6 maneiras de melhorar o projeto com uma porta pivotante

6 maneiras de melhorar o projeto com uma porta pivotante

Portas pivotantes não são portas ordinárias. No passado, costumavam ser um incômodo para instalar e, quando no lugar, muitas vezes não funcionava bem. Atualmente, empresas como a FritsJurgens incorporaram tecnologias que melhoram as ferragens dessas portas, com instalação fácil e permitindo versatilidade e criatividade no design. Mas de que forma uma porta pivotante pode melhorar o seu design de interiores?

  • Movimento
  • Materiais, tamanhos e pesos ilimitados
  • Passagens secretas e portas escondidas
  • Portas à prova de som
  • Paredes divisórias
  • Portas de entrada

Movimento

O fundamental para as portas pivotantes é seu movimento. Se você já viu uma se movendo, sabe que a diferença com uma porta com dobradiças regular é enorme. Uma porta pivotante gira em um eixo vertical, determinado pela posição do sistema de dobradiça pivô e o pivô superior. Isso torna o movimento da porta muito elegante. A empresa FritsJurgens aperfeiçoou o controle do movimento das portas com sua linha de dobradiças pivotantes e lançou recentemente a tecnologia FlowMotion, que não apenas melhora sua aparência, mas também a experiência do usuário.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

A tecnologia FlowMotion da gama System M da FritsJurgens centra-se no movimento da porta, adicionando a experiência da porta ao design.

Materiais, tamanhos e pesos ilimitados

Uma porta pivotante pode ser feita de qualquer tipo de material. De madeira a mármore, vidro ou metal, a dobradiça correta expande as possibilidades de design, com o peso da porta podendo atingir os 500 kg sem problemas. A altura é ilimitada, e é possível, por exemplo, incorporar uma porta de mármore até ao teto. Desde que haja espaço na porta para o sistema de dobradiça pivotante, o design pode assumir uma infinidade de aparências e dimensões.

7 metros de altura e 500 kg cada - portas pivotantes maciças no Atrium em Amsterdã. Projeto de MVSA Architecten.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Esta porta pivotante de entrada foi revestida com cobre, cujo aspecto rústico vai mudando com o tempo. Projeto de Coppice Joinery.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Até o mármore pode ser um material adequado para uma porta pivotante. Este banheiro foi totalmente feito no material. Projeto de Exceptis Interior Design.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

O vidro e a madeira podem ser uma combinação bonita e aconchegante. Projeto de Vahle Doors.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

O aço pode ser combinado com vários materiais, como o vidro. Em uma parede de aço e vidro, uma porta pivotante sem moldura como esta quase desaparece. Projeto de Csamay.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Passagens secretas e portas escondidas

As portas com dobradiças regulares geralmente apresentam muitas linhas visíveis, causadas pelas molduras das portas. Uma das características interessantes de uma porta pivotante é que as molduras e maçanetas não são necessárias. Isso significa que a porta pode ser escondida dentro de uma parede, criando uma atmosfera limpa e calma. Há sistemas de dobradiças pivotantes que ficam escondidos dentro da porta, mostrando apenas um painel de piso a teto, sem nenhuma distração visual. Imagine projetar uma passagem oculta, por exemplo, por meio de uma estante giratória.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

A parede de estante é uma passagem oculta entre um escritório e a sala de estar. Projeto de Hoek en de Wit architecten.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Esta porta pivotante foi coberta com o mesmo material da parede, tornando-a quase invisível quando fechada. Projeto de Taouk Architects.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

A escada para este apartamento é quase invisível da cozinha, criando um único grande espaço sem distrações. Projeto de FADD Architects.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Portas à prova de som

Devido aos muitos materiais diferentes que você pode escolher ao projetar uma porta pivotante e ao pequeno espaço ao redor da porta, eles também podem ser facilmente feitos à prova de som. O interior da porta pode ser isolado ou o exterior pode ser coberto com um material de absorção de som, como o feltro. Isso é muito útil ao projetar em espaços públicos, como escritórios, mas também pode ser um ótimo complemento para o interior de uma casa de família.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

No novo Forum em Groningen, Holanda, um espaço de estudo pode ser fechado por grandes portas pivotantes à prova de som. Projeto de NL Architects.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Uma fileira de portas pivotantes altas à prova de som divide dois espaços de estudo em TU Delft, uma universidade na Holanda. Projeto de GRUPO A.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Paredes divisórias

As portas pivotantes são basicamente partes giratórias da parede. Quando o sistema de dobradiça pivô é colocado no meio da parede, uma porta pode se tornar uma grande divisória. Quando aberto, um espaço é conectado e a porta pivotante torna-se parte do interior. Quando fechada, a porta toma seu lugar como parte da parede e quase não é notada. Combine essa ideia com vidro e aço ou uma porta à prova de som, e o valor agregado ao design é enorme.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Este resort em Jacarta faz uso inteligente de uma parede giratória, com um belo design multicolorido em ambos os lados. Projeto de Linvisibile.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Este centro de tênis também pode ser reservado para conferências e reuniões. É por isso que essas paredes giratórias à prova de som são um ótimo complemento para o espaço. Projeto de Royal Haskoning architecten.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Portas de entrada

As portas pivotantes funcionam bem para entradas grandiosas que se encaixam perfeitamente em qualquer tipo de edifício. Imagine abrir uma porta de 7 metros de altura para receber seus convidados. Há apenas alguns sistemas de dobradiça pivotantes no mercado que são adequados para uso externo. A dobradiça do Sistema M + da FritsJurgens, por exemplo, tem um recurso que é feito para portas com parafusos de travamento, chamado Controle de Trava, que adiciona à natureza de fechamento automático da dobradiça e garante que a porta sempre feche corretamente. Esta dobradiça também pode ser combinada com detalhes repelentes de correntes de ar e de umidade, como uma vedação de queda automática, que é crucial para portas externas.

Portas pivotantes externas ou de entrada podem ser feitas de todos os tipos de materiais, como esta de aço pintado de preto. Projeto de Castle Wood Doors.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

HPL dá uma aparência suave e limpa. A alça de madeira é um toque quente e confortável. Projeto de Strakk Interieurbouw.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

O vidro e o aço são ótimos materiais para uma porta pivotante externa, especialmente em uma fachada de vidro. Porta por Harryvan Kozijnen.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Um pouco diferente - uma moldura cor de cobre em uma porta pivotante externa de vidro. Projeto de Jeroen van Zwetselaar.

Courtesy of FritsJurgens
Courtesy of FritsJurgens

Text Message Html

Cita: "6 maneiras de melhorar o projeto com uma porta pivotante" [6 Ways to Enhance your Design with a Pivot Door] 12 Out 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/948713/6-maneiras-de-melhorar-o-projeto-com-uma-porta-pivotante> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.