Reforma da Casa Toupeira / Adjaye Associates

Reforma da Casa Toupeira / Adjaye Associates

© Ed Reeve© Ed Reeve© Ed Reeve© Ed Reeve+ 14

  • Arquitetos: Adjaye Associates
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  256
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fotógrafo Fotografias:  Ed Reeve
  • Engenharia Estrutural:Alcock Lees Partnership Ltd.
  • Hidráulica E Mecânica:Parry Page
  • Cidade:London
Mais informaçõesMenos informações
© Ed Reeve
© Ed Reeve

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Casa Toupeira é uma casa de três pavimentos que se divide entre espaços de estar e de trabalho, localizada no coração de Hackney, no Reino Unido, e projetada como uma residência unifamiliar para a artista contemporânea Sue Webster. O projeto surgiu como um exercício de escavação e retenção, contando com a visão da artista para a nova casa sendo fortemente ligada à história e à estrutura do edifício original. A casa, originalmente vitoriana, foi deixada vazia e abandonada após um arrendamento de 40 anos, mantido por um residente conhecido localmente como "Homem Toupeira de Hackney".

© Ed Reeve
© Ed Reeve

Conhecido por ter passado anos cavando uma rede de túneis sob a propriedade, suas décadas de escavações orgânicas renderam um sistema subterrâneo de passagens multidirecionais. Com a extração tendo comprometido seriamente a integridade estrutural da casa, a construção foi eventualmente apreendida. Os túneis foram tampados com concreto aerado para restabelecer a segurança estrutural e mais de 33 toneladas de entulho foram removidas do local. Webster foi atraída pelo potencial da propriedade e cativada por suas camadas acumuladas de história - tanto arquitetônica quanto social.

© Ed Reeve
© Ed Reeve

O resultado desta adaptação celebra o legado deste lugar único, preservando a autenticidade com novas adições que delineiam os elementos existentes. O projeto nasce de um exercício arqueológico, uma revelação gradual do tempo através do processo de escavação - um desenterramento de até 2.000 toneladas de concreto de enchimento revelando vários anos de história doméstica fossilizada.

© Ed Reeve
© Ed Reeve
© Ed Reeve
© Ed Reeve

O edifício restaurado ocupa um terreno triangular e foi expandido no nível do subsolo, oferecendo espaços de estar, cada um rodeado por um jardim paisagístico rebaixado ao longo de seu perímetro. Existem várias entradas para a casa, um reflexo dos túneis desenterrados. Duas dessas entradas são diretamente acessíveis a partir da entrada de automóveis e da Mortimer Road, uma leva ao estúdio no andar térreo e a outra para a área de estar da casa. Há também uma entrada para a casa através de uma escada que leva ao jardim da frente e, eventualmente, ao estúdio e jardim nos fundos. Com esta escavação cuidadosa e metódica, pode-se vivenciar os pedaços de história descobertos, momentos de uma época anterior, que vão sendo expostos ao caminhar pelo jardim.

© Ed Reeve
© Ed Reeve

Externamente, a camada de alvenaria original foi preservada, com 15.000 tijolos recuperados, usados para suplantar áreas de danos excessivos. Os acabamentos externos são mantidos, expressando a aparência abandonada de um bunker. Novas janelas de concreto, delimitadas por molduras de bronze, se projetam sob uma faixa de concreto, cortando horizontalmente a altura da casa.

© Ed Reeve
© Ed Reeve
© Ed Reeve
© Ed Reeve

Internamente, uma estrutura de concreto em forma de cruz no centro da casa divide cada andar em quatro zonas, suportando novas lajes e reforçando as antigas paredes externas. As paredes e pisos internos originais foram removidos completamente, tendo desmoronado ou erodido. Uma parede partidária existente que antes dividia a propriedade em duas casas também foi demolida, criando um espaço mais amplo, flexível e unificado. Os volumes internos são caracterizados por uma paleta de materiais mínima de concreto exposto e madeira, com uma escada em balanço que desce para um estúdio no porão cheio de luz. O piso superior, que foi fortemente reforçado após danos de incêndio e corrosão, é perfurado por uma grande abertura zenital. 

© Ed Reeve
© Ed Reeve

A luz natural permeia toda a residência, filtrada pelas janelas de altura total e portas que revestem cada andar. O edifício foi escavado abaixo do nível da rua, solidificando as fundações existentes e proporcionando um amplo espaço de estar. Uma laje substitui o telhado inclinado original do edifício, proporcionando contraste de material com o tijolo externo, enquanto conversa tonalmente com a janela e os caixilhos das portas, bem como a cerca introduzida no jardim. 

© Ed Reeve
© Ed Reeve

A Casa Toupeira demonstra uma visão combinada entre o cliente e o arquiteto que enaltece as histórias urbanas, táteis e pessoais. Sua abordagem de projeto é definida pela restauração do material e funcionalidade da casa. 

© Ed Reeve
© Ed Reeve

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Reforma da Casa Toupeira / Adjaye Associates" [Mole House / Adjaye Associates] 07 Mai 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/961293/reforma-da-casa-toupeira-adjaye-associates> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.