O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Cinema e Arquitetura: "Tron: o Legado"

Cinema e Arquitetura: "Tron: o Legado"

  • 19:00 - 30 Agosto, 2013
  • por
  • Traduzido por Maria Julia Martins
Cinema e Arquitetura: "Tron: o Legado"
Cinema e Arquitetura: "Tron: o Legado"

Algum tempo atrás mencionamos este filme e o papel do diretor e arquiteto Joseph Kosinski no seu desenvolvimento da paisagem futurista. Agora é hora de incluir na nossa lista de Cinema e Arquitetura, este remake do filme Tron de 1982, de Steven Lisberger. Na época, foi o primeiro filme a mostrar uma representação espacial de mundo do computador como um ambiente inabitável.

Tecnologias de Design Assistido por Computador (CAD) inspiraram fortemente o espaço virtual onde ocorre a história. Esse espaço, chamado de "grid", descreve uma representação abstrata de uma realidade axial controlada por software computacional.

Mais informações abaixo.

A maior parte foi filmada em Vancouver, no entanto, o filme foi gerado principalmente através de modelos 3D com mais de dez empresas de efeitos visuais. E só para completar a atmosfera futurista, a trilha sonora estava em mãos de Daft Punk, estrelando também no filme como "MP3".

Kosinski desenvolveu uma forte relação com o cinema, na verdade, a ponto de pensar em uma influência sinérgica entre o cinema e arquitetura. "Estou curioso para ver se filmes como este podem influenciar o mundo da arquitetura em sua volta. Claramente, eu tive muita inspiração no mundo da arquitetura. Seria ótimo ver, até mesmo influenciar, o mundo da arquitetura diretamente."

INFORMAÇÕES

Nome Original: Tron: Legacy
Ano: 2010
Duração: 125 min.
País:Estados Unidos 
Diretor: Joseph Kosinski
Roteiro: Adam Horowitz, Richard Jefferies, Edward Kitsis, História original de Brian Klugman, Steven Lisberger, Lee Sternthal
Trilha Sonora: Daft Punk, The Third Twin
Elenco: Jeff Bridges, Garrett Hedlund, Bruce Boxleitner, Michael Sheen, Olivia Wilde, Beau Garrett, John Hurt

HISTÓRIA

Em 1989, Kevin Flynn, engenheiro de software e CEO da ENCOM International, desaparece. Vinte anos mais tarde, em 2009, o seu filho Sam, agora acionista principal da ENCOM, tem pouco interesse na empresa. Ele é solicitado por um amigo de seu pai, executivo da ENCOM, Alan Bradley, para investigar uma mensagem do fliperama de Flynn. Sam descobre um grande computador em um porão oculto e sem querer se teletransporta para o Grid, uma realidade virtual criada por seu pai. Ele é capturado e enviado para os "jogos" para competir contra outros programas capturados. Sem conseguir escapar, ele é forçado a lutar com um programa mascarado chamado Rinzler que, ao perceber que Sam é um "usuário" humano após vê-lo sangrar, o leva até CLU, um avatar virtual parecido com o jovem Kevin Flynn, que governa o Grid. CLU quase mata Sam em uma partida Light Cycle, mas Sam é resgatado por Quorra, um "aprendiz" de Flynn, que o leva até seu pai fora do território de CLU.

Flynn revela a Sam que ele estava trabalhando para criar um sistema de computador "perfeito" e o tinha nomeado CLU e Tron (um programa de segurança criado por Alan), seus co-criadores. Durante essa construção, o trio descobriu uma espécie de "algoritmos isomórficos" (ISOs) não concebidas por Flynn, tendo o potencial para resolver vários mistérios da ciência, religião e medicina. CLU traiu Flynn, aparentemende matou Tron e destruiu os ISOs. Enquanto isso, o "I / O portal" que permite viajar entre os dois mundos se fechou, deixando Flynn preso. Agora no controle do sistema, mas num impasse, CLU enviou a mensagem a Alan a fim de atrair Sam para o Grid, abrindo o portal por um tempo limitado. Como "disco de identidade" de Flynn é a chave mestra para o Grid e o único caminho para ir até o portal, CLU espera que Sam traga Flynn para o portal para que ele possa levar disco de Flynn e ir até o portal para impor o seu sistema no mundo humano.

Contra a vontade de seu pai, Sam retorna para o território do CLU para encontrar Zuse, um programa que pode fornecer uma passagem segura para o portal "I / O". No Clube Fim da Linha, o seu proprietário Castor revela ser Zuse, então trai Sam para os guardas de CLU. Nesta luta, Flynn resgata seu filho, Quorra sai ferido e Zuse ganha a posse do disco de Flynn. CLU destrói o clube junto com Zuse. Flynn e Sam se transportam para longe a bordo de um programa, onde Flynn recupera Quorra e revela que ela era o última ISO sobrevivente.

O transporte pára dentro de um navio de guerra, que é capturado por Rinzler, que Flynn reconhece como Tron, reprogramado por CLU. Sam recupera o disco de Flynn e resgata Quorra, enquanto Flynn assume o controle de um caça leve no convés. CLU, Rinzler, e vários guardas perseguem o trio em jatos leves. Ao fazer contato visual Flynn, Rinzler se lembra de seu passado e colide com o jato de CLU, mas CLU escapa enquanto Tron cai no mar de simulação abaixo. CLU enfrenta os outros no portal I / O, onde Flynn destrói CLU. Quorra, tendo trocado discos com Flynn, dá o disco de Flynn para Sam e eles escapam juntos para o mundo real. No fliperama de Flynn, Sam faz o backup e desativa o sistema. Em seguida, ele encontra Alan e diz-lhe que tem planos para retomar o controle da ENCOM, nomeando Alan presidente do conselho. Ele parte em sua motocicleta com Quorra.

TRAILER

Entrevista com Joseph Kosinski

Se você ainda está interessado sobre Kosinski, recomendamos o artigo de William Wiles "Architecture on the Grid".



Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Portilla, Daniel. "Cinema e Arquitetura: "Tron: o Legado"" [Films & Architecture: "Tron: Legacy"] 30 Ago 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Martins, Maria Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/137822/cinema-e-arquitetura-tron-o-legado> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.