Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Studio Chirika

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Como incorporar jardins e hortas em projetos residenciais

Os jardins internos podem contribuir com importantes benefícios para a vida doméstica, variando da beleza estética à melhoria da saúde e da produtividade. Pesquisas mostraram que plantas nos interiores das edificações ajudam a eliminar os poluentes do ar, os chamados de compostos orgânicos voláteis (COV), liberados de colas, móveis, roupas e solventes, conhecidos por causar doenças. Eles também aumentam as percepções subjetivas de concentração e satisfação, bem como medidas objetivas de produtividade. Jardins internos podem até reduzir o uso de energia e os custos devido à menor necessidade de circulação de ar. Esses benefícios complementam as óbvias vantagens estéticas de um jardim bem projetado, tornando o jardim interno um recurso residencial atraente em várias frentes.

Courtesy of TAA DESIGN © BK © Rafael Gamo Hydroponic gardening. Image © Needpix user naidokdin + 42

Casa Erasto / Vertebral

© Studio Chirika © Studio Chirika © Studio Chirika © Studio Chirika + 35

Ciudad de México, México
  • Arquitetos: Vertebral
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  526
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019

36 Escritórios de arquitetura do Sul Global que você precisa conhecer

© Zhou Ruogu/Savoye Photographe
© Zhou Ruogu/Savoye Photographe

Os países que fazem parte do chamado Sul Global sofreram muitas transformações em suas cidades nos últimos anos devido, sobretudo, ao rápido crescimento dos centros urbanos e aos já conhecidos desafios econômicos e sociais característicos dos países "em desenvolvimento". O crescimento urbano, o desenvolvimento sustentável, a qualidade de vida, a saúde nas cidades e o desenvolvimento de sua própria identidade cultural são algumas das questões com as quais as arquiteturas locais tiveram - e ainda terão - que lidar.

Alguns jovens profissionais da arquitetura entenderam a importância de projetar tendo em vista seu próprio território, conferindo a essa arquitetura uma identidade claramente local. Ao desenvolverem novas tipologias e usarem seus próprios recursos materiais, apresentam soluções inovadoras, específicas para o local e, acima de tudo, essencialmente contemporâneas no sentido de se pensar o futuro da arquitetura e do planeta como um todo.

© Fernando Guerra | FG+SG © Tomás Rodríguez © Fernando Schapochnik © Maurice Ascani + 38

Casa Flutuante / Talleresque

© Studio Chirika © Studio Chirika © Studio Chirika © Studio Chirika + 22

Cidade do México, México
  • Arquitetos: Talleresque
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  87
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2016