O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Brasil
  5. Joaquim Guedes
  6. 1975
  7. Clássicos da Arquitetura: Residência Fabrizio Beer / Joaquim Guedes

Clássicos da Arquitetura: Residência Fabrizio Beer / Joaquim Guedes

Clássicos da Arquitetura: Residência Fabrizio Beer / Joaquim Guedes
Clássicos da Arquitetura: Residência Fabrizio Beer / Joaquim Guedes, Cortesia de Grampo Design
Cortesia de Grampo Design

© Hugo Segawa, via Arquigrafia Cortesia de Grampo Design Cortesia de Grampo Design © Hugo Segawa, via Arquigrafia + 21

A materialidade do edifício é o tijolo. Ele prevalece sobre todos os outros materiais e configura em grande medida o caráter da casa. A estrutura é em concreto armado. Ele marca a retícula estrutural do edifício e sobressai em elementos de destaque: externamente, as marquises horizontais; e internamente, a escada principal.

© Hugo Segawa, via Arquigrafia
© Hugo Segawa, via Arquigrafia

O tijolo apresenta-se sob vários tipos, funções e disposições. Para as paredes de vedação são utilizados tijolos maciços deitados, deslocados meio tijolo a cada fiada. Para o revestimento externo de pilares e vigas: tijolos maciços em pé, com a face maior à vista, assentados com as juntas alinhadas. Para as faces inferiores das lajes: tijolos cerâmicos furados com a face maior à vista. Para os pisos internos: tijolos maciços com a lateral maior à vista, assentados, em geral, em escama de peixe, podendo aparecer também com assentamentos similares ao das paredes ou ao dos revestimentos de pilares e vigas. Para os pisos externos: tijolos maciços assentados da mesma maneira com os revestimentos de pilares e vigas.

© Hugo Segawa, via Arquigrafia
© Hugo Segawa, via Arquigrafia

O edifício não apresenta afastamento ao muro de divisa oeste. Distribui-se em dois blocos unidos pela cozinha. O menor e mais próximo ao acesso da rua abriga a garagem no térreo e, no pavimento superior, a área de serviço e dois dormitórios. Esse pavimento conforma a fachada principal da casa: uma fachada cega de tijolos aparentes. A escada que conecta ambos pavimentos localiza-se num átrio que leva da garagem à cozinha e conforma uma superfície semi-circular encostada ao muro lateral. Ela também dá acesso, quatro degraus acima, a um pequeno patio semi-aberto que leva diretamente ao quarto principal da casa, no bloco maior e principal.

Planta 1° Pavimento
Planta 1° Pavimento

O acesso social à casa é externo e lateral. A casa possui, na verdade, três acessos: o primeiro através de um pequeno pátio gerado pelo afastamento dos dois blocos da casa, que leva à sala de jantar; o segundo, quase ao centro da fachada lateral da casa, se faz através de um átrio semi-fechado e leva à sala de estar; e o terceiro é a grande abertura da varanda, nos fundos da casa.

Planta 2° Pavimento
Planta 2° Pavimento
Cortesia de Grampo Design
Cortesia de Grampo Design

A escada social de concreto aparente chama a atenção dentro da obra. Localiza-se num vazio que se estende ao segundo e último piso do bloco maior, o atelier. É iluminada, através do último pavimento, por duas janelas laterais e por um shed horizontal criado pelo afastamento entre a laje plana que cobre os quartos e a laje inclinada que cobre o vazio da escada. Cada pavimento é alcançado através de dois lances de escada. Os lances de degraus da escada apresentam guarda-corpos sólidos de concreto. Já os patamares, não. Sua largura avança lateralmente em balanço para servir de apoio a vasos de plantas, que fazem a função de guarda-corpo. No primeiro pavimento, a escada leva a um corredor aberto ao vazio iluminado, que faz a distribuição aos quatros dormitórios. O guarda-corpo do corredor surge alinhado com o fim do guarda-corpo da escada. Porém, ao contrário deste, é completamente vazado. Trata-se de uma laje horizontal deitada de aproximadamente três metros e meio de longitude, que se apóia, na outra extremidade, na parede onde termina o a área do vazio, sem nenhum apoio intermediário.

© Hugo Segawa, via Arquigrafia
© Hugo Segawa, via Arquigrafia

O atelier, no último piso, ocupa a porção central do edifício. Não apresenta nenhuma abertura na parede maior, que conforma a fachada lateral da casa. Porém apresenta grandes aberturas nas extremidades norte e sul que levam a dois terraços abertos opostos. O único elemento do atelier que se destaca na fachada é o volume da lareira.

© Hugo Segawa, via Arquigrafia
© Hugo Segawa, via Arquigrafia

Em todo o edifício existe um trabalho fino de iluminação, e em consequência, de disposição e orientação de esquadrias e elementos de sombreamento. Cada um dos elementos respondem a uma função particular dada pelo ambiente interior em que se insere. O edifício responde às especificidades.

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Cita: Igor Fracalossi. "Clássicos da Arquitetura: Residência Fabrizio Beer / Joaquim Guedes" 31 Ago 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/139604/classicos-da-arquitetura-residencia-fabrizio-beer-slash-joaquim-guedes> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.