1. ArchDaily
  2. A Cidade Precisa De Você

A Cidade Precisa De Você: O mais recente de arquitetura e notícia

Inovação social e participação cidadã: a ativação do Parque Linear do Canivete

Nos próximos 20 anos, 45% do território urbano deverá ser espaços públicos (ruas, parques e praças), de acordo com os dados da ONU Habitat. Qual será a qualidade destes espaços? Quais atores se responsabilizarão pela sua gestão? É relevante no Brasil e no mundo o movimento de reapropriação dos espaços públicos pelos habitantes da cidade. O direito à cidade está em pauta e, no centro dele, muitos cidadãos estão se propondo a participar ativamente das decisões em relação à sua cidade ou, mesmo, em atividades cotidianas de melhora dos espaços públicos.

Curso de Fenomenologia Urbana - Compreendendo a cidade a partir das pessoas

Serão apresentados os conceitos e fundamentos da pesquisa qualitativa, sua origem, contribuições da abordagem fenomenológica, principais técnicas, elaboração de amostra, roteiro e aplicações práticas. Teremos como estudo de caso o Largo da Batata.

Segundas e quintas, das 9h ao 12h, começando dia 2 de outubro.

Professora Vania Bartalini
Vania Bartalini é psicóloga, analista, psicoterapeuta e especialista em coordenação de grupos e pesquisa qualitativa fenomenológica.

Coordenadores:
Vanessa Espínola, designer
Guilherme Ortenblad, arquiteto e urbanista
Ursula Troncoso, arquiteta e urbanista

OBJETIVOS:
• Conceitos básicos da Pesquisa Qualitativa Fenomenológica
• Fundamentos teórico-conceituais
sua origem no bojo das ciências humanas e relação com a fenomenologia
• Formação da postura de pesquisador
• Vivência prática
planejamento amostral,

“A Cidade Precisa de Praias” promove encontro em Recife

O projeto A Cidade Precisa de Praias é o intercâmbio entre os coletivos Praias do Capibaribe e A Cidade Precisa de Você, nas cidades de São Paulo e Recife, com dois diálogos abertos sobre estratégias de ocupação e duas intervenções urbanas feitas colaborativamente entre os coletivos. Além da apresentação de intervenção conjunta, que aconteceu no dia 24 de abril no Largo da Batata, em São Paulo, no dia 3 de maio será a vez da intervenção dos dois coletivos em Recife, na Vila Santa Luzia, bairro da Torre, das 15 às 20 horas. O objetivo é difundir práticas culturais em espaço público como estratégia de ocupação e transformação da cidade.