M Campus / AIM Architecture

M Campus / AIM Architecture

© Dirk Weiblen© Dirk Weiblen© Dirk Weiblen© Dirk Weiblen+ 20

  • Arquitetos de interiores: AIM Architecture
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  70714
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fotógrafo Fotografias:  Dirk Weiblen
  • Arquitetos Responsáveis:Wendy Saunders e Vincent de Graaf
  • Gestores De Projeto:Danyang Wang e Min Yan
  • Arquitetos De Projeto:Javier Paz Taibo, Wanshu Zhou e Xiuzhi Hu
  • Equipe De Projeto:Jovana Petrovic, Jamie Fernandez Rosa, Chen Ding, Yan Jiao, Chen Lian, Chao Liu, Jing Qin, Le Tian, Weizong Wang, Difeng Zhou
  • Design De Interiores:Arpad Bercek, Byungmin Jeon, Michael Hankiewicz,Peichin Li,Sowon Lee, Haiwen Deng, Xiaoming Huang, Xin Li, Xingheng Wu, Baoer Wangyou
  • Paisagismo:AIM Architecture
  • Construção:Shanghai Shunjie Construction (Group) Limited Company
  • Colaboradores:East China Architectural Design & Research Institute Co., Ltd.
  • Execução De Fachada:BRIGHT. Intelligent Curtain Wall Co., Ltd.
  • Cidade:Xangai
  • País:China
Mais informaçõesMenos informações
© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen

Descrição enviada pela equipe de projeto. Quando pensamos em um edifício corporativo, na sede de uma grande empresa, logo nos vem a mente a imagem de um edifício marcante, uma torre alta em uma movimentada avenida de uma grande cidade. E o que aconteceria se decidíssemos implantar a sede de uma importante companhia em uma zona periférica, no meio do caminho entre a cidade e o campo? Quais seriam as vantagens de tal escolha? Passamos anos indo e voltando à estas perguntas, nos questionando se valeria a pena tentar. Finalmente, a oportunidade pela qual estivemos esperando por tanto tempo chegou e bateu à nossa porta. Já em nossos primeiros encontros com o cliente, rapidamente percebemos que eles também estavam lidando com estas mesmas questões. Eles nos procuraram com a intenção de construir uma nova sede para a sua empresa, um edifício capaz de celebrar e evocar o espírito da marca. “Seja diferente, diz o mote da empresa. Como que vindo ao encontro de nossas próprias intenções projetuais, incorporamos este lema como uma espécie de mantra durante todo o processo de projeto. A nova sede que estávamos projetando seria um edifício diferente, capaz de criar coesão entre duas identidades contrastantes—a nova China urbana e moderna e aquela rural e tradicionalista. 

© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen

Desde a sua fundação, a empresa tem operado sob este mesmo tema, buscando proporcionar uma maior diversidade de opções para seus clientes. Como uma das mais importantes marcas de moda da China, a empresa foi a principal responsável por romper com o paradigma consumista no país em meados dos anos 1990, desenvolvendo uma nova linha de vestuário que tornou acessível a moda européia à classe trabalhadora chinesa. O desafio deste projeto entretanto, não era apenas edificar uma nova sede corporativa que refletisse estes princípios, mas construir um futuro mais sustentável para a própria marca. Abrindo caminho em uma das últimas linhas de frente ainda pouco desenvolvidas nas novas áreas de expansão urbana da cidade de Xangai, entre o parque temático da Disney, o Aeroporto de Pudong e o coração da metrópole, o projeto evoluiu lentamente, tornando-se mais consciente de seu contexto específico para no fim, encaixar-se de forma muito delicada e precisa em meio a paisagem natural da periferia da cidade de Xangai. Nosso principal papel, para atingir este objetivo, estava em equalizar os fortes contrastes que se apresentaram ao longo do caminho. Como resultado disso, surge este projeto que parece só fazer sentido neste lugar e que parece dizer: “seja bem vindo, seu lugar é aqui”.

O M Campus, como foi chamado, foi então dividido em dois âmbitos—aquilo que chamamos de paisagem dura e macia. Enquanto a paisagem macia se refere ao domínio da natureza, do desenvolvimento urbano e da sustentabilidade, a paisagem chamada de dura concerne à própria arquitetura, uma série de edifícios que acolhem não apenas a sede da empresa, mas também uma biblioteca, um centro de treinamento e uma espécie de pequeno hotel além de moradias. Para o projeto dos edifícios buscamos inspiração nas texturas da paisagem, nos pequenos vilarejos da China rural e de suas casas-pátio mais tradicionais. A natureza da paisagem construída na China rural é então incorporada ao projeto através do uso de tijolos de demolição, os quais criam um vínculo físico para com a materialidade da paisagem rural onde estes edifícios encontram-se inseridos. No centro disso tudo implantamos um pequeno lago, ao redor do qual se desenvolve um percurso contemplativo situado no meio do caminho—e que opera como uma ponte—entre a paisagem rural e urbana.

© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen

A paisagem natural—com suas árvores e o lago—opera como um elemento do conexão entre o ambiente suburbano e rural, criando uma nova categoria de espaço de trabalho entre estes dois âmbitos.

© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen

Paralelamente ao espaço aberto do lago, criamos uma área de maior densidade. O cliente idealizava o novo campus da empresa não apenas como um lugar de trabalho, mas um novo bairro para se viver próximo à natureza. Ocupando praticamente um terço da área construída, estes espaços foram projetados de forma a confundir ainda mais os limites entre o que é considerado espaço corporativo e o que é simplesmente paisagem e natureza. Incorporamos alguns elementos típicos que compõe a textura da cidade: hotéis e centros de conferências, espaços comerciais, escritórios, apartamentos e até um museu dedicado à história da moda na China.

© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen

Separadamente, os edifícios são singulares, modestos e contrastantes entre si. Isso porque o campus foi concebido para ser tão diversificado quanto as pessoas que ali trabalham e vivem. Tomados em conjunto, a justaposição deste centro comercial urbano de alta densidade com serenos pátios arborizados e tijolos reaproveitados provocam uma espécie de tensão que faz deste lugar, um espaço único e genuíno.

© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen

Cada elemento que compõe este projeto é testemunho do poder das identidades que eles evoca. Em seu conjunto, o M Campus é uma celebração visual da diversidade das próprias paisagens chinesas.

© Dirk Weiblen
© Dirk Weiblen

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Xangai, China

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "M Campus / AIM Architecture" [M Campus / AIM Architecture] 17 Nov 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/951440/m-campus-aim-architecture> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.