O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. classicos
  4. Outro
  5. Mies van der Rohe
  6. 1953
  7. Clássicos da arquitetura: Museu de Belas Artes de Houston - Mies van der Rohe / Houston - Texas

Clássicos da arquitetura: Museu de Belas Artes de Houston - Mies van der Rohe / Houston - Texas

Clássicos da arquitetura: Museu de Belas Artes de Houston - Mies van der Rohe / Houston - Texas
Clássicos da arquitetura:  Museu de Belas Artes de Houston - Mies van der Rohe / Houston - Texas,  Wikimedia Commons / Arquivos de MFAH
Wikimedia Commons / Arquivos de MFAH

O edifício original do Museu foi projetado em 1924 por William Ward Watkin em estilo neo-clássico, sua fachada sul é adornada com expressivas colunas gregas. Em contraponto, a adição desenhada por Mies van der Rohe na fachada norte do Museu, é um clássico exemplo do estilo internacional.

Usuario de Flickr: yan.da

Logo de finalizar o projeto em 1953, o Museu de Belas Artes de Houston (MFAH) solicitou a van der Rohe, realizar duas novas ampliações ao Edifício Caroline Wiess(nome da edificação): no Cullinan Hall e no Salão Brown que foram realizados em 1953 e 1974, respectivamente.

Conjuntamente com a Galeria Nacional de Berlim, as ampliações do MFAH, são os únicos museus projetados pelo reconhecido arquiteto Mies van der Rohe.

Usuario de Flickr: yan.da

Com 30 pés de altura e 6.800 pés quadrados de espaço aberto, o Cullinan Hall é o maior e mais flexível espaço para eventos do Museu. Neste setor, exibem-se as coleções permanentes selecionadas  de arte moderna e contemporânea.

A galeria concebida com curvas suaves é utilizada para eventos formais específicos. Ao total, o Cullinan Hall e o Salão Brown possuem mais de 10.000 metros quadrados de galerias e espaços de recepção.

Usuario de Flickr: yan.da

A volumetria  proposta por Mies van der Rohe amplia os ambientes, enquanto que a construção feita em aço radial gera uma imponente fachada voltada para a rua. O uso de materiais modernos para a época, como o aço industrializado e o grande painél de vidro, permitiu ao arquiteto  definir a aparência de “pele e ossos”.

Usuario de Flickr: yan.da

Através desta intervenção mínima para o Museu de Belas Artes,  se produziu um amplo espaço fluído  dentro do interior da edificação.

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Mies van der Rohe
  • Ano: 1953
  • Tipo de projeto: Cultural
  • Status:Construído
  • Materialidade: Vidro e Metal
  • Estrutura: Concreto e Metal
  • Localização: Houston, Estados Unidos da América
  • Implantação no terreno: Isolado

Sobre este escritório
Mies van der Rohe
Escritório
Cita: Joanna Helm. "Clássicos da arquitetura: Museu de Belas Artes de Houston - Mies van der Rohe / Houston - Texas" 01 Out 2011. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/1085/classicos-da-arquitetura-museu-de-belas-artes-de-houston-mies-van-der-rohe-houston-texas> ISSN 0719-8906