Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Stalin

Stalin: O mais recente de arquitetura e notícia

Imagens de drones revelam as geometrias ocultas do modernismo soviético

Embora o dogma-histórico do modernismo pareça um ajuste perfeito para o rompimento da União Soviética com suas tradições, a história arquitetônica da URSS foi um pouco mais complexa. O socialismo neoclássico de Stalin substituiu o apogeu do construtivismo na União Soviética, apenas para ser, por sua vez, substituído por um retorno ao modernismo sob a liderança de Khrushchev, facilitado por uma abertura ao Ocidente. Os fotógrafos de arquitetura Denis Esakov e Dmitry Vasilenko recentemente utilizaram um drone para capturar imagens de várias estruturas marcantes do retorno da era-Khrushchev ao modernismo, mostrando como estas vistas aéreas reforçam suas geometrias e formas racionais. Até o recente advento dos drones, agora disponíveis comercialmente, estas imagens foram vistas apenas por arquitetos e oficiais que estudavam as plantas. Mesmo assim, o fotógrafo observa que estas formas metódicas devem ter sido muito atraentes para os oficiais estaduais encarregados da realização estética de Khrushchev.

As fotografias, tiradas em Moscou e seus arredores, incluem obras de vários arquitetos soviéticos proeminentes. A longa carreira de Leonid Pavlov durou todo o espectro de estilos arquitetônicos patrocinados pelo Estado, começando como um construtivista, até projetos mais historicistas sob a liderança de Stalin, antes de emergir como um dos mais proeminentes modernistas do pós-guerra na União Soviética. Da mesma forma, o trabalho de Yuri Platonov recebeu grande reconhecimento do Estado, o que lhe valeu o título de "arquiteto do Povo da URSS", bem como prêmios: a Medalha de Prata da Academia de Artes da URSS, o Prêmio de Estado da URSS e o Prêmio Estatal da Rússia.

Arena Multiuso Druzhba / Y. Bolshakov, e I. Rozhin. Imagem © Denis Esakov e Dmitry Vasilenko Museu de Paleontologia Orlov / Yuri Platonov. Imagem © Denis Esakov e Dmitry Vasilenko V. I. Museu Lenin em Gorki / Leonid Pavlov. Imagem © Denis Esakov e Dmitry Vasilenko Instituto de Química Bio-orgânica / Yuri Platonov. Imagem © Denis Esakov e Dmitry Vasilenko + 33

Por que Putin gosta de colunas: A Rússia do século XXI através das lentes da arquitetura

Em agosto de 1932, Stalin, de férias em Sochi, enviou um memorando com suas opiniões sobre as inscrições relacionadas ao concurso para a construção do Palácio dos Sovietes, o monumento - que nunca foi construído - para Lenin e para o centro do governo. Neste memorando, ele escolheu seu desenho preferido, um "bolo de casamento colossal" com uma estátua de Lenin de 260 pés (79 metros) no topo, projetado por Boris Iofan. Pouco mais de 80 anos depois, Sochi novamente sediou os caprichos arquitetônicos de um poderoso líder russo para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014. Uma simplificação exagerada? Provavelmente. Mas com uma boa simetria.

O Edifício Kotelnicheskaya Embankment, um dos exemplos mais famosos do estilo stalinista "bolo de casamento". Imagem © Flickr CC user Sergey Norin O Conjunto de Montanhas da Vila Olímpica de Sochi. Imagem Cortesia de Wikimedia user Ivanaivanova Desenho da Proposta para o Palácio dos Sovietes por Boris Iofan. Imagem Cortesia de http://russiatrek.org International Business Centre  de Moscou em 2011. Imagem © Flickr CC user Andrew Beirne + 7