ArchDaily Brasil | O site de arquitetura mais visitado do mundo, agora em portuguêsO site de arquitetura mais visitado do mundo

i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Romullo Baratto

Arquiteto formado pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2013, atualmente cursando o mestrado em arquitetura na FAUUSP. Suas áreas de interesse abrangem o cinema, teoria da arquitetura, arte urbana e espaço público. Desempenha no ArchDaily Brasil o papel de Editor responsável pelas seções de notícias,editoriais, eventos e concursos, além de atuar frequentemente como colaborador do ArchDaily internacional.

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Arquitetura em Retrospetiva: Elisabete França revê 40 anos de bienais em São Paulo

15:00 - 27 Julho, 2017

A arquiteta e urbanista Elisabete França está finalizando um livro que conta a história das Bienais de Arquitetura de São Paulo, de 1973 a 2013. A obra, fruto de extensa pesquisa realizada pela autora, tem como objetivo resgatar quatro décadas da produção nacional, vai se chamar “Arquitetura em Retrospectiva” e é tema de uma campanha de financiamento coletivo realizada pela editora KPMO Cultura e Arte. 

7 coisas que você precisa lembrar ao exercer Arquitetura e Urbanismo

10:00 - 27 Julho, 2017
7 coisas que você precisa lembrar ao exercer Arquitetura e Urbanismo, via Visualhunt.com
via Visualhunt.com

No CAU/BR e em suas repartições estaduais, as Comissões de Ética e Disciplina analisam todos os meses diversas denúncias de descumprimento ao Código de Ética e Disciplina dos Arquitetos e Urbanistas, da prática irregular de reserva técnica à falta de placas em obras. Publicado em setembro de 2013, o Código de Ética e Disciplina do Conselho de Arquitetura e Urbanismo aponta regras de postura e comprometimento profissional que tem como intuito qualificar o mercado de trabalho e cultivar as boas relações entre profissionais, clientes e parceiros. Ao cometer uma infração, o profissional fica sujeito às sanções ético-disciplinares que podem prejudicar sua atuação.

Paris inaugura piscinas naturais abertas ao público na Bacia La Villette

10:00 - 26 Julho, 2017

No último dia 15 de julho, a prefeitura de Paris anunciou a abertura de três piscinas naturais abastecidas com água do rio Sena, instaladas na Bacia de La Villette, no 19º arrondissement da cidade. A nova atração da cidade tem 1,6 mil metros quadrados e se divide uma área para crianças, com profundidade de até 40 centímetros; uma área de profundidade média, de 1,2 metro, e uma piscina maior, com profundidade de cerca de dois metros.

As piscinas fazem parte do projeto “Nadar em Paris”, "apresentado pela primeira vez ao Conselho Municipal da capital francesa em junho de 2015, com o objetivo de incentivar a prática da natação para parisienses e turistas". De acordo com um comunicado oficial da prefeitura, o projeto tem como meta permitir, até 2020, a “modernização dos parques aquáticos e a criação de novas piscinas e áreas destinadas ao banho”.

Conheça o Sesc 24 de Maio de Paulo Mendes da Rocha e MMBB com este vídeo 360°

10:00 - 25 Julho, 2017

Localizado na região central de São Paulo e marcado para inaugurar no próximo dia 19 de agosto, o Sesc 24 de Maio, de autoria de Paulo Mendes da Rocha e do escritório MMBB Arquitetos conta com área construída de 28 mil metros quadrados e espera receber mais de cinco mil visitantes por dia. 

O edifício contará com um teatro para 245 pessoas, espaços para convivência, comedoria, cafeteria, biblioteca, área de exposição, clínica odontológica, área para prática esportiva e atividades corporais, área de tecnologia e arte, solário, entre muitos espaços, além de uma piscina de 500 m², construída no topo do edifício principal, com vista panorâmica para a cidade.

Em foco: Eduardo Souto de Moura

06:00 - 25 Julho, 2017
Em foco: Eduardo Souto de Moura, Metrô do Porto. © Luis Ferreira Alves
Metrô do Porto. © Luis Ferreira Alves

Eduardo Elísio Machado Souto de Moura completa hoje 65 anos. Nascido no Porto em 1952, formou-se em arquitetura pela Escola de Belas Artes do Porto e iniciou sua carreira trabalhando com Álvaro Siza, com quem mantém até hoje uma relação profissional muito rica.

Cortes no Tempo Contínuo: a vida urbana como partido / Nara Boin

16:00 - 24 Julho, 2017
Cortes no Tempo Contínuo: a vida urbana como partido / Nara Boin, Fotomontagem da intervenção no Vale do Anhangabaú. Image © Nara Helena Diniz Boin. Cortesia de Seu Acervo
Fotomontagem da intervenção no Vale do Anhangabaú. Image © Nara Helena Diniz Boin. Cortesia de Seu Acervo

O inferno dos vivos não é algo que será; se existe, é aquele que já está aqui, o inferno no qual vivemos todos os dias, que formamos estando juntos. Existem duas maneiras de não sofrer. A primeira é fácil para a maioria das pessoas: aceitar o inferno e tornar-se parte deste até o ponto de deixar de percebê-lo. A segunda é arriscada e exige atenção e aprendizagem contínuas: tentar saber reconhecer quem e o que, no meio do inferno, não é inferno, e preservá-lo, e abrir espaço.” - Ítalo Calvino. As cidades invisíveis.

O trabalho Cortes no Tempo Contínuo: a vida urbana como partido é resultado de uma investigação a respeito das transformações nas formas de ocupação do espaço público na cidade de São Paulo, na região central. Busca-se novas maneiras de incorporar essa atual dinâmica no processo projetual, na intenção de valorizar a vida cotidiana e criar um suporte para ações eventuais. Seriam vetores de indeterminação na intenção de amparar a imprevisibilidade da vida. A rede de ensaios funcionaria como uma costura de microssituações, permitindo a experimentação de novas percepções possíveis do espaço público.

Arquitetura Paulistana: Casa MC / B Arquitetos

15:00 - 23 Julho, 2017

No encontro de número 49 do curso livre Arquitetura Paulistana, ministrado pelo arquiteto Marco Artigas, os alunos visitaram o projeto da Casa Vila Mariana, do escritório B Arquitetos. A proposta foi criar três quartos para uma família em crescimento, e tornar o espaço de convívio agradável e com uma presença mais intensa da luz e das vistas dos espaços exteriores.

CODHAB-DF prorroga prazo de inscrições do concurso de projeto para Habitação de Interesse Social

10:00 - 22 Julho, 2017
CODHAB-DF prorroga prazo de inscrições do concurso de projeto para Habitação de Interesse Social , 1º Lugar no Concurso para Unidades Habitacionais Coletivas de Samambaia CODHAB-DF. Image © MCA Arquitetura e Design
1º Lugar no Concurso para Unidades Habitacionais Coletivas de Samambaia CODHAB-DF. Image © MCA Arquitetura e Design

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB-DF) estendeu o prazo das inscrições para o Concurso Público Nacional de Projeto de Arquitetura para Habitação de Interesse Social. Os interessados poderão se inscrever até o dia 31 de julho.

O concurso está divido em três grupos: habitação unifamiliar econômica, casa sobreposta e habitação coletiva econômica. É o 10º concurso promovido pela Companhia que, com a iniciativa, pretende elevar a qualidade das construções no DF, incentivando a participação de profissionais das áreas de arquitetura, urbanismo e engenharia.

Vilanova Artigas entre os "gigantes da arquitetura moderna" segundo o The Guardian

14:00 - 20 Julho, 2017
Vilanova Artigas entre os "gigantes da arquitetura moderna" segundo o The Guardian, Segunda residência do arquiteto / Vilanova Artigas. Image © Nelson Kon
Segunda residência do arquiteto / Vilanova Artigas. Image © Nelson Kon

Em um artigo publicado pelo The Guardian, intitulado Giants of modernist architecture – in pictures, o crítico de arquitetura Oliver Wainwright elencou alguns dos "gigantes da arquitetura moderna" mundial. Entre nomes alguns nomes inevitáveis - como Le Corbusier, Marcel Breuer, Pierre Koenig e Paul Rudolph - figura na lista um brasileiro: João Batista Vilanova Artigas.

Talvez o arquiteto mais engajado no ensino da arquitetura, Artigas é apresentado no artigo através de sua emblemática segunda residência, localizada no bairro Campo Belo, na capital paulista.

Qual o problema dos concursos nacionais de arquitetura?

10:00 - 20 Julho, 2017
Qual o problema dos concursos nacionais de arquitetura? , Foto via Visualhunt
Foto via Visualhunt

Esta semana, publicamos o artigo Sobre os concursos de arquitetura no Brasil e a deprimente ausência de inovação, escrito pelo arquiteto Héctor Vigliecca, que aborda em poucas mas potentes linhas o estado da arte dos concursos de arquitetura no Brasil. "Deprimente" é uma palavra bastante forte que, proferida por Vigliecca - arquiteto habituado a participar de concorrências e concursos públicos no Brasil, inclusive, frequentemente recebendo prêmios e menções - adquire um caráter ainda mais grave.

Chamamento Plataforma de Ensino IABsp 2017: Cursos Livres e Oficinas

13:30 - 19 Julho, 2017
Chamamento Plataforma de Ensino IABsp 2017: Cursos Livres e Oficinas, Cortesia de IAB-SP
Cortesia de IAB-SP

O Instituto dos Arquitetos do Brasil - Departamento de São Paulo (IABsp) em parceria com a 11ª Bienal de Arquitetura recebem inscrições de 03/07/2017 a 23/07/2017 para seleção de Cursos Livres e Oficinas. As propostas devem ser apresentadas por profissionais com interesse em desenvolver atividades relacionadas ao primeiro módulo da Plataforma de Ensino IABsp a ser realizado no segundo semestre de 2017.

Arquiteto brasileiro assumirá vice-presidência da União Internacional dos Arquitetos

10:00 - 19 Julho, 2017
Arquiteto brasileiro assumirá vice-presidência da União Internacional dos Arquitetos, Cortesia de CAU/BR
Cortesia de CAU/BR

O arquiteto e urbanista Roberto Simon será vice-presidente da União Internacional dos Arquitetos (UIA) para as Américas. A indicação do brasileiro, representeante do IAB, teve apoio unânime dos candidatos ao Conselho da UIA para o continente americano e da atual diretoria da entidade.

Simon assumirá o cargo no lugar do costa-riquenho Carlos Alvarez, na Assembleia Geral que ocorrerá em Seul, Coreia do Sul, de 8 a 10 de setembro. A reunião ocorrerá logo após o 26º Congresso Mundial de Arquitetos. A escolha das vice-presidências dos demais continentes ocorrerá através de processo eleitoral por apresentar mais de um candidato por vaga. 

Christian de Portzamparc: “Ninguém além do arquiteto pode solucionar os problemas da cidade contemporânea"

07:00 - 19 Julho, 2017
Christian de Portzamparc: “Ninguém além do arquiteto pode solucionar os problemas da cidade contemporânea", Filarmônica de Luxemburgo, 2005. Image © Wade Zimmerman
Filarmônica de Luxemburgo, 2005. Image © Wade Zimmerman

Da ilustre lista de laureados do prêmio Pritzker, o vencedor de 1994, Christian de Portzamparc, talvez seja o menos coberto pela mídia. No entanto, esse reconhecimento aparentemente escasso desmente a compreensão sutil e perspicaz de questões arquitetônicas e urbanas que, em muitos aspectos, o coloca décadas à frente - com os princípios de base social que ele vem desenvolvendo desde o início dos anos 80, tornando-se agora amplamente populares nos círculos arquitetônicos . Nesta entrevista realizada por Vladimir Belogolovsky e publicada pelo ArchDaily, Portzamparc explica seu percurso profissional nas últimas décadas. 

Após se desinteressar pela arquitetura, na década de 1960, Portzamparc, que na época vivia em Nova Iorque, preferiu trabalhar como garçom, uma ocupação que lhe renderia mais dinheiro que poderia ganhar como desenhista em um escritório e, além disso, lhe faria conhecer mais pessoas. "Meu interesse pela arquitetura foi retomado através de meu interesse em política e sociologia, a preocupação com as pessoas que não estavam felizes em seus bairros lotados e apartamentos claustrofóbicos. E nunca deixei de perceber o espaço como meio artístico. Compreendi que ninguém além do arquiteto poderia solucionar os problemas da cidade contemporânea."

Built by Brazil: um programa de apoio à internacionalização dos escritórios de arquitetura

18:00 - 18 Julho, 2017
Built by Brazil: um programa de apoio à internacionalização dos escritórios de arquitetura, Cortesia de UIA, 2014. Via Built by Brazil
Cortesia de UIA, 2014. Via Built by Brazil

A exportação de serviços possui características específicas de tributação e cadastro de atividades perante os órgãos competentes, com benefícios de isenções, mas também sujeito a penalidades quando não devidamente realizada. O Programa Built by Brazil - convênio de Cooperação Técnica e Financeira entre a AsBEA – Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura e a Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos conta com o conhecimento necessário para apoiar seu escritório. 

Praça Pr’Alemão Ter: o germinar de uma praça no Morro do Alemão

10:00 - 16 Julho, 2017
Praça Pr’Alemão Ter: o germinar de uma praça no Morro do Alemão, Cortesia de Erick De Mouros
Cortesia de Erick De Mouros

Em 2015 uma praça projetada e construída coletivamente no Morro do Alemão, Zona Norte do Rio de Janeiro, germinou a partir da parceria entre moradores e instituições do Complexo do Alemão junto com estudantes e professores da Faculdade Arquitetura e Urbanismo da UFRJ. Em dois anos o local, batizado de Praça Verde pelos moradores, deixou o aspecto árido para trás e agora, verdejante, está prestes a frutificar (mais uma vez) dando origem a um livro que relata todo seu processo de projeto e construção.

A campanha de financiamento coletivo lançada no último dia 23 de junho através da plataforma Benfeitoria já ultrapassou 60% da meta estipulada inicialmente e seguirá arrecadando doações até o dia 31 de agosto. Para contribuir, acesse o link: https://benfeitoria.com/pracaverde.

Edward Glaeser: "Habitação acessível em uma favela é difícil e precisa ser específica do local"

07:00 - 16 Julho, 2017
Edward Glaeser: "Habitação acessível em uma favela é difícil e precisa ser específica do local", Favela de Paraisópolis, São Paulo. Image © Fernando Stankuns via Visual Hunt /  CC BY-NC-SA
Favela de Paraisópolis, São Paulo. Image © Fernando Stankuns via Visual Hunt / CC BY-NC-SA

A cidade, diria Claude Lévi-Strauss, é "a coisa humana por excelência." Possivelmente a criação mais complexa da humanidade, são ao mesmo tempo belas, repletas de potencialidade, e perversas, palco de conflitos, disputas e desigualdades. 

Na entrevista a seguir, conversamos com Edward Glaeser, professor de economia da Universidade de Harvard e autor do livro “O Triunfo da Cidade” sobre economia urbana e como as tensões e dinâmicas do mundo globalizado atingem as grandes cidades dos países em desenvolvimento.

CityTree, uma árvore artificial que filtra tantos poluentes quanto 275 árvores naturais

10:00 - 15 Julho, 2017
CityTree, uma árvore artificial que filtra tantos poluentes quanto 275 árvores naturais, Oito CityTrees em frente ao Frauenkirche em Dresden, Alemanha. Image © Green City Solutions
Oito CityTrees em frente ao Frauenkirche em Dresden, Alemanha. Image © Green City Solutions

Desenvolvida na Alemanha, "CityTree, a árvore da cidade" é uma estrutura móvel que incorpora musgos e mobiliário urbano para criar, possivelmente, uma solução para a poluição atmosférica dos centros urbanos. 

Retangular, sem tronco e plana, esta "árvore" consiste basicamente em um grande painel vertical: uma parede de musgos que, de acordo com seus criadores, tem a capacidade de absorver a mesma quantidade de dióxido de nitrogênio e partículas microscópicas do ar que 275 árvores naturais.

Departamento de Patrimônio Histórico de São Paulo lança série de textos sobre os bens culturais da cidade

15:00 - 14 Julho, 2017
Departamento de Patrimônio Histórico de São Paulo lança série de textos sobre os bens culturais da cidade, Pateo do Colégio. © lubasi, via Flickr. Licença CC BY-SA 2.0
Pateo do Colégio. © lubasi, via Flickr. Licença CC BY-SA 2.0

O Departamento de Patrimônio Histórico (DPH) de São Paulo lançou no início deste mês uma uma série de textos sobre as regiões da cidade, destacando seus bens culturais mais emblemáticos.

Segundo a página do DPH, "a ideia é tratar não apenas de arquitetura, mas sim localizar esses bens na história paulistana, contribuindo para a compreensão dos diversos períodos de desenvolvimento da cidade."