1. ArchDaily
  2. Cambridge Massachusetts

Cambridge Massachusetts: O mais recente de arquitetura e notícia

Herzog & de Meuron e Beyer Blinder Belle selecionados pela Harvard GSD para projetar "expansão transformadora" do seu prédio

A Harvard Graduate School of Design (Harvard GSD) selecionou Herzog & de Meuron e Beyer Blinder Belle como a equipe de projeto para uma "transformação significativa" do icônico edifício da escola "Gund Hall".

A expansão proposta incluirá a integração de um novo espaço na estrutura existente da Escola, com o objetivo de criar uma instalação que “incorpore o trabalho visionário e interdisciplinar da Escola na intersecção de design, pedagogia, pesquisa e prática”.

Gund Hall. Cortesia de Harvard GSD Ateliês no Gund Hall. Cortesia de Harvard GSD Gund Hall. Cortesia de Harvard GSD Gund Hall. Cortesia de Harvard GSD + 8

As 7 melhores ideias do MIT Labs para as cidades do futuro

As cidades do futuro sempre fizeram parte da nossa imaginação. Da visão de Thomas F. Anderson de 1900 para uma futura Boston, passando pela Ville Radieuse de Le Corbusier de 1924, até cidades modernas "à prova de futuro" como Songdo, na Coreia do Sul, arquitetos e urbanistas sempre pensaram em como as cidades responderiam ao movimento de pessoas, capital, tecnologia e ideias.

Hoje, grupos como o Senseable City Laboratory do MIT foram criados com o objetivo de sugerir ideias para a cidade do amanhã. Através de uma técnica conhecida como "Futurecraft", o Senseable City Lab coloca designers em um possível cenário futuro e pede-lhes para gerar propostas de design que poderiam melhorar a vida cotidiana. Como veremos em seguida, algumas de suas ideias fariam narizes torcerem mesmo em uma galáxia bem distante.

Roboat. Cortesia da Imagem de MIT Senseable City Lab Trash Track. Cortesia da Imagem de MIT Senseable City Lab Local Warming. Cortesia da Imagem de MIT Senseable City Lab Trash Track. Cortesia da Imagem de MIT Senseable City Lab + 35

The Mapdwell Project: determinando a energia solar ideal nas coberturas

The Mapdwell Projecté um grupo colaborativo de pesquisadores, acadêmicos e profissionais do MIT oriundos de diversos campos - design, tecnologia de edificações, engenharia, ciências ambientais, economia e ciência da computação - que busca desenvolver uma fonte comunitária de informações precisas voltadas à pesquisa sobre práticas sustentáveis. O Sustainable Design Lab do MIT atuou em colaboração com o estúdio de design MoDE (Modern Development Studio), que elaborou a interface online. O objetivo fundamental do Mapdwell é fornecer uma ferramenta que permita que comunidades tomem decisões embasadas quanto à incorporação de práticas sustentáveis em seus cotidianos através de conscientização e acesso a informações sobre eficiência energética e desenvolvimento inteligente.

Mais informações sobre a ferramenta a seguir.

No início de maio, Mapdwell revelou seu primeiro protótipo de "Solar System" - uma plataforma informática de mapeamento. O trunfo da Solar System é a quantidade de dados reunidos, acessíveis através da interface convidativa. O Solar System gera as informações necessárias para a instalação de painéis fotovoltáicos, comparando simultaneamente os efeitos ambientais obtidos. Permite que os cidadãos definam inclinação, formato e orientação das águas dos telhados; simula a radiação solar com base em dados climáticos históricos; considera obstruções físicas como vegetação e construções vizinhas; computa a geração potencial de energia solar; apresenta programas de incentivo e taxas especiais a nível nacional, estadual e local; e apresenta dados precisos e imparciais.. Os cidadãos podem acessá-las para qualquer edifício em uma cidade, embasando as escolhas da comunidade em relação ao desenvolvimento sustentável.

Apesar da Mapdwell insistir que os proprietários executem uma análise in loco dos edifícios para definir a melhor implantação de painéis e seu porte, a Solar System deve chegar a estimativas muito precisas. Para criar o mapa, a Mapdwell combina imagens aéreas da área com LiDAR (Detecção e Espectro de Luz, na sigla em inglês) para criar um mapeamento topográfico. São determinados, assim, ângulos das coberturas e anteparos físicos que afetam a intensidade de sol em uma área determinada.