1. ArchDaily
  2. Guardian Cities

Guardian Cities: O mais recente de arquitetura e notícia

A resposta do 5468796 Architecture à crítica do The Guardian ao projeto Centre Village

Recentemente, o The Guardian publicou um polêmico artigo intitulado "Crime in the community: when 'designer' social housing goes wrong". O artigo conta a história do Centre Village, um projeto de Habitação de Interesse Social em Winnipeg projetados por 5468796 Architecture e Cohlmeyer Architecture Limited, examinando como intensões nobres resultaram no que eles descrevem como "apartamentos que não atendem as necessidades diárias de uma família, e uma disposição e composição dos edifícios que agem como imãs para consumo de álcool e outras drogas em todos os períodos do dia."

Sem grandes surpresas, o escritório canadense 5468796 Architecture, que discorda com muitas das conclusões do artigo, escreveu uma resposta ao editor do Guardian Cities na esperança que sua 'carta ao editor' trouxesse algum equilíbrio à história. Depois do The Guardian ter se recusado a publicar a carta, o escritório contactou Archdaily para garantir que sua versão da história também fosse ouvida. A seguir mostramos a carta na íntegra.

Estamos lhe escrevendo em resposta à artigo do The Guardian acerca do Centre Village e muitos dos comentários e re-postagens nas últimas semanas. Acreditamos que a matéria publicada não era precisa e desejamos mostrar algumas informações:

A resposta do 5468796 Architecture à crítica do The Guardian ao projeto Centre VillageA resposta do 5468796 Architecture à crítica do The Guardian ao projeto Centre VillageA resposta do 5468796 Architecture à crítica do The Guardian ao projeto Centre VillageA resposta do 5468796 Architecture à crítica do The Guardian ao projeto Centre Village+ 7

Desafiando as regras de um simulador de cidades onde não há "game over"

Como parte da série de artigos Guardian Cities, o arquiteto Finn Williams utiliza o jogo Cities: Skyline Simulator para questionar se "os jogos baseados no crescimento são compatíveis com uma estratégia pós-crescimento" - conduzindo sua resposta para um "sonoro não". O jogo, que foi projetado para "perceber a emoção e dificuldades de criar e manter uma cidade real", permite que os jogadores lidem com questões de infraestrutura, problemas habitacionais e orçamentos apertados em uma escala urbana.