Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

COURB Brasil

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Legibilidade cidadã e engajamento comunitário: o projeto Passeia, Jardim Nakamura

15:00 - 14 Maio, 2019
Legibilidade cidadã e engajamento comunitário: o projeto Passeia, Jardim Nakamura, Registro da caminhada exploratória realizada ao longo do território. No muro, uma das intervenções visuais realizadas. Registro: Fluxo imagens. Image Cortesia de COURB Brasil
Registro da caminhada exploratória realizada ao longo do território. No muro, uma das intervenções visuais realizadas. Registro: Fluxo imagens. Image Cortesia de COURB Brasil

O projeto Passeia, Jardim Nakamura é uma iniciativa piloto de legibilidade cidadã; onde, ao utilizar-se do engajamento comunitário como forma de estabelecer vínculos, co-criou e implantou, juntamente com os moradores, um sistema de sinalização no bairro Jardim Nakamura, localizado no Jardim Angela em São Paulo/SP. O projeto foi desenvolvido pelo Instituto COURB e o SampaPé!, contando com o apoio financeiro do Fundo Casa Cidades. Com a proposta, se objetivou promover o reconhecimento do bairro pelos moradores, bem como a conquista de maior conforto e segurança nos deslocamentos a pé, o estímulo a conexões na relação com o espaço e a apropriação das histórias locais. O projeto buscou, nessa perspectiva, facilitar a leitura do território, fomentando o reconhecimento das histórias e dos próprios atores do bairro; além de também indicar os lugares mapeados, as distâncias a pé e o recorte territorial.

Construção colaborativa das cidades: Veja como foi o 2º Encontro realizado pelo COURB

14:00 - 6 Dezembro, 2017
Construção colaborativa das cidades: Veja como foi o 2º Encontro realizado pelo COURB, © Thiago Abreu
© Thiago Abreu

Anualmente o Instituto COURB realiza o Encontro de Urbanismo Colaborativo. Este ano, Brasília recebeu o 2º Encontro, entre os dias 19 e 21 de outubro. O evento aconteceu em diferentes partes da cidade e envolveu cerca de 180 pessoas, dentre representantes do poder público e do terceiro setor, professores, estudantes e profissionais de diferentes áreas de atuação, vindos de mais de 15 estados brasileiros. Palestras, debates, oficinas, rodas de conversa, vivências e mutirão possibilitaram aos participantes trocas diversas e intensas. Além disso, a 2ª Mostra de Projetos de Urbanismo Colaborativo, inspirou e celebrou ações desenvolvidas em 4 regiões do país. A equipe premiada por voto dos participantes e que recebeu o apoio de R$1.000,00 do Instituto COURB foi a Cubo Urbano, composta por estudantes de arquitetura e urbanismo de Juazeiro do Norte - Ceará.

Mostra de Urbanismo Colaborativo: conheça os projetos participantes

12:00 - 17 Outubro, 2017

Como mobilizar diferentes atores urbanos na construção coletiva das nossas cidades? A Mostra de Projetos do 2º Encontro de Urbanismo Colaborativo é composta de propostas em diferentes partes do Brasil que buscam solucionar recorrentes desafios nas nossas cidades de maneira colaborativa e criativa. Nos últimos meses, o Instituto COURB realizou uma convocatória aberta de projetos para compor a mostra, e após mapear grupos em todo o território nacional, selecionou 30 iniciativas de urbanismo colaborativo. Destas, 19 estarão presentes no encontro, onde além de terem a oportunidade de serem expostas a todos os participantes do evento, concorrerão ao prêmio de projeto vencedor do 2º Encontro de Urbanismo Colaborativo, a ser escolhido pelos próprios participantes.

De ação colaborativa em comunidade e programa de empoderamento de jovens no Ceará, à guia para a região metropolitana de Belo Horizonte e requalificação de praça no Rio Grande do Sul, as propostas selecionadas buscam o engajamento local e a integração dos diferentes atores na melhoria dos nossos espaços urbanos.

Conheça e inspire-se com as iniciativas que estarão presentes na 2ª Mostra:

Cidade saudável: a relação entre planejamento urbano e saúde pública

14:00 - 24 Julho, 2017
Cidade saudável: a relação entre planejamento urbano e saúde pública, Estação da Luz e arredores, centro de São Paulo/SP. Image © Bárbara Bonetto
Estação da Luz e arredores, centro de São Paulo/SP. Image © Bárbara Bonetto

Texto por Bárbara Bonetto

O potencial de colaboração entre saúde pública e planejamento urbano é enorme. Estas duas áreas são grandes promotoras do bem-estar humano e têm em seu dia a dia vários dos mesmos mecanismos: a avaliação das necessidades locais (diagnóstico), prestação de serviços, gerenciamento de complexos sistemas sociais, atuação a nível populacional e uso de instrumentos participativos, com atenção especial às necessidades das populações vulneráveis.

Infoviabilizando as primeiras cidades digitais do Brasil

14:00 - 12 Dezembro, 2016
Infoviabilizando as primeiras cidades digitais do Brasil, Paisagem de Águas de São Pedro, Brasil. By Eduardo Shiroma (Agente Rolf). (Own work) [CC BY 2.5 (http://creativecommons.org/licenses/by/2.5)], via Wikimedia Commons
Paisagem de Águas de São Pedro, Brasil. By Eduardo Shiroma (Agente Rolf). (Own work) [CC BY 2.5 (http://creativecommons.org/licenses/by/2.5)], via Wikimedia Commons

Por Bruno Ávila

Além de ser uma estância hidromineral, a cidade de Águas de São Pedro – SP com pouco mais de 3 mil habitantes tem algo de diferente de outras localidades do interior. Pela internet e aplicativos de celular, é possível saber de antemão as vagas de estacionamentos disponíveis no centro da cidade e marcar consultas médicas. Estudantes da rede pública de ensino podem acessar materiais escolares e fazer exercícios usando tablets. Pais recebem notas dos alunos por mensagem em seus celulares. Os postes da cidade possuem sensores de presença e reduzem a luminosidade quando não há trânsito de pessoas, o que reduz o consumo de energia elétrica.

COURB divulga projetos selecionados para Mostra de Urbanismo Colaborativo

14:00 - 7 Novembro, 2016
COURB divulga projetos selecionados para Mostra de Urbanismo Colaborativo, Cortesia de COURB / Foto: Coletivo Formigas
Cortesia de COURB / Foto: Coletivo Formigas

A construção das cidades como iniciativa dos próprios cidadãos é, cada vez mais, uma realidade em diversos centros urbanos. Se por um lado esse cenário revela o distanciamento entre o planejamento urbano tradicional, governo local e reais necessidades da população, ele também representa  o empoderamento cidadão na transformação social e urbana.

O Invisível Respeito à Bicicleta nas ruas

14:00 - 6 Outubro, 2016
O Invisível Respeito à Bicicleta nas ruas, © Victor Delaqua
© Victor Delaqua

Texto por Germano Johansson Neto e João Pedro Maciente Rocha 

Pedalando pela cidade é possível perceber, cada vez mais, que embora nós tenhamos muito a evoluir como sociedade ainda, as pessoas se respeitam mais do que a gente pensa. Na maioria das vezes, nós, ciclistas, acabamos nos apegando a uma ou duas buzinadas que recebemos de motoristas impacientes. No entanto, muitas vezes não lembramos das centenas de veículos que cruzam nossos caminhos de forma respeitosa, ultrapassando a bicicleta com distância segura, reduzindo a velocidade, ou pacientemente seguindo-nos até o próximo semáforo. 

10 estratégias para promover mudança a partir da participação social

14:00 - 1 Agosto, 2016
10 estratégias para promover mudança a partir da participação social, Imagem ilustrativa Projeto Ativa Ilhéus. Image via Acervo COURB
Imagem ilustrativa Projeto Ativa Ilhéus. Image via Acervo COURB

Texto por Lis Cavalcante e Mariana Morais

É possível promover mudança a partir da participação social? Se olharmos em volta, veremos que nossas cidades são construídas também pelas mãos das suas comunidades. Ao mesmo tempo, vemos que planejadores muitas vezes não contemplam as necessidades da população, impondo estruturas urbanas dissociadas das realidades em que trabalham. Como podemos unir o saber técnico ao conhecimento e experiência dos seus usuários, construindo cidades de maneira mais colaborativa?

Mulheres no espaço urbano: como fazer cidades melhores para elas?

14:00 - 4 Julho, 2016
Mulheres no espaço urbano: como fazer cidades melhores para elas?, © Tatiane Melo
© Tatiane Melo

Texto por Mariana Morais e Bruno Avila

Mulheres segregadas em vagões de metrôs exclusivos; locais coletivos que reprimem a necessária amamentação; dominação masculina nos espaços públicos. Uma sociedade excludente produzirá cidades excludentes. Quem nunca ouviu que “rua não é lugar de menina”? As conquistas do espaço das mulheres na nossa sociedade podem ser recentes, mas a necessidade de melhorar o modo como as cidades as acolhem é urgente.