Albergue Bamboo China / Studio Anna Heringer

Albergue Bamboo China / Studio Anna Heringer

© Jenny JI© Jenny JI© Jenny JI© Julien Lanoo+ 33

  • Arquiteta Responsável:Anna Heringer
  • Equipe Anna Heringer:Stefano Mori, Karolina Switzer, Wayne Switzer, Yu Xi
  • Cliente/Investidor:Municipality of Longquan, China
  • Construtora Principal:Shanghai Kangye Construction & Decoration Co.,Ltd
  • Consultoria Estruturas De Terra:Martin Rauch
  • Consultoria Estruturas De Bambu:Emmanuel Heringer
  • Consultoria Em Sistema De Aquecimento:Harald Mueller, Franz Petermann
  • Consultoria Em Sistema De Energia:Prof. Klaus Daniels
  • Cidade:Lishui
  • País:China
Mais informaçõesMenos informações
© Julien Lanoo
© Julien Lanoo

Descrição enviada pela equipe de projeto. Em três anos (2011-2014), a China consumiu mais cimento do que os EUA durante o século passado. A maioria das pessoas que agora moram em blocos de concreto viviam em casas feitas de materiais naturais. Essa tendência acontece em todo o mundo. Alternativas são necessárias para reduzir as emissões de CO2.

Plantas e Cortes
Plantas e Cortes

Estes 3 albergues mostram que os materiais tradicionais e naturais podem ser usados de formas contemporâneas: ao contrário de muitas casas tradicionais que escondem estruturas de terra por trás de fachadas falsas, este projeto celebra a beleza dos materiais naturais. O uso de materiais locais não padronizados levará maior diversidade às regiões urbanas e rurais, promoverá uma economia justa - por meio da criação de empregos - e preservará o ecossistema do nosso planeta.

© Jenny JI
© Jenny JI

Este projeto fez parte da Bienal Internacional Longquan sob a proposta de construí-lo em bambu. Para tal, 12 arquitetos foram convidados à desenvolver estruturas permanentes. 

© Jenny JI
© Jenny JI

Nosso estúdio foi encarregado de 2 albergues e 1 casa de hóspedes. A estrutura dos albergues é formada por um núcleo de pedra e taipa. O núcleo hospeda todas as instalações e as escadas. Anexadas a ele estão as unidades de dormir que, por sua vez, são projetadas como abajures chineses que escurecem à noite. Em torno delas está uma estrutura expressiva de bambu trançado.

© Jenny JI
© Jenny JI

Em geral, tendemos a pensar que sustentabilidade se trata de escassez. Mas a essência da natureza não é limitação. Esses excelentes materiais de construção, bambu e terra, existem em abundância. Fazem sentido tanto do ponto de vista econômico quanto ecológico, são saudáveis para as pessoas e para o planeta. Essas edificações são uma declaração de que sustentabilidade é sinônimo de qualidade de vida e da celebração dos vastos recursos da natureza.

Casa de Hóspedes - Corte
Casa de Hóspedes - Corte

As técnicas aplicadas de tecelagem de bambu e taipa de pilão exigem muito trabalho, desafiam as habilidades dos artesãos locais e deixam a maior parte dos lucros para a comunidade.

© Jenny JI
© Jenny JI

O projeto quer se reconectar com a autenticidade dos bens culturais moldados a partir de características materiais, como a resistência à flexão do bambu, e com a rica tradição artesanal da China, como a cestaria. Uma das identidades culturais do Baoxi são os vasos de cerâmica. Essas foram as inspirações por trás das formas.

© Jenny JI
© Jenny JI

O sistema de energia é baseado em fontes diretas e "arcaicas" como fogo e sol, vento, sombra, plantas e o conceito de minimizar os espaços condicionados. Em vez de fazer um grande esforço econômico e de recursos naturais para controlar o clima de todas as edificações, apenas o núcleo - que hospeda as despensas - e os "casulos" são termicamente controlados. Eles são protegidos da chuva e têm opções de aquecimento ou resfriamento em um nível de tecnologia muito baixo. O fogo é utilizado como fonte de aquecimento através de um forno eficaz que também aquece a água dos chuveiros apoiados por coletores solares, criando um ambiente aconchegante nas salas comuns.

Albergue M - Corte
Albergue M - Corte

Com os recursos limitados de nosso planeta, não podemos fornecer a 7 bilhões de pessoas um habitat apropriado feito apenas de materiais industrializados. O uso de materiais naturais é vital para permitir um desenvolvimento sustentável e justo. Este projeto pode servir de modelo para uma construção simples, mas com significado e acreditando no ‘poder encantador’ que reside na autenticidade dos materiais naturais.

© Jenny JI
© Jenny JI

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Baoxixiang, Longquan, Lishui, Zhejiang, China

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Albergue Bamboo China / Studio Anna Heringer" [Bamboo Hostels China / Studio Anna Heringer] 09 Nov 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/950967/albergue-bamboo-china-studio-anna-heringer> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.