Exodus Cube / Personal Architecture BNA

Exodus Cube / Personal Architecture BNA

© René de Wit© René de Wit© René de Wit© René de Wit+ 26

  • Arquitetos: Personal Architecture
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1200
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2013
  • Fotógrafo Fotografias:  René de Wit

Descrição enviada pela equipe de projeto. Após trinta anos de latência do Supercube, sendo parte do mundialmente famoso complexo de Piet Bloms, em Rotterdam, ele recebe um destino importante. Sob a orientação da Fundação Exodus, o edifício será habitado por 20 jovens em reabilitação na fase final de suas detenções.

© René de Wit
© René de Wit

Desde a sua conclusão em 1982, o edifício tem estado quase sempre vago e algumas partes do edifício ainda nem foram totalmente concluídas. De acordo com os arquitetos, Sander van Schaik e Maarten Polkamp, isso é explicável: "a edificação estava escura, aquecia rapidamente e não havia nenhuma relação entre os pavimentos." Estas também não são as circunstâncias ideais para a nova função, onde transparência, controle social e a facilidade de encontros entre seus habitantes são condições vitais para o sucesso da reintegração.

Diagrama - Programa
Diagrama - Programa

A descontinuidade entre os andares, o progresso vertical tedioso e o piso intermediário inconvenientemente escuro são consideradas as três questões mais problemáticas no edifício original. Para a realização do programa proposto, com vinte dormitórios, estas questões foram abordadas por meio de uma intervenção única. Para este efeito, um poço retangular foi inserido no centro do edifício, criando um vazio de 3x3 metros ao longo de toda a altura.

© René de Wit
© René de Wit

O vazio aumenta a transparência e a coerência do edifício, adicionando uma grande quantidade de luz solar desde o topo aos níveis subjacentes. Além disso, o elemento possui um papel na regulação térmica do edifício, o "efeito de chaminé", criado pelo shaft, significa que o ar fresco a partir dos pisos de base ergue-se e arrefece a ponta quente da edificação. Várias funções, tais como recepção, despensa, lavanderia / banheiros, depósito e cozinha estão localizados internamente às paredes do poço. Além disso, esta "parede de serviço" suporta as escadas que dá acesso aos andares.

© René de Wit
© René de Wit

Com a realização do Stayokay Hostel, próximo, em outra parte do edifício cubista, o escritório Personal Architecture já reformou uma grande parte do famoso e icônico complexo. Inserir esta nova função dentro de uma comunidade como a do local foi uma iniciativa estimada, mas espera-se que a Fundação Exodus e seus habitantes tenham um efeito positivo sobre o ambiente do complexo e que o controle social e a supervisão aumente. Cooperações entre a Fundação, os moradores das habitações regulares, voluntários e as empresas no entorno estão gradualmente tomando forma.

Planta Baixa - 3° Pavimento
Planta Baixa - 3° Pavimento

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Overblaak 56, 3011 MH Roterdã, Holanda

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Exodus Cube / Personal Architecture BNA" [Exodus Cube / Personal Architecture] 11 Out 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-145778/exodus-cube-slash-personal-architecture-bna> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.