Projeto de Andrea Cimini reinventa a tipologia do farol na era do GPS

Projeto de Andrea Cimini reinventa a tipologia do farol na era do GPS

O farol, como uma tipologia arquitetônica, evoluiu lentamente ao longo da história até transformar-se em uma espécie de relíquia cultural. O desenvolvimento das novas tecnologias fizeram desta estrutura obsoleta, mas Andrea Jasci Cimini decidiu reinterpreta-la em seu mais recente projeto. O sucesso desta empreitada não é resultado apenas de seu apelo estético, mas principalmente por reinventar uma tipologia esquecida e negligenciada.

Inspirado neste antigo instrumento de navegação, o projeto desenvolvido por Cimini procura preservar os elementos conceituais do farol, enquanto se afasta decisivamente de sua função primeira. Contradizendo o seu lado mais prático, a estrutura do edifício de Cimini incorporou apenas o seu significado cultural e histórico.

via Andrea Cimini
via Andrea Cimini

Ao contrário de tantas outras tipologias arquitetônicas que se transformaram ao longo da história, o farol mais precisamente, foi esquecido e abandonado, como se a sua estrutura fosse incapaz de assumir novas funções. Pensando nisso, Andrea Cimini procurou reinterpretar o significado histórico do farol e a conexão com a natureza para transformá-lo em um refúgio, um espaço de reflexão.

via Andrea Cimini
via Andrea Cimini

Cimini descreve o farol como um "objeto nostálgico", reconhecendo a perda de suas funções práticas mas destacando o seu valor histórico e cultural.

Na natureza, tudo aquilo que não é capaz de evoluir e adaptar-se está destinado a desaparecer, a extinguir-se. O desafio deste projeto foi pensar estratégias que pudessem trazê-lo de volta à vida, um uso que pudesse transformá-lo novamente em uma estrutura útil.

-Andrea Cimini, arquiteto.

via Andrea Cimini
via Andrea Cimini

A inovadora proposta de Cimini para a tipologia de farol está baseada em três princípios elementares: energia, turismo e comunicação. Esta estrutura vertical e ambientalmente sustentável, visa proporcionar um espaço acolhedor para atrair turistas. No topo da torre, o arquiteto optou por manter a tradicional lanterna do farol, mas também adaptou uma turbina eólica capaz de gerar a energia necessária para o funcionamento da estrutura como um todo.

Via: Andrea Jasci Cimini

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Duddy, Lindsay. "Projeto de Andrea Cimini reinventa a tipologia do farol na era do GPS" [Andrea Cimini's Lighthouse Design Reinvents the Typology for the Age of GPS] 02 Jan 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/908639/projeto-de-andrea-cimini-reinventa-a-tipologia-do-farol-na-era-do-gps> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.