Takumi Ota

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Between the Greens - Salão Matrimonial / Archipatch

© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota+ 17

  • Arquitetos: Archipatch
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1367
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AutoDesk, Kamism, Rhinoceros, Sangetsu, channel original

Armários, estantes e prateleiras: 33 espaços de armazenamento

© Hey! Cheese© Kat Lu© Hey! Cheese© Kai Nakamura+ 34

A falta de espaços de armazenamento é um problema recorrente no projeto de uma casa. Na maioria dos casos, espaços residuais ou cantos desconfortáveis são usados para resolver a falta de prateleiras, gavetas e armários. A seguir, 33 exemplos de espaços de armazenamento que podem servir de inspiração para seus próximos projetos.

Casa O / Hideyuki Nakayama Architecture

Cortesia de Hideyuki Nakayama Architecture© Takumi Ota © Takumi Ota Maquete+ 24

Kyoto, Japão

Apartamento Kitasenzoku / Tomoyuki Kurokawa Architects

© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota+ 21

Como transformar um ambiente interno poluído em um lar saudável

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

Com a maior parte do mundo vivendo em cidades e comunidades em crescimento, as pessoas tendem a passar a maior parte do tempo em ambientes internos. Quando não estamos em casa, estamos trabalhando, aprendendo ou até participando de atividades divertidas em ambientes fechados e construídos. Ao todo, 90% do nosso tempo é ocupado em interiores. É essencial garantir uma qualidade ambiental interna confortável, produtiva e saudável, seguindo parâmetros e práticas de projeto bem regulados que considerem temperatura, iluminação, poluição sonora, ventilação adequada e a qualidade do ar que respiramos. Este último é especialmente importante, pois, ao contrário do que podemos pensar, a poluição do ar é muito maior no interior do que no exterior.

Complexo Amakusa “KOKORASU" / Nikken Sekkei

© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota+ 22

  • Arquitetos: Nikken Sekkei
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  4605
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: GANTAN BEAUTY INDUSTRY, Graphisoft, IOC Flooring, Lumion, Sangetsu, +2

Banheiros de concreto aparente: Brutalismo no espaço íntimo

Por que usar concreto nos banheiros?

Béton brut ou "concreto bruto" é um material naturalmente poroso que oferece muitas vantagens para o projeto e a construção de um banheiro. Como material impermeável e resistente à pressão, é fácil de limpar, não se deteriora, previne o fungo do banheiro e possui uma baixa manutenção. Atraente e funcional, o concreto é versátil tanto para mobiliário no local como para o revestimento de parede, pisos e até pisos de áreas molhadas. Além disso, devido à sua massa térmica, o concreto é um excelente material para aquecimento de piso.

Residência Stairway / nendo

© Daici Ano© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota+ 63

Minato City, Japão
  • Arquitetos: nendo
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  284
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: ASAHI WOODTECH Cooperation, NENGO Company Limited

JIKKA / Issei Suma

© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota+ 19

  • Arquitetos: Issei Suma
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  100
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2015
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Acor, Catalano, Tform, Toto

Casa Kame / Kochi Architect's Studio

© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota+ 11

Niigata, Japão
  • Arquitetos: Kochi Architect's Studio
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  135
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2013

7 Tendências em madeira para acompanhar em 2020

A história da construção em madeira remonta ao período neolítico, ou potencialmente até mais cedo, quando os humanos começaram a usar madeira para construir abrigos a partir de pequenas peças. O surgimento das primeiras ferramentas de pedra polida, como facas e machados, tornou o manuseio da madeira mais eficiente e preciso, aumentando a espessura das seções de madeira e sua resistência. Ao longo das décadas, a aparência rústica dessas primeiras construções tornou-se cada vez mais ortogonal e limpa, como resultado da padronização, produção em massa e o surgimento de novos estilos e estéticas.

Hoje estamos vivendo outro momento seminal na evolução da madeira. Nutridas e fortalecidas pelos avanços tecnológicos, novos sistemas de pré-fabricação e uma série de processos que aumentam sua sustentabilidade, segurança e eficiência, as estruturas de madeira estão surgindo nos skylines das cidades e, por sua vez, estão reconectando nossos espaços interiores à natureza através do calor, textura e beleza da madeira. Para onde esse caminho nos levará? Abaixo, analisamos 7 tendências que sugerem que esse progresso deve continuar, aumentando as capacidades e a altura dos prédios de madeira nos próximos anos.

Gymnasium Régis Racine / Atelier d'Architecture Alexandre Dreyssé. Image © Clément GuillaumeCanoeing Training Base / PSBA + INOONI. Image © Bartosz DworskiHälleskogsbrännan Visitor Center / pS Arkitektur. Image © Jason Strong PhotographyLa Seine Musicale / Shigeru Ban Architects. Image Cortesía de Blumer Lehmann+ 25

Paisagismo de interiores: o que é "plantscaping"?

© Nelson Kon© Quang Dam© Edward Hendricks© Helene Binet+ 49

Os jardins e plantas de interiores trazem diversos benefícios para a vida cotidiana. O projeto paisagístico de interior, também chamado de plantscaping, é muito mais que simplesmente alocar plantas nos espaços internos; envolve a localização estratégica de espécies vegetais dentro de uma obra, buscando potencializar e destacar certos aspectos do projeto arquitetônico.

Kumu Kanazawa Hotel / Yusuke Seki

© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota+ 28

  • Arquitetos: Yusuke Seki
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  3499
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2017

Residência Tsubomi / Flat House

©  Takumi Ota©  Takumi Ota©  Takumi Ota©  Takumi Ota+ 24

Tóquio, Japão
  • Arquitetos: Flat House
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  77
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2010

Edifício em Ginza / SO&CO.

© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota+ 28

Chuo City, Japão
  • Arquitetos: SO&CO.
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  111
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019

Creche Subaru / RFA+CFA

© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota© Takumi Ota+ 28

  • Arquitetos: RFA+CFA
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018