1. ArchDaily
  2. Bruder Klaus Field Chapel

Bruder Klaus Field Chapel: O mais recente de arquitetura e notícia

O brutalismo na arquitetura religiosa, pelas lentes de Stefano Perego

Iglesia parroquial de la Resurrección de Cristo, por los arquitectos Günther Domenig y Eilfried Huth. Oberwart, Austria. (1966-1969). Image © Stefano PeregoTemplo Nacional de María, Madre y Reina, también conocido como Santuario del Monte Grisa, por el arquitecto Antonio Guacci. Trieste, Italia (1963-1965). Image © Stefano PeregoCatedral de San Buenaventura, por el arquitecto Miroslav Matasović. Banja Luka, Bosnia y Herzegovina (1972-1973). La torre del reloj fue construida posteriormente en 1990-1991. Image © Stefano PeregoCatedral de Cristo Rey, por los arquitectos Adalberto Libera y Cesare Galeazzi. La Spezia, Italia (1956-1975). Image © Stefano Perego+ 22

Carregada de grande carga simbólica, a arquitetura religiosa é conhecida tanta pela monumentalidade de seus edifício quanto pela riqueza de seus espaços interiores. Escala, materialidade e luz são alguns dos principais elementos utilizados por arquitetos e projetistas quando se trata de manipular e criar espaços de contemplação e prece, características espaciais capazes de conduzir os fiéis à uma experiência sagrada através do espaço.

Capela de Campo Bruder Klaus de Peter Zumthor pelas lentes de Aldo Amoretti

© Aldo Amoretti, Cortesia de Atelier Peter Zumthor and Partner
© Aldo Amoretti, Cortesia de Atelier Peter Zumthor and Partner

A Capela de Campo Bruder Klaus de Peter Zumthor, concluída em 2007, é conhecida por seu respeito pelos materiais empregados na construção daquele espaço sensível. O interior da capela é uma cavidade negra criada pela queima de 112 troncos de árvores usados na fôrma do concreto. Vinte e quatro camadas de concreto foram despejadas em uma fôrma cuja parte interna era formada pelos troncos arranjados de modo a criar uma forma cônica, contrastando com a parte externa angular que definiu as fachadas da capela. Após a remoção da fôrma, muitos pequenos orifícios foram deixados nas paredes, criando um efeito que lembra uma noite estrelada. O "belo silêncio" da capela e inegável conexão com a paisagem onde se encontra faz dela um destino para muitos turistas.

Nesta série fotográfica, Aldo Amoretti registra a dramática relação entre a arquitetura e seu entorno natural. Apesar de suas superfícies de concreto e duras arestas, a capela não se impõe na paisagem. Em vez disso, as imagens mostram uma manifestação visual das palavras de Zumthor: uma arquitetura com "compostura, auto-evidência, durabilidade, presença e integridade, além de calor e sensualidade."

© Aldo Amoretti, Cortesia de Atelier Peter Zumthor and Partner© Aldo Amoretti, Cortesia de Atelier Peter Zumthor and Partner© Aldo Amoretti, Cortesia de Atelier Peter Zumthor and Partner© Aldo Amoretti, Cortesia de Atelier Peter Zumthor and Partner+ 13

Capela de Campo Bruder Klaus / Peter Zumthor