O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. OMA lidera competição para a Ponte Jean-Jacques Bosc em Bordeaux

OMA lidera competição para a Ponte Jean-Jacques Bosc em Bordeaux

OMA lidera competição para a Ponte Jean-Jacques Bosc em Bordeaux
OMA lidera competição para a Ponte Jean-Jacques Bosc em Bordeaux, Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius
Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius

Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius + 8

Autoridades da cidade selecionaram o “stripped-down design” do OMA como um dos finalistas na competição internacional para a Pont Jean-Jacques Bosc em Bordeaux, França. Atirando-se sobre o Rio Garonne, a proposta de OMA repensa a função cívica e o simbolismo de uma ponte no século XXI através da concepção de uma “plataforma” multimodal “que pode acomodar todos os eventos da cidade”. “Queríamos nos expressar de nodo simples – menos técnico, menos lírico, uma solução estrutural quase primitiva,” afirmou Clement Blanchet, o arquiteto do projeto juntamente com REM Koolhaas. “Esta simplicidade nos permitiu criar uma plataforma generosa para pedestres e programas públicos, assim como seria flexível para acomodar as necessidades futuras de diversos tipos de tráfego.”

Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius
Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius

Maiores detalhes sobre o projeto após o intervalo…

Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius
Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius

Acima do fascínio tradicional com estilo e desempenho técnico, o OMA tentou criar uma ponte do século 21 que explorasse as técnicas do state-of-the-art para criar um bulevar contemporâneo. Uma plataforma de 44 metros de amplitude e 545 metros de comprimento é estirada ao longo de ambos os lados, criando uma conexão direta com a terra. A ponte desce suavemente, permitindo um passeio fácil enquanto ainda dá o espaço necessário para a passagem de barcos embaixo dela. Cada tipo de tráfego – carros, RBD (tram/ônibus), bicicletas – tem sua própria pista, e são projetadas para adequar-se as mudanças de necessidades dos veículos. A maior faixa é aquela destinada aos pedestres.

Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius
Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius

A ponte é projetada coerentemente com o projeto de requalificação urbana adjacente St. John Belcier. Também tenta unir as diferentes condições das duas margens de Garrone: a Margem Direita, alinhada estritamente a uma fila de álamos, para a paisagem urbana da Margem Esquerda, procurando resolver o desafio da dualidade de aura e desempenho em um ambiente repleto de história.

Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius
Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius

A decisão final entre os arquitetos do OMA e Dietmar Feichtinger será realizada em dezembro deste ano, com a conclusão da ponte prevista para 2018.

Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius
Cortesia de © OMA, Artefactory, Frans Parthesius

O projeto é desenvolvido em colaboração com engenheiros WSP, o arquiteto paisagista Michel Desvigne, assim como os consultores da EGIS e da agência de iluminação Lumières Studio.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Joanna Helm. "OMA lidera competição para a Ponte Jean-Jacques Bosc em Bordeaux" 04 Jul 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/125630/oma-lidera-competicao-para-a-ponte-jean-jacques-bosc-em-bordeaux> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.