos variados, vergas também de madeira distribuídas em alturas variadas, e fechamentos de lâminas opacas de madeira, em conjunto com as portas, e sobretudo painéis de vidro.

© Ricardo Perini
© Ricardo Perini

O edifício é assim determinado por sua coberta e caracterizado por sua fachada única.

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Jaime Lerner
Escritório
Cita: Igor Fracalossi. "Clássicos da Arquitetura: Residência do Arquiteto / Jaime Lerner" 05 Mar 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/180813/classicos-da-arquitetura-residencia-do-arquiteto-slash-jaime-lerner> ISSN 0719-8906