Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Bilbao

Bilbao: O mais recente de arquitetura e notícia

As inesperadas soluções de baixa tecnologia que possibilitaram a construção do Guggenheim de Bilbao

Alpinista instalando painéis de fachada de titânio durante a construção do Museu Guggenheim de Bilbao. Foto: Aitor Ortiz. Imagem © 2017 FMGB Guggenheim Bilbao
Alpinista instalando painéis de fachada de titânio durante a construção do Museu Guggenheim de Bilbao. Foto: Aitor Ortiz. Imagem © 2017 FMGB Guggenheim Bilbao

Este artigo foi publicado originalmente em guggenheim.org/blogs, com o título "How Analog and Digital Came Together in the 1990s Creation of the Guggenheim Museum Bilbao," e é utilizado com permissão.

O Museu Guggenheim de Bilbao, que comemora seu vigésimo aniversário este mês, foi aclamado como um pináculo do progresso tecnológico desde sua abertura em outubro de 1997. Embora o uso do software de modelagem CATIA (Computer Aided Three-Dimensional Interactive Application) tenha sido, sem dúvidas, inovador, alguns dos maiores momentos de engenhosidade durante o projeto e a construção do edifício foram claramente de baixa tecnologia. Desenvolvido entre 1991 e 1997, o edifício curvado e angular revestido em titânio foi concebido no ponto de virada entre a prática analógica e a digital. Essa mudança profunda envolveu e permeou todos os aspectos do projeto, desde o processo projetual e técnicas construtivas até os métodos tecnológicos de comunicação utilizados.

Envolto em Luminosidade: Como fachadas reflexivas transformaram a arquitetura moderna

Mesmo o modernismo promovendo a transparência da arquitetura de vidro, muitos dentro do movimento estavam conscientes da monotonia de grandes fachadas de vidro, com até Mies van der Rohe usando elementos como sua marca registrada montantes para quebrar suas fachadas. Mas, nos anos seguintes, inúmeros arranha-céus de envidraçamento estrutural uniformes surgiram e entediaram cidadãos urbanos. Em resposta a isso, reinterpretações não convencionais de fachadas despertaram interesse.

Acompanhados pela crença de que a luz e a luminosidade poderiam ajudar na criação de uma arquitetura icônica e um mundo melhor, vidro e metal foram transformados de forma inovadora, para criar imagens cristalinas. Como resultado, o locus do sentido na arquitetura deslocou-se do espaço interno e forma à superfície exterior.

Clássicos da Arquitetura: Museu Guggenheim de Bilbao / Gehry Partners

Situado à beira do Rio Nervión, em Bilbao, Espanha, o Museu Guggenheim caracteriza-se pela fusão de complexas formas curvilíneas e uma materialidade cativante, respondendo a um programa extenso e um contexto urbano industrial. Com mais de uma centena de exposições e mais de dez milhões de visitantes, o Museu de Frank Gehry não só mudou a maneira que os arquitetos e o público pensam sobre museus, mas também impulsionou a economia de Bilbao com o seu surpreendente sucesso. De fato, o fenômeno da transformação de uma cidade após a construção de uma peça arquitetônica significativa é agora referida como o "Efeito Bilbao". Após vinte anos, o Museu continua a desafiar suposições sobre as conexões entre arte e arquitetura.

© Flickr User: dbaron © Flickr User: mimmyg © Flickr User: Viajar sin Destino © Flickr User: cincinnato + 15

UNESCO elege cinco novas cidades ao título de "Cidade do Design"

Curitiba, Dundee, Bilbao, Helsinki e Turin são importantes centros culturais em seus respectivos países. Assim, não é de surpreender que tenham sido alçadas pela UNESCO ao status de "Cidades do Design". Juntando-se a outras 12 cidades, a novas representantes da lista foram reconhecidas pela influência internacional que exercem no design. Ao conceber o título de "Cidade do Design" a UNESCO espera ajudar o desenvolvimento de indústrias criativas e encorajar a troca cultural entre cidades em cada uma das metrópoles eleitas.

Estádio San Mames / ACXT

© Airtor Ortiz
© Airtor Ortiz
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura IDOM
  • Área Área deste projeto de arquitetura

© Airtor Ortiz © Airtor Ortiz © Airtor Ortiz © Airtor Ortiz + 39

Bilbao: Frank Gehry estará presente no início das obras da ponte que levará seu nome

No próximo sábado, 25 de outubro, o arquiteto Frank Gehry regressará a Bilbao (Espanha) para por a pedra fundamental da futura ponte que levará seu nome, em honra a sua contribuição no impulso turístico e econômico que a construção do Museu Guggenheim (1997) trouxe à cidade espanhola.

Com 75 metros de comprimento, a ponte conectará a atual península de Zorrotzaurre, bairro industrial em atual processo de gentrificação, com o bairro local de San Ignacio. No início deste ano o prefeito de Bilbao, Ibon Areso, justificou sua decisão de batizar a ponte com o nome do Prêmio Pritzker 1989 dizendo que "Frank Gehry foi um homem que gerou uma projeção internacional importantíssima a Bilbao".

Saiba mais, a seguir.

Casa dos Policiais / Coll-Barreu Arquitectos

© Juan Rodríguez © Aleix Bagué © Juan Rodríguez © Aleix Bagué + 28

Norman Foster recebe o primeiro Prêmio BIA em Bilbao

No dia 26 de setembro Norman Foster estará no Museu Guggenheim de Bilbao para receber o primeiro Prêmio BIA (Bilbao Bizkaia Architecture). Reconhecendo as contribuições de Foster para o desenvolvimento de Bizkaia através da arquitetura e regeneração urbana, o prêmio destaca o projeto icônico e original de Foster para as estações do Metrô de Bilbao.

Edifício administrativo do COAS / Otxotorena Arquitectos

© Rubén Pérez Bescós © Rubén Pérez Bescós © Rubén Pérez Bescós © Rubén Pérez Bescós + 17

Sede do Departamento de Saúde de Bilbao / Coll-Barreu Arquitectos

Cortesia de Coll-Barreu Arquitectos Cortesia de Coll-Barreu Arquitectos Cortesia de Coll-Barreu Arquitectos Cortesia de Coll-Barreu Arquitectos + 26

Arquivo Histórico do País Basco / ACXT

© Aitor Ortiz © Aitor Ortiz © Aitor Ortiz © Aitor Ortiz + 49

  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura ACXT
  • Área Área deste projeto de arquitetura

Sede do Banco Arquia / NO.MAD

© Miguel de Guzmán © Miguel de Guzmán © Miguel de Guzmán © Miguel de Guzmán + 13

Banco  · 
Bilbao, Espanha
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura NO.MAD
  • Área Área deste projeto de arquitetura

Casa em La Bilbanía / Foraster Arquitectos

© Joseba Bengoetxea © Joseba Bengoetxea © Joseba Bengoetxea © Joseba Bengoetxea + 19

Casas  · 
Bilbao, Espanha
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Foraster Arquitectos
  • Área Área deste projeto de arquitetura
  • Ano Projeto Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    2013

Reforma da Universidade de Deusto / ACXT

© Aitor Ortiz / Courtesy ACXT
© Aitor Ortiz / Courtesy ACXT
Universidade  · 
Bilbao, Espanha
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura ACXT
  • Área Área deste projeto de arquitetura

© Aitor Ortiz / Courtesy ACXT © Aitor Ortiz / Courtesy ACXT © Aitor Ortiz / Courtesy ACXT © Aitor Ortiz / Courtesy ACXT + 48

Fronton Bizkaia / Gastón & Ruiz Pardo

© Jesus Granada © Jesus Granada © Jesus Granada © Jesus Granada + 35

Bilbao: a arte como propulsora da cidade

Texto por Francisca Codoceo via Plataforma Urbana. Tradução Archdaily Brasil.

16 anos se passaram desde que inauguraram o Museu Guggenheim de Bilbao, o singular edifício de curvas prateadas idealizado pelo arquiteto canadense, Frank Gehry, que hoje em dia é um postal desta cidade basca para o mundo. Em grande parte, a construção do museu foi responsável pelas iniciativas de recuperação do Rio Nervión (arredores do rio que atravessa a cidade) e sua reurbanização para as artes e o ócio, impulsionadas por novas organizações e conselhos da cidade através do Plano Estratégico de Revitalização Metropolitana de Bilbao .

Conservatório Música Bilbao / Roberto Ercilla Arquitectura

Zero Space & Lounge VIP / ACXT

© Aitor Ortiz