1. ArchDaily
  2. Azulejo

Azulejo: O mais recente de arquitetura e notícia

A versatilidade do revestimento cerâmico em 6 projetos contemporâneos

Revestimentos cerâmicos são usualmente empregados nas áreas molhadas internas de projetos residenciais e comerciais - cozinhas, banheiros, áreas de serviço, entre outros -, contudo, cada vez mais arquitetos têm provado que este material tem grande potencial gráfico, estético e, sobretudo, técnico, quando empregado em fachadas.

Por sua resistência às intempéries, o material exige pouca ou nenhuma manutenção, além disso, a variedade de cores, dimensões, textura e padrões encontrados no mercado permitem uma infinidade de usos e combinações. 

Fotógrafo documenta os famosos azulejos portugueses no livro "Azulejos Padrão"

O Largo da Graça é um autêntico estúdio para o fotógrafo Fernando Veiras. Mesmo por entre os edifícios, os azulejos padrão nas fachadas destacam-se. Fernando apenas tem de tirar do bolso a lente e encaixá-la na câmera. Depois começa a sessão. Dos pormenores de um azulejo que falta, de um outro que foi substituído por um padrão diferente, ou pelo conjunto da fachada, vão surgindo várias perspectivas. “Em qualquer rua há um azulejo para fotografar”, diz com fascínio. Ainda no largo, já começa a avistar a Vila Berta mesmo ali ao virar na esquina. E tem sido a percorrer as ruas de Lisboa, que Fernando Veiras chegou ao livro Azulejos Padrão.

Foi por paixão que Fernando veio viver em Portugal há 11 anos. Natural da Galiza, já tinha visitado o Porto várias vezes e algumas Lisboa, mas admite que não conhecia bem a cidade. O encanto pela capital portuguesa não tardou e muito se deve aos azulejos. 

Azulejo português é candidato à lista de Patrimônio da Humanidade

Os emblemáticos azulejos portugueses, famosos tanto em Portugal como em outras partes do mundo, serão inscritos pela Direção Geral do Patrimônio Cultural do país na lista de candidatura do Patrimônio da Humanidade da UNESCO. A notícia foi divulgada recentemente pelo secretário de estado, Jorge Barreto Xavier, no Museu Nacional do Azulejo (MNAZ) durante a inauguração da sala Manuel dos Santos, um dos pintores de maior destaque na azulejaria de Portugal.

Originário dos azulejos hispano-mouriscos da região de Andaluzia, esse elemento foi trazido para Portugal no século XVI e logo passou a ser empregado de maneiras originais. No século XVII começou a ser usado no interior de edificações históricas, enquanto que no século XIX passou para as fachadas dos edifícios.

Anunciados os vencedores da 13ª edição do “Tile of Spain Awards”

Foram anunciados recentemente os vencedores do Prêmio Ascer de Arquitetura 2014 - 13ª edição do "Tile of Spain Awards" - um prestigioso reconhecimento da arquitetura em nível mundial.

A honraria é organizada pela ASCER e procura reconhecer a excelência em projetos que fazem da cerâmica um elemento essencial da obra. Este ano a premiação foi dividia em três categorias – Arquitetura, Interiores e Projeto de Final de Curso – e teve como vencedor da primeira delas o projeto da Casa no Príncipe Real, do escritório português Camarim Arquitectos.

Veja a seguir a lista de projetos vencedores: