UNStudio projeta observatório em roda gigante no Japão.

UNStudio projeta observatório em roda gigante no Japão.

Pense em uma experiência social que combine diversão e a percepção do seu entorno. O escritório holandês UN Studio, juntamente com a Ferris Wheel Investment, do Japão, lançou uma proposta colossal que atrairá milhões de visitantes a um centro de vendas e alimentação adjacente a uma icônica roda gigante que servirá de observatório, a Nippon Moon. A proposta utiliza o smart phone ou tablet do usuário, expandindo sua experiência para muito além do momento que entra fisicamente em uma das 32 cápsulas da roda gigante.

O aplicativo Nippon Moon utilizará "enfileiramento ativo", permitindo que os usuários  façam compras ou comam enquanto aguardam sua vez de entrara nas cápsulas.Cortesia de UNStudio
O aplicativo Nippon Moon utilizará "enfileiramento ativo", permitindo que os usuários façam compras ou comam enquanto aguardam sua vez de entrara nas cápsulas.Cortesia de UNStudio

O dispositivo do usuário se transforma em um portal que permite a comunicação entre as cápsulas, visualmente e fisicamente separadas. O objetivo é encorajar a participação ativa na experiência cultural, ambiental e pessoal.

Cortesia de UNStudio
Cortesia de UNStudio
Cortesia de UNStudio
Cortesia de UNStudio
Cortesia de UNStudio
Cortesia de UNStudio

As cápsulas enclausuram os usuários e mostram, pelo vidro transparente, vistas digitalmente alteradas do entorno, agindo como mediadoras entre o real e o virtual. Para compreender completamente as tendências comportamentais e a experiência dos usuários, o UNStudio se reuniu com o escritório italiano de design Experientia para desenvolver uma estratégia coerente para as realidades aumentadas propostas. Derivadas das tradicionais cabines de rodas gigantes, as cápsulas são grandes o bastante para acomodar até doze pessoas. Engenheiros especializados da Arup e da Mitsubishi fizeram a consultoria estrutural do projeto.

Este romantismo, disse o UNStudio, é parte integral da proposta, garantindo que o desenho e a engenharia da roda represente as ambições do Japão. "O conceito do observatório não é novo", admitem, entretanto, explorando a relação entre engenharia pesada e novas tecnologias, pode-se desenvolver uma atração cultural única do Japão.

Cortesia de UNStudio
Cortesia de UNStudio
  • Arquitetos

  • Arquiteto Encarregado

    Ben van Berkel
  • Equipe de Projeto

    Gerard Loozekoot, Frans van Vuure, Filippo Lodi, Harlen Miller, Jan Kokol, Wendy van der Knijff, Todd Ebeltoft, Tina Kortmann, Patrik Noome, Jeroen den Hertog, Iain Jamieson
  • Cliente

    Ferris wheel Investment Co.,Ltd
  • Engenheiro Estrutural

    Arup Tokyo + Melbourne, Mitsubishi Heavy Industries
  • Design Interativo

    Experientia
  • Animação

    Submarine
  • Visualização

    MIR
  • Superfície da construção

    Terminal e plataforma 7.200 m²
  • Volume da Construção

    Terminal e plataforma 90.000m³
  • Cápsulas

    32
  • Terreno

    18.000m2
  • Área

    0.0 m²
  • Ano

    2012
  • Fotografias

    Cortesia de UNStudio

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: Gabriel Cruz, Jose Luis. "UNStudio projeta observatório em roda gigante no Japão." [UNStudio Envisions Giant Observation Wheel in Japan] 18 Out 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-147045/unstudio-projeta-observatorio-em-roda-gigante-no-japao> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.