Casa NH / Atelier Daniel Corsi + Dani Hirano

Casa NH / Atelier Daniel Corsi + Dani Hirano

© Nelson Kon© Nelson Kon© Nelson Kon© Nelson Kon+ 62

Itatiba, Brasil
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  386
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Nelson Kon
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Portobello, Assoalho São Miguel, Cerâmica Atlas, Clami, Concrefit, Deca, Divanni Decor, Estúdio Bola, FRANKE, Fernando Jaeger, Ideal Esquadrias, Impertop, Lesco, Metalferco, Pedra cor, Suvinil, Tekhouse, WGR Iluminação
  • Arquiteto Responsável:Daniel Corsi
  • Colaboradores:Fabio Ligotti Carneiro, Thiago Maurelio, Tatiana Otani Nishi, Gabriela Meyer Torres, Julia Urquijo Lazcano, Bruno Suman
  • Maquete:Fabio Ligotti Carneiro
  • Construção:Taguá Engenharia
  • Gerenciamento:JSA Engenharia
  • Projeto Estrutural E Instalações:Reyolando Brasil
  • Paisagismo:Gabriela Ornaghi, Roberto Riscala
  • Interiores:Fernanda Castilho
  • Luminotécnica:Daniel Corsi, Dani Hirano
  • Climatização:Logitec
  • Serralheria:Cimar Estruturas Metálicas
  • Marcenaria (Projeto):Daniel Corsi, Dani Hirano
  • Marcenaria:Marcenaria VIP
  • Cidade:Itatiba
  • País:Brasil
Mais informaçõesMenos informações
© Nelson Kon
© Nelson Kon

Descrição enviada pela equipe de projeto. Uma casa deve guardar um mundo próprio. Por meio de seus espaços e caminhos descortinar paisagens nas suas contemplações, mistérios nas suas intimidades, silêncios em seus vazios. Uma casa deve construir lugares. Buscamos aqui um conjunto de experiências perceptivas e singulares do habitar, uma diversidade de espaços que nos levassem da contemplação coletiva à introspecção e que seus habitantes pudessem desfrutar da bela geografia ao redor, intensificando as relações entre si e o lugar que os envolve.

© Nelson Kon
© Nelson Kon
Planta - Cobertura
Planta - Cobertura

Situada num terreno privilegiado pela esquina essa casa faz uso de suas duas frentes para se organizar e revelar. Sua síntese compositiva tem dois momentos: um volume monolítico ancorado à terra e um conjunto de planos perpendiculares levemente suspensos. O primeiro irrompe da topografia, o segundo paira sobre ela.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

Como se esculpido de dentro para fora, o volume principal possui vazios que vão desde o pátio de acesso – desenhado não como uma porta, mas como uma transição entre o mundo exterior e o interior – à uma sequência de espaços que acolhem grande parte do programa tradicional de uma casa. Outras subtrações se revelam gradualmente em seu interior associando-se à uma espécie de ‘ode à janela’ em que se transformam suas fachadas: inúmeras aberturas de diferentes tamanhos, camadas e funcionamentos enquadram a paisagem ao redor trazendo-a para dentro e criando quadros vivos a todo instante em que se circula em seu interior.

© Nelson Kon
© Nelson Kon
Planta - Pavimento Térreo
Planta - Pavimento Térreo
© Nelson Kon
© Nelson Kon

O segundo momento da construção se define por dois grandes planos, um horizontal e outro vertical. Nele se estende o estar central, ainda interior, mas que se abre plenamente para o conjunto de espaços exteriores. Uma sucessão de pátios e jardins organizam diferentes relações com a paisagem e dimensões de convívio que configuram: do pátio frontal que mira para as montanhas, ao pátio interno que se desenha como uma praça, vemos a vida em família poder acontecer. Ensolaradas ou sombreadas, secas ou verdes, com diferentes tipos de vegetação e água, essas praças, assim como o terraço elevado na cobertura da sala central, acumulam as possibilidades de convívio de uma casa.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

Sua materialidade se define por um sistema estrutural de concreto armado e uma série de dispositivos leves em aço e madeira ecológica que recobrem as fachadas do volume principal conferindo-lhe uma proteção térmica substancial como sistema de fachada dupla ventilada. Esses recursos possibilitam as várias venezianas e aberturas que flexibilizam o controle da privacidade, ventilação natural, luminosidade e visuais. No exterior, dois grandes painéis metálicos basculantes apresentam a mesma versatilidade podendo manter-se na vertical (definindo o plano de divisa) ou na horizontal (gerando zonas de sombra para os pátios internos como grandes guarda-sóis controlados de modo manual e leve por meio de seus contrapesos).

© Nelson Kon
© Nelson Kon
Corte AA
Corte AA
© Nelson Kon
© Nelson Kon

Por fim, a luz natural se revela como um elemento onipresente. A natureza maciça da construção vai revelando aberturas para os horizontes, céu e chão, paisagens sempre enquadradas por pátios e janelas que a todo momento despertam os sentidos de seus habitantes para a sua posição, guardados por essa arca que repousa ancorada em diálogo com seu lugar.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa NH / Atelier Daniel Corsi + Dani Hirano" 16 Jul 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/943870/casa-nh-atelier-daniel-corsi-plus-dani-hirano> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.