Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Monumento

Monumento: O mais recente de arquitetura e notícia

Os desafios para a construção do Cristo Redentor

Ícone da paisagem carioca e ponto obrigatório a turistas de todo o mundo que visitam a cidade, todo o fascínio do Cristo Redentor resguarda uma empolgante historia de sua construção. Erguido no alto do Corcovado com 38 metros de altura e cerca de mil toneladas, o projeto monumental é de autoria do engenheiro Heitor da Costa Silva e levou aproximadamente cinco anos para ser construído (1926-1931). Com desenho inicial de Silva, o projeto contou com detalhes finais do artista plástico Carlos Oswald junto ao escultor francês Paul Landowski, encarregado de modelar todos os componentes que constitui a estátua.

As ideias do projeto iniciaram-se em 1921, após discussões entre autoridades do governo carioca. Em 1923 foi realizado um concurso de projeto, vencido por Costa Silva. A construção só teve inicio em 1926, após arrecadação integral de fundos à materialização do projeto monumental, que foi concluído em outubro de 1931.

Os monumentos condenados da Europa revolucionária, pelas lentes de Darmon Richter

O pesquisador britânico Darmon Richter lançou recentemente o Monumentalism, um estudo visual de mais de 200 fotografias que mostram projetos construídos pelos regimes socialistas do século XX em todo o mundo. Essas fotos foram feitas em mais de 30 países diferentes e retratam diferentes assuntos, desde desfiles militares na antiga União Soviética até memoriais revolucionários.

Monumento aos Nove Irmãos Kherkheulidze. Imagem © Darmon Richter Memorial do parque Dudik. Imagem © Darmon Richter Memorial do genocídio armênio. Imagem © Darmon Richter Portões de Artsakh. Imagem © Darmon Richter + 11

Concurso de Projetos Monumento da Luz: inscrições prorrogadas

Prorrogado para 25.06.2018 o prazo para inscrições e recebimento dos documentos do Concurso de Projetos Monumento da Luz. O prazo para consultas foi prorrogado para 19.06.2018 (terça feira).

Informações e inscrições: http://concursomonumentodaluz.org/site/1

Novo cronograma:

Lançamento do Concurso
03 de maio de 2018

Inscrições
04 de maio de 2018 a 25 de junho de 2018

Consultas
04 de maio de 2018 a 19 de junho de 2018

Respostas às consultas
04 de maio de 2018 a 22 de junho de 2018

Envio da documentação de habilitação
04 de maio de 2018 a 25 de junho de 2018

Envio dos Projetos
04 de maio de 2018 a 25 de junho de

Concurso de Projetos Monumento da Luz

A Prefeitura Municipal de Sobral, Ceará, Brasil, por intermédio da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (SEUMA) promove, com a consultoria do Departamento do Ceará do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-CE), o Concurso Público Nacional de Projeto de Monumento Arquitetônico intitulado “Monumento da Luz”.

O Monumento da Luz terá como objetivo a criação de um marco arquitetônico, em alusão ao centenário do experimento científico realizado em 29 de maio de 1919, por ocasião de um eclipse solar, através do qual Sobral entrou para o cenário mundial como palco da comprovação da Teoria da Relatividade Geral, que revolucionou a ciência

Memorial Nacional pela Paz e Justiça, projetado pelo MASS Design Group, é inaugurado no Alabama

O "Memorial Nacional pela Paz e Justiça" projetado pelo MASS Design Group, foi inaugurado em Montogomery Alabama. Comissionado pela Equal Justice Initiative, o projeto é o primeiro memorial destinado ao "legado da escravidão do povo negro, pessoas aterrorizadas pelo linchamento, humilhadas pela segregação racial e por caricaturas como Jim Crow, pessoas sobrecarregadas com presunções contemporâneas de culpa e violência policial".

A abertura do memorial, no 23 de abril, coincidiu com a inauguração do Museu do Legado das Iniciativas de Justiça Igualitária, destinado a causas similares.

Monumentos do Memorial Nacional de Paz e Justiça Imagem © Equal Justice Initiative / Human Pictures Escultura de Hank Willis no Memorial Nacional de Paz e Justiça Imagem© Equal Justice Initiative / Human Pictures Exterior do Memorial Nacional de Paz e Justiça Imagem © Equal Justice Initiative / Human Pictures Exposição do Kwame Akoto Bamfo Exhibit Memorial Nacional de Paz e Justiça Imagem© Equal Justice Initiative / Human Pictures + 9

Clássicos da Arquitetura: Igreja de Grundtvig / Peder Vilhelm Jensen-Klint

Seis milhões de tijolos amarelos no topo de uma colina na periferia de Copenhague formam um dos monumentos expressionistas mais famosos do mundo, ao mesmo desconhecido. Grundtvigs Kirke ("igreja de Grundtvig")foi projetada pelo arquiteto Peder Vilhelm Jensen Klint, construída entre 1921 e 1940 como um memorial a N.F.S. Grundtvig - um pastor, um filósofo, um historiador, um hinário, e um político dinamarquês famoso do século XIX. [1] Jensen Klint, inspirado pela interpretação humanista de Grundtvig do cristianismo, fundiu a escala e o estilo de uma catedral gótica com a estética de uma igreja dinamarquesa criando um marco digno de seu homônimo. [2]

Foi decidido em 1912 que Grundtvig, que havia falecido em 1873, foi tão significativo para a história e cultura dinamarquesa que merecia um monumento nacional. Duas competições foram prendidas em 1912 e em 1913, trazendo numerosas submissões para estátuas, colunas decorativas, e memoriais arquitetônicos. [3]

Cortesia de Flickr user Flemming Ibsen Cortesia de Flickr user Rune Brimer Cortesia de Flickr user noona11 Cortesia de Flickr user Flemming Ibsen + 18

23 monumentos esquecidos da ex-Iugoslávia

Apresentamos desta vez uma incrível série de fotografias de Jan Kempenaers, que registra algumas das mais impressionantes estruturas da ex-Iugoslávia. Os monumentos foram comissionados pelo ex-presidente Josip Broz Tito entre os anos de 1960 e 1970 para homenagear os locais onde aconteceram as batalhas mais importantes da Segunda Guerra Mundial (como Tjentište, Kozara e Kadinjača), ou os lugares que abrigaram alguns campos de concentração. Todas as imagens fazem parte de seu livro intitulado Spomenik.

Knin. Image © Jan Kempenaers Kruševo. Image © Jan Kempenaers Niš. Image © Jan Kempenaers Kosmaj. Image © Jan Kempenaers + 23

Memorial do Holocausto em Berlim: monumento ou ruína?

Mais de 10 milhões de pessoas já visitaram o Memorial aos judeus vítimas do Holocausto, fazendo deste ponto uma parada quase obrigatória para os turistas que visitam Berlim. 19 mil metros quadrados cobertos por uma grelha de 2.711 blocos de concreto aparente compõem este monumento. Porém, este cemitério simbólico concebido por Peter Eisenman resistiu por apenas 8 anos. O que aconteceu? Um erro de cálculo e uma rigoroso inverno causaram a deterioração do monumento.

Mais detalhes a seguir.