Ema Peter

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

O potencial do bambu e da madeira engenheirada para a indústria da construção: entrevista com Pablo van der Lugt

© Woodify
© Woodify

Pablo van der Lugt é arquiteto, autor de livros e palestrante. Sua pesquisa enfoca o potencial de materiais como bambu e madeira engenheirada para o setor da construção civil e seus impactos positivos no mundo. “Ao longo de minha carreira profissional na universidade (incluindo minha pesquisa de doutorado sobre a pegada de carbono de bambu e madeira engenheirada) e na indústria, nos últimos 15 anos, descobri que há muitos conceitos errôneos sobre esses materiais que dificultam sua adoção em larga escala. Por esta razão, eu ‘traduzi’ minhas descobertas de pesquisa em dois livros contemporâneos para designers e arquitetos sobre o potencial do bambu: Booming Bamboo e madeira projetada: Tomorrow’s Timber. Eles visam dissipar esses mitos e mostrar o incrível potencial da última geração de materiais de construção de base biológica na necessária transição para um ambiente de construção circular, saudável e neutro em carbono. ” Recentemente, tivemos a oportunidade de conversar com ele sobre esses temas. Leia mais abaixo.

Casa Ventana / HK Associates Inc

Casa Ventana / HK Associates IncCasa Ventana / HK Associates IncCasa Ventana / HK Associates IncCasa Ventana / HK Associates Inc+ 49

  • Arquitetos: HK Associates Inc
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  325
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Arcadia Inc., Crosswater, Miele, Porcelanosa, Western Window Systems, +1

Galeria Polygon / Patkau Architects

Galeria Polygon / Patkau ArchitectsGaleria Polygon / Patkau ArchitectsGaleria Polygon / Patkau ArchitectsGaleria Polygon / Patkau Architects+ 18

  • Arquitetos: Patkau Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  2100
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2017

A Madeira Laminada Cruzada (CLT) é o concreto do futuro?

O concreto, um material de construção por excelência, nos ofereceu durante décadas a possibilidade de moldar nossas cidades de maneira rápida e eficaz, expandindo-se rapidamente em periferias urbanas ou atingindo alturas antes impensáveis pela humanidade. Atualmente, novas tecnologias de madeira estão começando a oferecer oportunidades semelhantes - e até mesmo superiores - às oferecidas pelo concreto, incluindo a madeira laminada cruzada (também chamada de Cross Laminated Timber ou CLT).

A fim de aprofundar em suas propriedades e benefícios, conversamos com Jorge Calderón, Designer Industrial da Pontifícia Universidade Católica de Valparaíso e Gerente da CRULAMM, que revela algumas das oportunidades promissoras que a CLT poderia oferecer à arquitetura no futuro.

Centro Xiqu / Revery Architecture + RLP

Centro Xiqu / Revery Architecture + RLPCentro Xiqu / Revery Architecture + RLPCentro Xiqu / Revery Architecture + RLPCentro Xiqu / Revery Architecture + RLP+ 49

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  28164
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  AutoDesk, Ducharme, Grasshopper, Kvadrat, McNeel, +10

Casa Sooke 01 / Campos Studio

Casa Sooke 01 / Campos StudioCasa Sooke 01 / Campos StudioCasa Sooke 01 / Campos StudioCasa Sooke 01 / Campos Studio+ 24

Sooke, Canadá
  • Arquitetos: Campos Studio
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  137
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Ashley Norton, Duravit, Marvin, Standing Seam

7 Tendências em madeira para acompanhar em 2020

A história da construção em madeira remonta ao período neolítico, ou potencialmente até mais cedo, quando os humanos começaram a usar madeira para construir abrigos a partir de pequenas peças. O surgimento das primeiras ferramentas de pedra polida, como facas e machados, tornou o manuseio da madeira mais eficiente e preciso, aumentando a espessura das seções de madeira e sua resistência. Ao longo das décadas, a aparência rústica dessas primeiras construções tornou-se cada vez mais ortogonal e limpa, como resultado da padronização, produção em massa e o surgimento de novos estilos e estéticas.

Hoje estamos vivendo outro momento seminal na evolução da madeira. Nutridas e fortalecidas pelos avanços tecnológicos, novos sistemas de pré-fabricação e uma série de processos que aumentam sua sustentabilidade, segurança e eficiência, as estruturas de madeira estão surgindo nos skylines das cidades e, por sua vez, estão reconectando nossos espaços interiores à natureza através do calor, textura e beleza da madeira. Para onde esse caminho nos levará? Abaixo, analisamos 7 tendências que sugerem que esse progresso deve continuar, aumentando as capacidades e a altura dos prédios de madeira nos próximos anos.

Restrições aos arranha-céus de vidro em Nova Iorque. Que materiais alternativos poderiam tomar seu lugar?

Em abril passado, o prefeito Bill de Blasio, de Nova iorque, anunciou planos para introduzir um projeto de lei que proibiria a construção de novos edifícios totalmente envidraçados. Parte de um esforço maior para reduzir as emissões de gases do efeito estufa em 30% da cidade, outras iniciativas incluíram o uso de energia limpa para abastecer as operações da cidade, a reciclagem obrigatória de resíduos orgânicos e a redução da compra de plásticos descartáveis e carne processada. O anúncio ocorreu logo após a aprovação da Lei de Mobilização Climática, uma resposta abrangente ao Acordo Climático de Paris que incluía telhados verdes necessários em novas construções e reduções de emissões em edifícios existentes.

Os melhores artigos do ArchDaily Brasil sobre madeira

Reunimos a seguir uma lista com nossos melhores artigos, notícias e projetos que abordam a partir das mais variadas perspectivas um dos materiais construtivos mais versáteis: a madeira.

House on the Bench / Sturgess Architecture

Naramata, Canadá
  • Arquitetos: Sturgess Architecture; Sturgess Architecture
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  252
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2017

Tutorial: Como construir (ainda) mais alto com madeira

Prédios altos de madeira estão em ascensão. Equipes de projeto em todo o mundo estão aproveitando as tecnologias em constante evolução para criar estruturas cada vez mais altas. A partir do nosso artigo recente que explora o futuro dos arranha-céus, estamos aprofundando as novas tecnologias emergentes de madeira e as vantagens de construir mais alto com madeira. Este tutorial explora como transformar em realidade as estruturas altas de madeira.

Tutorial: Como construir (ainda) mais alto com madeiraTutorial: Como construir (ainda) mais alto com madeiraTutorial: Como construir (ainda) mais alto com madeiraTutorial: Como construir (ainda) mais alto com madeira+ 7

Casa Step / Measured Architecture

Casa Step / Measured ArchitectureCasa Step / Measured ArchitectureCasa Step / Measured ArchitectureCasa Step / Measured Architecture+ 25

Vancouver, Canadá
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  890
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  2Stone, Andlight, Artemide, Bensen, Duravit, +6

Sede da Valve / Clive Wilkinson Architects + JPC Architects

Sede da Valve / Clive Wilkinson Architects + JPC ArchitectsSede da Valve / Clive Wilkinson Architects + JPC ArchitectsSede da Valve / Clive Wilkinson Architects + JPC ArchitectsSede da Valve / Clive Wilkinson Architects + JPC Architects+ 20

Estruturas de madeira são o futuro dos arranha-céus?

Ao longo dos últimos anos, o desenvolvimento de novas tecnologias e o aumento da procura por materiais e sistemas construtivos mais sustentáveis têm impulsionado o uso de estruturas de madeira na arquitetura do século XXI. Sistematicamente, a madeira se firmou como uma alternativa ao concreto e o aço, passando a ser amplamente utilizada também em projetos de arranha-céus e edifícios em altura. Ao longo dos últimos seis anos foram construídos - ou estão sendo construídos - mais de 44 edifícios em altura com estruturas de madeira. Segundo definição do Council on Tall Buildings and Urban Habitat, podem ser considerados arranha-céus edifícios construídos com estruturas de madeira com mais de quatorze pavimentos ou cinquenta metros de altura. Exemplos notáveis já foram notícia aqui no Archdaily Brasil, como o Edifício T3 desenvolvido em parceria entre a Michael Green Architecture e o DLR Group e a Torre HAUT, projetada pelo Team V Architectuur.

Os melhores projetos de arquitetura do mundo em 2019, eleitos pela Time

A lista World's Greatest Places 2019 da revista Time reúne os 100 melhores destinos no mundo para visitar, se hospedar, comer e beber. Selecionados pela equipe global de redatores e correspondentes da revista, os lugares foram avaliados segundo critérios de qualidade, originalidade, inovação, sustentabilidade e influência.

Dentre os lugares selecionados pela Time, reunimos a seguir os projetos de arquitetura que já foram publicados no ArchDaily. Conheça-os a seguir.

Aeroportos: exemplos em plantas e cortes

Aeroportos exigem soluções arquitetônicas que respondam não apenas à eficiência de seus espaços e circulações - tanto operacionais quanto de passageiros -, mas também às previsões de conexão com outros sistemas de transporte e às estratégias de expansão dos terminais.

Veja, a seguir, dez exemplos de aeroportos publicados em nossas plataformas que atendem as altas exigências envolvidas no transporte aéreo. 

Aeroportos: exemplos em plantas e cortesAeroportos: exemplos em plantas e cortesAeroportos: exemplos em plantas e cortesAeroportos: exemplos em plantas e cortes+ 32

Ninho AMS / DIALOG + B+H Architects

Ninho AMS / DIALOG + B+H ArchitectsNinho AMS / DIALOG + B+H ArchitectsNinho AMS / DIALOG + B+H ArchitectsNinho AMS / DIALOG + B+H Architects+ 13

Vancouver, Canadá
  • Arquitetos : DIALOG
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  11700
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2015
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  TAKTL