O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Escolas
  4. Chile
  5. Martin Hurtado Covarrubias
  6. 2009
  7. Colégio San Francisco Javier / Martin Hurtado Covarrubias & Sergio Quintana Felice Arquitectos Asociados

Colégio San Francisco Javier / Martin Hurtado Covarrubias & Sergio Quintana Felice Arquitectos Asociados

Colégio San Francisco Javier / Martin Hurtado Covarrubias & Sergio Quintana Felice Arquitectos Asociados
Colégio San Francisco Javier / Martin Hurtado Covarrubias & Sergio Quintana Felice Arquitectos Asociados, © Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

© Leonardo Finotti © Leonardo Finotti © Leonardo Finotti © Leonardo Finotti + 16

  • Arquitetos

    Martin Hurtado Covarrubias & Sergio Quintana Felice Arquitectos Asociados
  • Localização

    Puerto Montt, Puerto Montt, Região Los Lagos, Chile
  • Área

    27030.0 m2
  • Ano do Projeto

    2009
  • Fotografias

  • Colaboradores

    Iván Salas, Andrés Suarez, Sebastián Erazo, Raimundo Arteaga, Benjamín Covarrubias, Jose Manuel Casas, Álvaro Romero
  • Coordenação

    POCH & asociados
  • Engenharia Estrutural

    Jorge González (Hormigón), Mario Wagner (Madera) 
Vialidad: David Zapata
  • Climatização

    Ampi Ingeniería Térmica
  • Elétrico

    Alexis Soto
  • Instalações Sanitárias

    Tefra S.A.
  • Extração de Resíduos

    Tonini & Westervelt
  • Engenharia Terreno

    Ricardo Carnevalli
  • Topografia

    Héctor Vargas
  • Piscina

    ABA piscinas
  • Superficie Terreno

    90.000 m2
  • Área do Terreno

    Estructura: Madera Laminada y Hormigón Armado / Muros: Madera Aserrada, Planchas de OSB, hormigón celular (termo block)/revestimientos interiores: madera, hormigón pintado y baldosas / Pavimentos: baldosa alfombra, tarket, cerámicas / Cielos: enlucidos / Cubierta: Acero Galvanizado / Forro Exterior: Fibrocemento , muro cortina, Hormigón Visto y Mampostería de Piedra
  • Mais informações Menos informações
Perspectiva Isométrica
Perspectiva Isométrica

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Escola San Francisco é uma instituição ligada aos jesuítas, que fundaram a escola em 1850, no centro da cidade de Puerto Montt. Foi, de fato, a primeira igreja e paróquia, sendo que parte de suas instalações são agora monumentos nacionais. O desenvolvimento e a densificação da área, juntamente com a mudança dos cidadãos para novas zonas residenciais localizadas nos subúrbios obrigaram escola a mudar. Este novo edifício está localizado no coração de Pelluhue Alto, uma nova zona residencial a leste da cidade.

© Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

Depois de uma concorrência privada, o escritório foi escolhido para desenvolver o programa complexo que incluía a escola atual, bem como novos programas para projetar uma construção para durar 150 anos. Mas, como projetar instalações e edifícios necessários para hospedar o espaço educativo de uma escola que quer ser líder e acomodar as formas atuais e futuras da educação?

Lugares, espaços, tecnologias, edifícios e programas. Muitos deles hoje desconhecidos necessitavam coexistir em um corpo coerente arquitetônico.

© Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

Pensamos que os primeiros jesuítas que vieram para a América enfrentaram um problema similar. Suas instalações e edifícios necessitavam durar e resistir ao passar dos anos, como testemunhas de uma missão. A estudar os padrões de assentamento destes edifícios descobrimos uma série de temas repetidos em cada uma das suas missões. Fazem parte do “Barroco Americano”, que é uma "síntese" entre as culturas cristã latina grega e  indígena americana local.

O que a missão jesuíta de Chiquitanía, Chiloé ou El Paraná têm em comum? Regras simples e de ordem em um mundo caótico e disperso. A fundação desses centros religiosos durante as missões tiveram o propósito de evangelizar milhares de almas “infiéis”.

© Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

Descobrimos certos padrões, como o uso de estruturas greco-romanas cercando os pátios internos, o uso de estruturas regulares ortogonais sobrepostas sobre o solo americano inóspito, a construção de um pedestal horizontal, como uma base sólida a partir da qual eram construídos os volumes e pátios, elementos da arquitetura clássica (talvez influenciados pelos tratados arquitetônicos publicados nesta época, como o de Jacopo Vignola, base da igreja de Gesú em Roma).

A escola original de 1859 mostra este mesmo espírito, em um cenário diferente.

Detalhes
Detalhes

Depois que os jesuítas foram expulsos da América, em 1757, esta segunda missão evangelizadora chega para ajudar a estabelecer colonos alemães, que chegaram a esta zona durante o século XIX em busca de uma educação cristã para seus filhos.

Estes sacerdotes, educados na técnica clássica de carpintaria, construíram uma igreja e um prédio que viria a ser a escola, com um modelo que segue muitos padrões dos antigos missionários.

© Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

O projeto para a nova escola nasce com a ideia de resgatar esses padrões:

A construção de um pedestal no topo da colina, um novo lugar que abrigará todas as instalações escolares. Todo o programa é projetado ao longo de um edifício único. Um corpo com várias partes para formar um pátio interior central, protegido do vento.

A construção com técnicas e materiais locais, um sistema modular que permite um crescimento fácil por etapas, carpintaria de madeira, um único corpo, com várias partes, uma sala protegendo o edifício das intempéries, sendo que tudo gira em torno de um grande espaço interno com um protegido. O tratamento das esquadrias foi feito para ajudar a proteção contra a chuva e o vento, sendo que o edifício torna-se compacto, fácil de aquecer e com grandes detalhes internos. Um único corpo que domina o perfil do futuro bairro residencial de Puerto Montt.

© Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

 

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Colégio San Francisco Javier / Martin Hurtado Covarrubias & Sergio Quintana Felice Arquitectos Asociados" [Colegio San Francisco Javier / Martin Hurtado Covarrubias + Sergio Quintana Felice Arquitectos Asociados] 19 Jun 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Helm, Joanna) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/121317/colegio-san-francisco-javier-slash-martin-hurtado-covarrubias-and-sergio-quintana-felice-arquitectos-asociados> ISSN 0719-8906