Residência Tsubomi / Flat House

Residência Tsubomi / Flat House

©  Takumi Ota©  Takumi Ota©  Takumi Ota©  Takumi Ota+ 24

Tóquio, Japão
  • Arquitetos: Flat House
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  77
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2010
  • Fotógrafo Fotografias:   Takumi Ota
©  Takumi Ota
©  Takumi Ota

Descrição enviada pela equipe de projeto. Esta casa, incluindo a loja de biscoitos que faz parte dela também, possui apenas 26 metros quadrados. A residência inteira é dividida em sete níveis intermediários sem divisórias e todos eles são conectados por uma escada localizada no centro da residência. Desde a loja no térreo, a escada de metal conecta a cozinha e a sala de jantar no nível 1.5, depois no nível 2 e, finalmente, a área de dormir no pavimento superior, compartilhada por todos os membros da família. Um segundo conjunto de degraus de concreto conecta o térreo ao subsolo, que abriga a loja e seu banheiro.

©  Takumi Ota
©  Takumi Ota

Cada meio nível é pequeno - há espaço apenas para colocar móveis essenciais. Mas cada ambiente parece suficiente e espaçoso. Isso ocorre porque todos eles são divididos e isolados por diferentes níveis, mas ao mesmo tempo conectados uns aos outros. Isso cria uma ideia de que cada residente vive em vários espaços pequenos e em um espaço grande ao mesmo tempo.

Corte
Corte

Quase todas as superfícies interiores são feitas de madeira. Cada painel é cortado em paralelogramo e organizado em um padrão característico. Esse padrão é repetido na fachada de marfim feita de chapas de aço galvanizado e aplicado uniformemente no exterior e no interior, evocando uma experiência tridimensional. Atualmente, as pessoas se comunicam, obtêm informações e assistem TV pelo telefone celular ou smartphone em um espaço público, como dentro do trem. Cada membro da família já possui seu meio de comunicação particular, mesmo sem seu próprio quarto. Portanto, ninguém sente a inconveniência.

©  Takumi Ota
©  Takumi Ota

Com cada espaço sendo tão pequeno e ainda mais sem paredes, há vantagens - os residentes podem mudar rapidamente de um ambiente para outro. Esse movimento constante pode ser comparado ao "murmúrio do Twitter", onde mensagens curtas são enviadas pela internet. Cada espaço é muito pequeno, mas cada ação nesses pequenos espaços é única. E as diferentes ações se conectam. Às vezes, a mulher está conversando com um cliente na loja de biscoitos no primeiro nível e, em seguida, bebe uma xícara de chá na sala de jantar no nível 1,5 e depois sobe para o segundo nível para ver televisão, tudo em um tempo muito curto. 

©  Takumi Ota
©  Takumi Ota

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Residência Tsubomi / Flat House" [Tsubomi House / Flat House] 05 Out 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/924665/residencia-tsubomi-flat-house> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.