Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Ipad

Ipad: O mais recente de arquitetura e notícia

Apple divulga novos modelos do MackBook, iPad e Mac Mini

A Apple divulgou novos detalhes sobre seus novos modelos de MacBook Air, Mac Mini e iPad Pro. O MackBook Air finalmente ganhou o Retina Display e seu design tem novas características também, como o sensor de digital Touch ID. O redesenho dos produtos também se estende até o novo iPad Pro, que quase se livra da borda que tradicionalmente define as laterais da tela dos produtos Apple. Além disso, a tecnologia de reconhecimento facial Face ID foi incluída no tablet.

© Apple © Apple © Apple © Apple + 6

Como Narinder Sagoo e Foster + Partners estão acabando com os preconceitos da arquitetura (com um lápis)

Este breve artigo, escrito pelo autor e crítico Jonathan Glancey, coincide com o lançamento do Architecture Drawing Prize – um concurso com curadoria do World Architecture Festival, o Sir John Soane's Museum, e Make. Os premiados serão exibidos em Londres e Berlim.

Para os arquitetos, diz Narinder Sagoo, diretor de design de comunicação da Foster + Partners, desenhos são responsáveis por contar histórias. Também representam uma maneira altamente eficaz de levantar questões sobre o processo de projeto. Embora a história da arquitetura - certamente desde o Renascimento italiano - tenha sido representada por desenhos convincentes que afirmam a supremacia e refletem a glória de edifícios totalmente resolvidos, há outro modo de representação que permitiu aos arquitetos pensar seus projetos sem preconceitos.

© Foster + Partners © Foster + Partners © Foster + Partners © Foster + Partners + 8

Décadas depois do surgimento do CAD, a arquitetura está se livrando do papel — desta vez é sério

Se você visitar um escritório de arquitetura hoje, talvez sinta uma leve mudança. Os dias de enormes desktops, mouse-pads ergonômicos e grandes pilhas de papéis estão lentamente dando espaço à canetas digitais, tablets e toneladas de desenhos de arquitetura à mão - ambos físicos e digitais. Arquitetos ao redor do mundo estão limpando suas mesas, literalmente, e utilizando ferramentas touchscreen emergentes e programas de desenhar, compartilhar e colaborar. Parece possível que, pela primeira vez em anos, a profissão de arquitetura poderia revisitar o "estúdio sem papel" de Bernard Tschumi que consistiu em uma parte fundamental de sua gestão como reitor da Escola de Arquitetura da Universidade de Columbia em meados da década de 1990. No entanto, desta vez, "sem papel" começa com uma caneta, ao invés de um click.

Como renderizações físico-realistas ajudarão os arquitetos na escolha correta dos vidros para fachadas

As propriedades físicas dos vidros são inestimáveis e inigualáveis quando se trata da paleta de materiais dos arquitetos. Desde a época das catedrais e seus vitrais brilhantemente coloridos que serviam a um propósito funcional e didático, à liberação da planta baixa no modernismo e as vistas horizontais requintadamente emolduradas por amplas janelas, os arquitetos têm se voltado ao vidro para atingir não só a estética, mas condições performativas em seus projetos.

Hoje, os arquitetos têm à disposição diversas opções na especificação e no projeto com vidro para as fachadas de edifícios, uma vez que os fabricantes oferecem uma enorme variedade de cores, texturas e padrões. Uma ampla gama de revestimentos e tratamentos também foi desenvolvida, permitindo uma melhor seleção das placas de vidro com uma combinação de transmitância de luz, refletância e absorção para satisfazer as necessidades de quaisquer projetos arquitetônicos. Essas opções afetam a estética e o desempenho energético do vidro, e, portanto, toda a edificação.

Graças a ferramentas avançadas de cálculo, o desempenho energético pode agora ser antecipado com precisão, mas a representação gráfica do vidro ainda é um desafio, e ainda uma necessidade crucial para os arquitetos.

Top 10 aplicativos técnicos para arquitetos

Baseado no nosso artigo 25 aplicativos para facilitar o trabalho de arquitetos e planejadores, essa coleção reúne alguns dos aplicativos técnicos de melhor qualidade e os mais valiosos para o projeto, desenho, cálculo e colaboração. Ainda que a maioria dos que aparecem aqui estão desenhados exclusivamente para a plataforma iOS, cada vez que recopilamos listas desse tipo, fica claro que estão sendo desenvolvidos mais e mais aplicativos de alta qualidade para as plataformas Android e Windons. Desde versões mais compactas de pacotes de softwares em grande escala que os arquitetos e desingers utilizam todos os dias, até papéis em branco sobre os quais é possível esboçar ideias, você pode encontrar um aplicativo que melhore sua maneira de trabalhar.

Arrette Scale: calculando área. Imagem Cortesia de Arrette Scale Morpholio Trace. Imagem Cortesia de The Morpholio Project iRhino 3D (iOS).  Imagem Cortesia de iRhino 3D PadCAD (Android).  Imagem Cortesia de PadCAD + 29

4 razões por que o iPad Pro será uma poderosa ferramenta para a arquitetura

Introducing: Apple Pencil

Introducing: The Apple PencilRead More: http://bzfd.it/1Fy4S1O

Posted by BuzzFeed Tech on Wednesday, September 9, 2015

Anunciado recentemente, a Apple divulgou "a maior novidade para o iPad desde seu lançamento": o iPad Pro, a maior tablet já produzida pela companhia, com uma tela de 12,9". Como era de se esperar, os websites de tecnologia ficaram maravilhados com as atualizações do iPad, compartilhando todas as informações referentes ao dispositivo, de suas especificações técnicas ao preço.

Mas o que o iPad Pro significa para os arquitetos? A seguir, 4 razões por que o dispositivo pode mudar o modo como você trabalha.

Arrette Scale: desenhos precisos para o sistema iOS

A Arrette Scale lançou uma atualização (US$8,99) para seu aplicativo para iOS que torna mais preciso o uso das Edge Tools - que apresentam agora novos controles e funcionalidades. O aplicativo se mostrou popular entre arquitetos, oferecendo aos projetistas uma ferramenta simples para aqueles familiarizados com programas de desenho. Permitindo que os usuários revisem e compartilhem trabalhos, a plataforma da Arrette oferece a possibilidade de alterar os desenhos através de um iPad sem a necessidade de imprimir enormes quantidades de papel.

Saiba mais sobre a atualização do aplicativo, a seguir.

Aplicativo Morpholio Board 2.0.

Frequentemente citada como uma das melhores ferramentas digitais disponíveis para arquitetos e designers, a equipe por trás do Morpholio Project acaba de lançar o Board 2.0., a segunda versão de seu aplicativo para iOS. A realização do aplicativo foi possível graças a diversas colaborações com grandes nomes do design para desenvolver uma "galeria" de "objetos de design significantes", e contou com a contribuição de Dyson, Herman Miller, e Knoll. Durante o último ano a Morpholio "montou grupos de pesquisa e reuniu líderes de design de todo o mundo" para melhor compreender o poder e potencial de sua ferramenta. O consenso geral foi de que reunir estilo, produtos e ferramentas de desenho em uma única plataforma pode "mudar o modo como designers acessam, desenvolvem e compartilham ideias."

Cortesia de Morpholio Project Cortesia de Morpholio Project Cortesia de Morpholio Project Cortesia de Morpholio Project + 13

SketchUp lança visualizador para iPad

O SketchUp divulgou recentemente seu mais recente aplicativo, o SketchUp Mobile Viewer para iPad. Tornando o acesso aos modelos mais versátil, o aplicativo também proporciona acesso a "todo o universo" de arquivos do 3D Warehouse. Os usuários podem usar as mesmas ferramentas do software, como o Orbit, Pan e Zoom, para "apresentar seus modelos 3D para clientes e parceiros." Custando US$9,99 na App Store da Apple, as críticas levam a crer que este é um bom primeiro passo, mas com alguns ajustes ainda a serem feitos. Sendo o primeiro produto do SketchUp para tablet (a versão para Android está em desenvolvimento), o aplicativo foi lançado juntamente com o SketchUp 2014, que, pela primeira vez, incorpora ferramentas BIM.

Monument Valley: um jogo de arquitetura e ilusão de ótica

Inspirado em desenhos de M.C.Escher, o jogo Monument Valley, produzido pelo estúdio de design Ustwo, de Nova Iorque, será lançado ainda no início deste ano. Feito para iPad, o jogo está disponível em versão beta e vem sendo comentado por sua simplicidade e sensibilidade.

O que mais chama a atenção são seus cenários bastante lúdicos, uma arquitetura labiríntica que faz inteligente uso de ilusões de ótica para compor percursos distintos que podem levar a outros cenários ou, por vezes, a lugar nenhum.

App para iPad que poderia mudar a indústria da construção

Aplicativo para iPad da Moleskine: ‘A mão do arquiteto’

Agora você já pode visitar a Casa da Cascata de Frank Lloyd Wright interativa!