Prêmio Mies van der Rohe 2022 divulga lista de projetos finalistas

A Comissão Europeia e a Fundação Mies van der Rohe anunciaram recentemente a uma segunda lista de projetos indicados ao Prêmio Mies van der Rohe de 2022. Isso significa que, com estas 85 novas obras selecionadas, a lista completa de participantes para o Prêmio Mies van der Rohe de 2022 conta atualmente com 532 projetos de arquitetura realizados nos últimos 2 anos e meio. Deste total sairá a lista de 40 finalistas, a qual será anunciada em janeiro de 2022. Os projetos vencedores, por sua vez, serão revelados apenas em abril do próximo ano, com a cerimônia de premiação prevista para ser realizada durante o seguinte mês de maio.

Casa E/C / SAMI-arquitectos

Uma ruína foi o ponto de partida para o desenho de uma casa de férias na ilha do Pico. O projeto surgiu da vontade de manter a ruína e pensar uma casa que a valorizasse, que a ela se pudesse moldar e simultaneamente dela tirar partido, oferecendo possibilidades de vivências mais diversas e complexas que a anterior tipologia.

Pavilhão da Bienal de Helsinque / Verstas Architects

O Pavilhão está localizado no Porto Sul da cidade de Helsinque e serve como porta de entrada para o festival de arte da Bienal de Helsinque que é realizado na ilha vizinha de Vallisaari. A balsa para Vallisaari parte de um píer adjacente ao pavilhão. Acessível durante todo o ano, o pavilhão oferece um espaço público urbano a céu aberto onde se pode fazer uma pausa e aproveitar a presença do mar no coração da cidade.

Cabana MuMA / WeWilder

A cabana MuMA é uma tiny house construída através de esforços voluntários em um pomar, na Cidade Velha de Armenis na Romênia, convidando visitantes que queiram experienciar a natureza tanto fora como dentro da cabana, a partir de uma audaciosa janela direcionada à paisagem.

Tribunal de Amsterdã / KAAN Architecten

O novo distinto e acolhedor edifício do tribunal de Amsterdã começou a operar, substituindo o antigo complexo em Parnassusweg, Amsterdã. As primeiras sessões aconteceram na segunda-feira, 3 de maio. Este edifício cintilante e funcional foi projetado e construído pelo consórcio NACH (New Amsterdam Court House) a pedido da Agência Imobiliária do Governo Central, no bairro Zuidas. O tribunal de Amsterdã, com 50 salas de tribunais diferentes, mais de 1.000 funcionários, incluindo 200 juízes e 140.000 veredictos por ano, é de longe o maior dos 11 tribunais da Holanda.

Praça Poljana / Atelier Minerva + Faculdade de Arquitetura, Universidade de Zagreb + Instituto de Arquitetura

A nova praça principal de Šibenik foi projetada como um campo urbano, social e de infraestrutura integrado estabelecendo um diálogo aberto entre a cidade medieval, moderna e contemporânea. A praça configura uma vasta comunidade de potencial surpreendente, com um parque arqueológico, garagem e centro de logística inferior.

Edifício Warot / B-ILD

O Edifício Warot é a mais recente adição às instalações públicas do vilarejo de Winksele. A construção abriga uma ampla gama de atividades em um salão multifuncional cuidadosamente projetado. O edifício está situado em um campus esportivo existente, rodeado pela paisagem rural e por instalações públicas. As grandes porta-janelas e o espaço externo coberto incentivam a interação com os lotes adjacentes.

Conservatório Regional de Música e Dança / Studio 1984 + Boris Bouchet Architectes

Este Conservatório de Música insere-se no centro histórico com um ambicioso projeto de requalificação urbana, atuando como catalisador de um novo estilo de vida urbano e dinamizando a nova rede de espaços públicos pedonais.

Tapete Albanês / Casanova + Hernandez Architects

Shiroka é uma vila de pescadores localizada às margens do Lago Shkodra, perto da fronteira com Montenegro. Seus habitantes viveram do lago durante séculos, homens pescando em pequenos barcos a remo e mulheres cuidando dos pomares e tecendo tapetes à mão. A reação ao fim de um regime comunista que privou os cidadãos de viver das atividades “privadas” tradicionais foi a desconfiança generalizada na esfera pública, o que levou a um período caracterizado pela ocupação descontrolada e privatização do espaço público. Como resultado, o espaço público da orla do lago Shkodra foi ocupado por construções ilegais, como residências, restaurantes, estacionamentos privados e quiosques. “Tapete Albanês” devolve a zona portuária aos cidadãos demolindo as construções ilegais, abrindo as vistas sobre o lago e criando um espaço público vivo com um carácter doméstico.

Hotel Graace / Christian Bauer et Associés Architectes

"Passando pelo portão, uma atmosfera verde te abraça e, gentilmente, te desconecta dos barulhos da cidade", essa era a principal intenção dos proprietários do Hotel Graace, construído em uma antiga fábrica dentro do perímetro urbano. Os 28 módulos de acomodação são conectados entre eles por um único espaço, e, situado sob a antiga construção em aço, o hotel apresenta-se com muitos espaços verdes ao ar livre. Além do pequeno pátio entre as duas alas, as áreas comuns no primeiro andar levam aos terraços totalmente verdes.

Conjunto de Apartamentos Tetris Hall / A. Pashenko Architects + KAN Development

O Conjunto de Apartamentos Tetris Hall consiste em duas torres de 25 pavimentos conectadas por uma passarela na cobertura. O projeto está localizado em uma área altamente adensada, no distrito empresarial central de Kiev. O terreno tem vantagens como a proximidade com importantes locais de entretenimento e cultura da cidade, e também de comércios. As vistas panorâmicas e o estilo de vida moderno oferecido pela arquitetura dos apartamentos, além do fácil acesso ao centro da cidade, fazem do Conjunto de Apartamento Tetris Hall um local altamente desejado pelos cidadãos e visitantes da cidade. 

Casa em Tskneti / NOA Studio

Esta casa contemporânea, construída com um único material - o concreto, é uma das primeiras do gênero na região e abre precedente para outras. Localizada em um terreno  inclinado em um bairro altamente povoado de Tbilisi, Geórgia, a casa é elevada acima do nível da rua, sendo invisível para o entorno e aberta para a vista da Cordilheira do Cáucaso.

Centro de visitantes no Lago Skomakerdiket Fløyen / SAAHA + Utmark

O escritório SAAHA venceu o concurso para o Centro de Visitantes no Monte. Fløyen, em Bergen, Noruega. O projeto visa facilitar o uso da paisagem montanhosa para crianças, jovens, alpinistas e turistas. Com um movimento ondulante, o pavilhão conduz o visitante desde a estrada de cascalho, que circunda o lago, até ao caminho para as montanhas do entorno.

Cemitério de Presov – Svaby / STOA Architekti

O Cemitério de Presov – Svaby foi projetado como um parque, um oásis verde em uma área residencial, e portanto, abandona a ideia de um cemitério como um lugar mono funcional. 

Casa RMDM / RMDM Architectes

Na fronteira com o histórico mercado de pulgas de Saint-Ouen, este pequeno edifício de uso misto - escritório de arquitetura e habitação coletiva, está inserido em um tecido suburbano típico, definido por edifícios heterogêneos e relativamente baixos. A primeira dificuldade na concepção do projeto foi integrar o edifício no pequeno lote, respeitando ao máximo o seu entorno residencial. A altura permitida do volume de cinco pavimentos possibilitou associarmos uma habitação a norte e uma casa geminada a sul. A estratégia resultou em espaço livre para um pátio de 50 m², que representa uma área de respiro no tecido denso, além de uma transparência em relação à cidade.

Pavilhão de Exposições Temporárias CUBE / urban curators + Iegor Shtefan

O pavilhão do Revolution of Dignity Museum é um projeto de curta duração para reanimar a transformação da paisagem circundante. Desde 2018, quando os dois melhores projetos para o Edifício do Memorial for the Heavenly Hundred Heroes foram selecionados através de concursos, nada aconteceu. Enquanto a memória coletiva dos eventos recentes ainda espera pelos espaços abrangentes, as pessoas vão ao local todos os dias para lembrar e reunir-se. Além disso, a State Intuition e o Museum of Dignity, requer o espaço para eventos e atividades. A melhor ideia é fazer a transformação justamente no espaço da construção do futuro Museu, a 150 metros da Praça da Independência. O evento que desencadeou o projeto para o pavilhão foi o 5º aniversário da Revolução, em 21 de novembro de 2019. Fomos convidados para o projeto um mês e meio antes desta data.

Praça das Artes Tradicionais de Varaždin / KONNTRA

A solução para uma praça pública com quiosques modulares localizada na histórica cidade de Baroque, em Varaždin, na Croácia, busca enfatizar e preservar a identidade do lugar, e, ao mesmo tempo, promover a sustentabilidade, e a produção manufatureira e artesã local. O projeto busca destacar um novo tipo de abordagem, se inserido no histórico tecido urbano da cidade, e ao mesmo tempo criando um local funcional e inspirador para os cidadãos e turistas. Com o passar dos anos, essa área passou por uma transformação e se tornou um importante local para artesanato. Buscando enfatizar suas potencialidades, o projeto oferece uma abordagem sensitiva que pode nutrir e preservar a identidade espacial do lugar. O projeto também oferece novas possibilidades com um espaço público dinâmico, flexível e adaptável a diferentes tipos de eventos.

Reforma do Baluarte Spassky e da Praça Pública da Igreja / AER

A nova paisagem conecta a Igreja do Salvador em Berestove (séc. XII) com o baluarte adjacente da fortaleza de Pechersk (séc. XVIII). A proximidade dos dois monumentos foi controversa, e fez com que a água da chuva inundasse a igreja. Uma pesquisa arqueológica escavou uma parte da muralha e constatou que o conflito teria que ser resolvido por meio de um projeto paisagístico.