Fernando Schapochnik

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

2 Casas / Florencia Rissotti Arq

2 Casas / Florencia Rissotti Arq2 Casas / Florencia Rissotti Arq2 Casas / Florencia Rissotti Arq2 Casas / Florencia Rissotti Arq+ 30

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  230
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2021
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  FV GRIFERIAS, Peisa, Pewen, Quadri, Sanitarios Ferrum

Como aproveitar o espaço embaixo da cama?

Durante os últimos anos, temos explorado diferentes maneiras de aproveitar os pequenos espaços na arquitetura residencial. De móveis eficientes e cozinhas com sistemas transformáveis a ideias para adaptar eletrodomésticos, os arquitetos têm buscado soluções eficazes para melhorar a qualidade de vida das pessoas em escassos metros quadrados, ou para flexibilizar as opções de espaço flexível em tipologias multifuncionais e de uso misto.

A cama, como elemento indispensável, pode ser utilizada à favor desses conceitos. Suas funções podem ser cumpridas sem perder espaço valioso e a experiência do dormitório pode ser enriquecida com uma reflexão cuidadosa. Como reinventar e aproveitar as oportunidades da cama tradicional?

Casa Bitelhaus / Alric Galindez Arquitectos

Casa Bitelhaus / Alric Galindez ArquitectosCasa Bitelhaus / Alric Galindez ArquitectosCasa Bitelhaus / Alric Galindez ArquitectosCasa Bitelhaus / Alric Galindez Arquitectos+ 23

Los Polvorines, Argentina
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  210
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  AutoDesk

Ao ar livre: 10 terraços em edifícios residenciais na Argentina

Nos últimos anos, os terraços desempenharam um protagonismo na vida urbana, atuando como refúgio, lugar de lazer e reunião, de contemplação, ou ainda como espaço de trabalho ao ar livre. Privilégio e escape nos períodos de confinamento desde o início da pandemia de Covid-19, estes espaços externos onde se pode fazer exercício, se conectar com a natureza, estudar ou trabalhar se tornaram especialmente desejados por aqueles que vivem nas grandes cidades.

A construção "off-site" pode mudar radicalmente as regras do projeto de arquitetura

A popularidade de casas pré-projetadas e pré-fabricadas vem crescendo, transferindo grande parte do processo de construção do canteiro de obras para as fábricas. Enquanto países como Cingapura, Austrália e Reino Unido estão adotando cada vez mais edifícios modulares para atender à escassez de mão de obra e moradias, países nórdicos como a Suécia já constroem 90% das residências unifamiliares em madeira pré-fabricada. Apesar do recente aumento de interesse, a construção off-site não é, de forma alguma, um conceito novo. Na verdade, o método construtivo esteve presente ao longo da história em muitas tentativas de consolidar seu uso: ainda em 43 DC, o exército romano trouxe consigo fortes pré-fabricados para a Grã-Bretanha, enquanto o Japão já vinha construindo em madeira off-site e partes móveis em pré-montagens por pelo menos mil anos.

Casa Luisina / Reimers Risso Arquitectura

Casa Luisina / Reimers Risso ArquitecturaCasa Luisina / Reimers Risso ArquitecturaCasa Luisina / Reimers Risso ArquitecturaCasa Luisina / Reimers Risso Arquitectura+ 23

Villa Elvira, Argentina

Casa 47 / Reimers Risso Arquitectura

Casa 47 / Reimers Risso ArquitecturaCasa 47 / Reimers Risso ArquitecturaCasa 47 / Reimers Risso ArquitecturaCasa 47 / Reimers Risso Arquitectura+ 21

La Plata, Argentina

Casas de metal na Argentina: 10 projetos revestidos em chapa metálica

Casas de metal na Argentina: 10 projetos revestidos em chapa metálicaCasas de metal na Argentina: 10 projetos revestidos em chapa metálicaCasas de metal na Argentina: 10 projetos revestidos em chapa metálicaCasas de metal na Argentina: 10 projetos revestidos em chapa metálica+ 16

Seja como fechamento de um sistema de construção a seco -como Steel ou Timber frame, montado em armações de aço ou perfis de madeira-, ou como revestimento exterior em obras construídas com sistemas tradicionais, a chapa nervurada é uma opção vantajosa quando se trata de pensar os acabamentos externos de um projeto arquitetônico devido a sua economia, sua manutenção mínima e sua versatilidade, permitindo o uso tanto enquanto fechamento vertical quanto como telhados.

10 Detalhes construtivos de pátios residenciais

10 Detalhes construtivos de pátios residenciais10 Detalhes construtivos de pátios residenciais10 Detalhes construtivos de pátios residenciais10 Detalhes construtivos de pátios residenciais+ 21

A entrada de luz natural, a melhoria das condições de ventilação e a possibilidade de potenciar a ligação com a natureza, sem que isso implique uma perda de privacidade, têm levado os pátios a se tornarem elementos frequentemente adotados e incorporados em muitos projetos arquitetônicos.

Os pátios caracterizam-se por serem áreas abertas ou semicobertas, localizadas no interior de edifícios e têm seus perímetros delimitados por paredes, galerias ou outros elementos. Estes espaços, externos mas contidos, em muitos casos desempenham um papel crucial na configuração e organização do projeto e, em alguns casos, representam a conexão entre os moradores e o exterior.

Estratégias de implantação: 20 casas argentinas vistas de cima

Estratégias de implantação: 20 casas argentinas vistas de cimaEstratégias de implantação: 20 casas argentinas vistas de cimaEstratégias de implantação: 20 casas argentinas vistas de cimaEstratégias de implantação: 20 casas argentinas vistas de cima+ 21

Os pequenos veículos aéreos não tripulados (UAVs), comumente conhecidos como drones, abriram novas possibilidades para o registro de canteiros de obras. A possibilidade de tirar fotografias aéreas torna possível revelar problemas que muitas vezes são difíceis de capturar através de imagens tirada a altura dos pedestres. Semelhante ao que acontece com os desenhos conhecidos como "planta de cobertura", as fotos aéreas mostram mais claramente as decisões do projeto em relação à implantação, orientação, tipologia, relação com o entorno imediato e construções preexistentes, entre outras questões.

Arquitetura em desnível: 10 projetos de casas na Argentina

Arquitetura em desnível: 10 projetos de casas na ArgentinaArquitetura em desnível: 10 projetos de casas na ArgentinaArquitetura em desnível: 10 projetos de casas na ArgentinaArquitetura em desnível: 10 projetos de casas na Argentina+ 22

A diferença de nível é uma ferramenta muito utilizada por arquitetos e arquitetas  para lidar com a topografia de um determinado terreno. Neste caso, os espaços interiores—em seus múltiplos níveis—refletem algumas das principais estratégias utilizadas pelos projetistas para adaptar ou encaixar um edifício na paisagem topográfica. Desta forma, é muito comum encontrarmos edifícios escalonados e volumes suspensos em terrenos de inclinação acentuada. Além desta condicionante física, por assim dizer, defasagens e desníveis também podem adquirir um caráter funcional, permitindo separar espaços sem a necessidade de construir paredes ou barreiras verticais, segmentando o plano horizontal em diversos níveis—elevados ou rebaixados.

Edifício Residencial na Av Lincoln / bakro

Edifício Residencial na Av Lincoln / bakroEdifício Residencial na Av Lincoln / bakroEdifício Residencial na Av Lincoln / bakroEdifício Residencial na Av Lincoln / bakro+ 28

Villa Devoto, Argentina
  • Arquitetos: bakro
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  331
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Abercom, AutoDesk

Escritórios da Empresa Têxtil Soler / Ana Smud

Escritórios da Empresa Têxtil Soler / Ana SmudEscritórios da Empresa Têxtil Soler / Ana SmudEscritórios da Empresa Têxtil Soler / Ana SmudEscritórios da Empresa Têxtil Soler / Ana Smud+ 35

  • Arquitetos: Ana Smud
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  1210
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Alsa carpinterias, Listone Giordano, Pimux

Tijolos de vidro em casas argentinas: iluminação natural e privacidade com blocos translúcidos

Tijolos de vidro em casas argentinas: iluminação natural e privacidade com blocos translúcidosTijolos de vidro em casas argentinas: iluminação natural e privacidade com blocos translúcidosTijolos de vidro em casas argentinas: iluminação natural e privacidade com blocos translúcidosTijolos de vidro em casas argentinas: iluminação natural e privacidade com blocos translúcidos+ 10

Ao criar espaços arquitetônicos, muitos arquitetos concordam que não só é importante, mas também necessário incorporar a luz natural aos interiores, utilizando diferentes estratégias para regular sua quantidade e definir qualidades como sua tonalidade e direcionamento. Apesar disso, em projetos residenciais, onde as exigências de privacidade são geralmente mais altas do que em, por exemplo, edifícios para usos comuns - escritórios, restaurantes, lojas -, ao definir as características dos ambientes, muitos optam por trabalhar com materiais que garantem maiores graus de proteção visual e que diluem o contato com o exterior público - seja através da incorporação de elementos opacos, seja por meio de envoltórios de revestimento e telas. Entretanto, há alguns materiais que garantem a entrada de uma grande quantidade de luz natural controlada durante o dia, mas sem implicar em perda de privacidade.

Casa Viisa / Francisco Farias Arquitecto y Asociados

Casa Viisa / Francisco Farias Arquitecto y AsociadosCasa Viisa / Francisco Farias Arquitecto y AsociadosCasa Viisa / Francisco Farias Arquitecto y AsociadosCasa Viisa / Francisco Farias Arquitecto y Asociados+ 25

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  165
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  ACINDAR, Peirano, aceroperfil

Casa Dique Luján / FRAM arquitectos

Casa Dique Luján / FRAM arquitectosCasa Dique Luján / FRAM arquitectosCasa Dique Luján / FRAM arquitectosCasa Dique Luján / FRAM arquitectos+ 35

  • Arquitetos: FRAM arquitectos
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  100
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Corian® Design, DuPont, Aluar, JOHNSON ACERO, isoland, +1

Pode existir boa arquitetura sem modulação?

Presente na narrativa do Dilúvio no livro do Gênesis, Noé teria construído uma arca após um chamado de Deus, que decidiu inundar e destruir toda a vida na Terra por conta do mau comportamento da Humanidade. Apenas a família de Noé e um casal de cada espécie de animais poderia entrar na enorme embarcação e se salvar. Na bíblia, a arca é descrita com as medidas exatas de 300 côvados de comprimento por 50 de largura e 30 de altura. Esta era uma unidade utilizada na época, baseada no comprimento do antebraço, desde a ponta do dedo médio até o cotovelo. Um holandês que tem se dedicado a construir uma réplica da Arca de Noé, sem sucesso em encontrar um valor correspondente preciso no sistema métrico, utilizou as medidas do seu próprio corpo como o módulo. Modulação na arquitetura quer dizer adaptar o projeto a um módulo definido, geralmente uma medida base ou um material. Seja um metro, um tijolo, um azulejo ou um container, ela serve para facilitar o processo de projeto e torná-lo mais eficiente e sustentável.