1. ArchDaily
  2. Piet Blom

Piet Blom: O mais recente de arquitetura e notícia

Total Space: Considerando o estruturalismo holandês atualmente

Neste artigo, Dirk van den Heuvel liga o estruturalismo (holandês) aos desenvolvimentos atuais - mais especificamente na esfera digital. O seguinte ensaio foi publicado pela primeira vez por Volume em sua edição 50, cujo editorial Beyond Beyond está disponível para ser lido aqui (em inglês).

Ao longo de sua vida, o arquiteto holandês Jaap Bakema (1914-1981) procurou transmitir aos seus alunos e colegas a noção do que ele chamou de "espaço total", "vida total" e "urbanização total". Em sua visão, o projeto arquitetônico tinha que ajudar a tornar as pessoas conscientes do ambiente maior a que pertencem e em que operam. A arquitetura não poderia ser desvinculada do urbanismo, estava relacionada com a estrutura mais profunda da sociedade. Sua conceituação de arquitetura foi baseada em programa e processo e colocou as relações sociais e visuais no centro, o que trai sua adesão ao estruturalismo como expressado na revista holandesa em que ele era editor, juntamente com Van Eyck e Hertzberger e ao Team 10, do qual ele mesmo foi uma das principais vozes. Ao mesmo tempo, Bakema expandiria o legado do movimento holandês De Stijl e do funcionalismo holandês. Em particular, seu conceito de espaço e continuidade espacial é derivado do De Stijl. Sua abordagem diagramática ao projeto arquitetônico e organização programática, bem como a linguagem arquitetônica elementar de seus projetos foram elaborações da tradição funcionalista holandesa.

Moradores tentam angariar fundos para o Piet Blom Museum

"Arquitetura é mais que criar um espaço para viver," segundo o arquiteto holandês Piet Blom, "você cria uma sociedade". Até sua morte em 1999, Blom projetou casas e sistemas urbanos em rejeição ao Modernismo frio e duro do pós-guerra, oferecendo uma arquitetura mais quente e humana. Seus desenhos, diagramas e casas mostram um comprometimento com a reconciliação entre a arquitetura e os elementos culturais que nos cercam. Caracterizados pelo uso de cores vivas e geometrias expressivas, projetos como o "Kasbah" e as casas cubo em Rotterdam são testemunhos de sua crença de que a arquitetura serve às pessoas, e não o contrário.

Um verdadeiro "Arquiteto do Povo", a obra de Blom vem encantando um número cada vez maior de entusiastas, dentre os quais moradores das residências projetadas pelo arquiteto, que esperam angariar fundos para compartilhar os registros da carreira profissional holandês com o público. Ingeborg van der Aa, secretário da Fundação Peit Blom, disse que o objetivo desta iniciativa é promover o reconhecimento da obra, na esperança de encorajar as gerações mais jovens a se tornarem criadoras ativas de suas sociedades.

Para saber mais sobre a campanha para levantar fundos para o Piet Blom Museum, clique aqui.

A seguir, uma rara coleção de desenhos de Blom.