III Concurso Estudantil de Acústica Conrado Silva - III CACS

III Concurso Estudantil de Acústica Conrado Silva - III CACS

Inspirados pelo legado de Conrado Silva, este Regulamento lança as bases para o III Concurso Estudantil de Acústica Conrado Silva - CACS, no XXX Encontro da Sociedade Brasileira de Acústica - SOBRAC, que ocorrerá de 19 a 22 de novembro de 2023, em Natal/RN.

Com o concurso, a Sobrac objetiva contribuir para o despertar da atenção à acústica entre os estudantes de cursos de graduação, além de incentivar a qualidade técnica, a criatividade e a inovação nas soluções acústico-arquitetônicas para o problema proposto. Assim sendo, objetiva-se contribuir para a consolidação da importância das múltiplas interfaces da acústica na comunidade acadêmica.

Para esta edição do III CACS, elegeu-se a temática “Qualidade acústica do espaço escolar: ênfase nos ambientes de aprendizagem”. A acústica em ambiente escolar é algo que precisa ser priorizado urgentemente. Ruído em excesso no ambiente educacional compromete seriamente a saúde dos professores e alunos, tanto do ponto de vista físico quanto mental, trazendo consequências, tais como baixo nível de compreensão da fala, perda da atenção, perda da concentração e da voz, fadiga, instabilidade psicológica, comportamento agressivo, entre outros. Assim, o III CACS vem contribuir para a reflexão da qualidade destes espaços.

O tema “acústica em espaço escolar” vem sendo estudado no Brasil há décadas, sendo possível encontrar inúmeras publicações nos Anais dos Encontros da Sociedade Brasileira de Acústica e na Revista Acústica e Vibrações. Nessas publicações, pesquisas que abordam aspectos quantitativos e qualitativos de diferentes ambientes escolares evidenciam a relevância dos cuidados com o ambiente sonoro para uma maior atenção com a inteligibilidade nos projetos de condicionamento acústico. Muitos desses resultados indicam o precário controle do tempo de reverberação comprometendo drasticamente as condições de aprendizagem em ambientes internos. Esse tema, portanto, insere-se em uma problemática contemporânea para a qual são requeridos conhecimentos específicos de acústica na solução de questões mais abrangentes do projeto do ambiente construído.

Sabe-se que do ponto de vista funcional, a escola é um ambiente complexo e que possui diversos setores. Porém, dentre eles, os “ambientes de aprendizagem”, assim denominados no Manual de Orientações Técnicas do Fundo Nacional de Desenvolvimento Escolar - FNDE (Volume III), é certamente um dos que merecem maior atenção e resolutividade acústica. O manual mostra preocupação com o isolamento acústico adequado das vedações verticais e cobertura da edificação escolar. Para tal, o manual destaca alguns valores com base na ABNT NBR 15.575/2013. Entretanto, nada é indicado nem alertado quanto ao condicionamento acústico, sobretudo nos ambientes de aprendizagem.

Por outro lado, o Manual ProAcústica para Qualidade Acústica em Escolas (2019) apresenta informações claras a respeito dos critérios técnicos e boas práticas na elaboração do projeto acústico para o tema proposto, além de se aprofundar em questões relevantes para o condicionamento acústico, tais como inteligibilidade da fala e tempo de reverberação. Outros autores se dedicam a estudar o projeto do ambiente escolar e podem contribuir com a temática do concurso, como a Professora Doris C. C. K. Kowaltowski (2011), com o seu livro “Arquitetura escolar: o projeto do ambiente de ensino”.

Dessa forma, a ideia para o III CACS é desenvolver uma proposta de uma escola para os anos finais do ensino fundamental, do 6º ao 9º ano (Fundamental II), para alunos entre 11 e 14 anos. Essa proposta deve partir de um plano de massas/volumetria da escola como um todo, contendo alguns setores mínimos indicados pelo FNDE. Posteriormente, deverá ser feito um anteprojeto do setor de aprendizagem e escolhidos 3 ambientes deste setor para os projetos básicos de condicionamento sonoro.
Entende-se por plano de massas o estudo preliminar, quando se define a estrutura básica dos espaços a serem produzidos, suas características de uso, forma, caminhos e conexões, de modo a se compreender a proposta volumétrica do projeto (ver Anexo 1). Os setores mínimos a serem contemplados no plano de massas da escola são: administrativo, aprendizagem, serviços, pátio e circulações. Além disso, é importante pensar acusticamente o projeto, desde a sua inserção no contexto urbano/lote, observando a setorização, a funcionalidade, prestando atenção às áreas críticas como quadras e pátios e protegendo os setores sensíveis como os ambientes de aprendizagem.

Quanto ao setor de aprendizagem, que deverá ser elaborado em nível de anteprojeto (ver Anexo 2), precisa conter no mínimo os seguintes ambientes: quatro (4) salas de aula de 25 a 30 lugares; uma (1) sala multiuso de 25 a 30 lugares, um (1) laboratório de informática de 15 a 20 lugares; uma (1) biblioteca ou sala de leitura de 20 a 40 lugares; e um (1) auditório de 100 a 120 lugares.
A principal intenção do concurso é promover e difundir a elaboração de soluções projetuais para a qualidade acústica de espaços internos, por meio de projetos que evidenciem soluções na forma (geometria da sala), nos materiais e dispositivos para a qualificação acústica de salas. Assim, deverão ser selecionados três (3) ambientes do setor de aprendizagem - sendo uma sala de aula, o auditório e um ambiente de sua escolha - para o projeto do condicionamento acústico (ver Anexos 3 e 4). Os ambientes deverão ter o condicionamento acústico resolvido exclusivamente com o material dos três patrocinadores do concurso, sendo um patrocinador por ambiente, ou seja, não poderão ser utilizados produtos de mais de um patrocinador no mesmo ambiente.

Os patrocinadores do III CACS são as seguintes empresas, que possuem materiais para condicionamento acústico: Ecophon Saint-Gobain, Técnica Soluções Acústicas e Trisoft.

Por fim, a equipe deverá apresentar uma proposta projetual totalmente nova (propostas de reformas de ambientes pré-existentes não serão aceitas). O sítio/local de implantação da escola é de livre escolha da equipe participante, desde que seja um local existente e situado no Brasil. Situações projetuais em sítios/locais hipotéticos não serão consideradas válidas.

Baixar as informações relacionadas com este concurso aqui.

  • Título

    III Concurso Estudantil de Acústica Conrado Silva - III CACS
  • Tipo

    Divulgação de concursos (ideias)
  • Website

  • Organizadores

    Sociedade Brasileira de Acústica - Sobrac
  • Prazo de inscrição

    21 de Agosto de 2023 12:00 AM
  • Prazo para envio

    20 de Outubro de 2023 12:00 AM
  • Onde

    UFRN
  • Preço

    Grátis

Este concurso foi enviado por um leitor do ArchDaily. Se você quer enviar um concurso, chamada de trabalhos ou outra "oportunidade" por favor, use o formulário "Enviar um Concurso". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "III Concurso Estudantil de Acústica Conrado Silva - III CACS" 27 Fev 2023. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/997106/iii-concurso-estudantil-de-acustica-conrado-silva-iii-cacs> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.