O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Bélgica
  5. Atelier Vens Vanbelle
  6. 2011
  7. Casa Tijl&Indra / Atelier Vens Vanbelle

Casa Tijl&Indra / Atelier Vens Vanbelle

Casa Tijl&Indra / Atelier Vens Vanbelle
© Tim Van de Velde
© Tim Van de Velde

© Tim Van de Velde © Tim Van de Velde © Tim Van de Velde © Tim Van de Velde + 31

© Tim Van de Velde
© Tim Van de Velde

Descrição enviada pela equipe de projeto. Uma fachada estreita e escura, uma casa simples - nada sugere o espaço que se esconde atrás desta fachada. No hall de entrada uma parede de madeira e Tijl recebem os convidados. Através desta parede, adentra-se em uma casa toda de madeira. Uma casa dentro de uma casa. A casa apresenta aberturas em sua cobertura, e no piso térreo uma janela que cobre toda a fachada posterior proporciona a vista para o jardim.

© Tim Van de Velde
© Tim Van de Velde

"Porque uma casa em uma casa? No início esboçamos uma casa atrás de outra. A ideia original seria construir três casas com um programa, mas esta ideia foi negada pelo departamento de urbanismo. Então, ao buscar uma nova solução para o formato do telhado. A proposta tinha uma forma peculiar e uma dobra, e então decidimos insistir naquela torção. Ao recuar a janela posterior um metro da dobra e perpendicular ao jardim, você sente aquela forma ímpar na interior" diz o arquiteto. Tijl e Indra queriam que a sala de estar fosse bastante aberta mas fechada para o jardim. À circulação, cozinha, quarto e banheiro foram designados espaços na casa dentro da casa. Na entrada há um depósito conveniente para guardar bicicletas e lixo. Na mesma parede há um espaço projetado para a maquina de lavar roupas, de modo que ela caracteriza um elemento formal.

© Tim Van de Velde
© Tim Van de Velde

"Ao inserir um edifício posterior a uma casa existente, sempre há o problema de iluminação no meio da casa. Ao remover uma parte do teto, pode-se alcançar a iluminação adicional necessária. Assim, a janela no primeiro andar é visível. Procuramos uma boa interpretação do espaço aberto. Para criar uma forma familiar e agradável, optamos por fazer a casa desse modo" disse o arquiteto. A madeira tosca acentua o caráter formal da construção. A faixas de madeiras são incomuns em uma casa, a associação do material com a cozinha atrás dele é distante. O objeto é também uma casa de verdade. A posição mais alta e central da cozinha proporciona integração direta do usuário desta com os outros espaços da casa. A partir da porta de entrada até o teto corre uma escada de metal branco. Este jogo de degraus relembra um pouco a obra do artista Escher, Martin sugere. Escher é conhecido por seu recorrente trabalho com construções impossiveis e superficies combinantes e padrões geometricos.

© Tim Van de Velde
© Tim Van de Velde

Uma varanda no formato de uma tigela de madeira evolui para o interior do cômodo e gera uma mesa. Deste ponto se avista ambos, o loft aberto com a cozinha e a sala de estar no andar de baixo e também - devido a forma da construção - o jardim posterior. "Mais a frente transformaremos o telhado em um teto jardim que começa a partir daqui. Transformamos nossa sala de hobby em um berçário por que tivemos nosso primeiro filho". Uma janela Velux fornece luz e espaço extra para o banheiro abaixo do quarto do casal, próximo ao teto. Atrás de uma pequena área elevada está o chuveiro. Uma caixa de luz diretamente no topo deste fornece luz adicional para a parte inferior. A Luz zenital é muito mais intensa que luz através de uma janela.

© Tim Van de Velde
© Tim Van de Velde

O arquiteto Maarten Vanbelle é um vizinho de Tijl. Maarten projetou juntamente a Dries Vens e Tijl aprovou a renovação. A reforma durou 4 anos e meio. "Isto é um puco da longa história desta casa. Eu construí praticamente tudo excetuando o telhado, o piso de concreto polido e o desenvolvimento da grande janela. EU estive aqui para ficar, mesmo durante as reformas. É muito bom trabalhar com Maarten. A antiga casa onde vivia teve uma reforma mais clássica" diz Tijl. "Para um arquiteto é bom ver que seu projeto, no qual você dedicou bastante tempo, é agora completo o utilizado de modo divertido. A escolha do mobiliário é muito importante para a atmosfera que você vive. As transições de umas casa importam muito para nós. Casa passo dado deve ser diferente. Quando em pé no vazio, voce tem uma sensação bastante arejada e constantemente tende a olhar para cima. Forçando o olhar ele acaba automaticamente no jardim.

© Tim Van de Velde
© Tim Van de Velde

Tijl tem paixão por móveis, é quase seu hobby: "De repente isso se tornou uma obsessão, e em seguida, você começa a fazer escolhas. Não é muito barato e quando você se dá conta, sua casa está abarrotada. A sala de estar no térreo é perfeitamente mobiliada. Você precisa de uma tempo para fazer algo sobre o assunto. Indra é também arquiteto e me introduziu aos móveis Ghent Van den Bergue - Pauvers.  Os gabinetes para a sala de estar foram comprados a cessação, para que pudéssemos fazer uma verdadeira pechincha o salão de beleza dos anos 60, com quadro de teca. Presende do avô de Indra, um projeto do designer dinamarquês Grete Jalk ao redor da mesa de madeira que colocamos cadeiras borboleta por Arne Jacobsen (Fritz Hansen) e a encantadora cadeira branca 'Chair Rabbit" do arquiteto japonês Sejima do escritório de arquitetura Sanaa." Armários são difíceis de encontrar nesta casa. Livros e discos são guardados em uma grande prateleira na sala de estar. Na cozinha e em outras salas há ainda mais racks, ou seja, as prateleiras de metal de 'String' em as cores originais amarelo, vermelho e azul. A plataforma giratória traz ainda mais saudade por ser aconchegante, e não há muito tempo que rangia o som de uma agulha correndo nos sulcos de um disco. Decoração e design, a imagem é completamente correta.

Planta 1° Pavimento
Planta 1° Pavimento

Ver a galeria completa

Cita: "Casa Tijl&Indra / Atelier Vens Vanbelle" [House Tijl&Indra / Atelier Vens Vanbelle] 12 Mai 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/113291/casa-tijl-and-indra-slash-atelier-vens-vanbelle> ISSN 0719-8906