O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Conheça o júri do Concurso de Curadoria para a XII Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo

Conheça o júri do Concurso de Curadoria para a XII Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo

Conheça o júri do Concurso de Curadoria para a XII Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo
Conheça o júri do Concurso de Curadoria para a XII Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo, Cortesia de XII Bienal de Arquitetura de São Paulo
Cortesia de XII Bienal de Arquitetura de São Paulo

No ano de comemoração de seus 75 anos, o Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento de São Paulo (IABsp) abre, no dia 14 de maio de 2018, o concurso inédito para apresentação de propostas de curadoria para a XII Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo que acontecerá durante os meses de setembro a dezembro 2019.

Este concurso buscará propostas que questionem ou problematizem o status quo da Arquitetura e do Urbanismo. Interessa portanto que os argumentos para a Bienal se valham da sua posição de importância do evento e contribuam com o debate sobre as cidades e o papel essencial que arquitetas e arquitetos devem prestar à sociedade. 

Para isso, tendo em vista a relevância dessa bienal e a proposta de um processo aberto e mais democrático,o IABsp selecionou para o júri profissionais nacionais e internacionais, respeitando a variedade, raça, gênero, área de atuação e regiões do Brasil e do mundo com a intenção de tornar o resultado o mais representativo possível.

Veja abaixo essa seleção divulgada no dia 10 de Julho.

Adèle Naudé Santos - Estados Unidos

Sócia da Santos Prescott & Associates, sediada em San Francisco, e ex-professora de Arquitetura e Estudos Urbanos e Planejamento do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Foi decana da Escola de Arquitetura e Planejamento por dez anos até junho de 2014, é arquiteta e urbanista cuja carreira combina prática profissional, pesquisa e ensino. Sua carreira acadêmica inclui docência nos programas de graduação da UC Berkeley, Harvard, Rice University e da Universidade da Pensilvânia, onde também atuou como presidente do Departamento de Arquitetura. Foi nomeada decana da Escola de Arquitetura e Planejamento no MIT em 2004. Também foi  diretora fundadora da nova Escola de Arquitetura da Universidade da Califórnia, em San Diego, e atuou como professora visitante no Estados Unidos e no mundo, incluindo a Itália e sua terra natal África do Sul.

André Aranha Corrêa do Lago - Brasil

Diplomata e atual embaixador do Brasil no Japão. Antes de chegar a Tóquio, atuou na área de Mudança do Clima e de Desenvolvimento Sustentável, quando foi negociador-chefe do Brasil para Mudança do Clima e para a Conferência Rio+20 (2012). Como crítico de arquitetura, é autor de diversos livros e artigos. Foi co-curador, com Lauro Cavalcanti, da mostra “Encore moderne? Architecture brésilienne: 1928-2005” (outubro de 2005 a janeiro de 2006) na “Cité de l’architecture”, em Paris, curador da mostra “Arquitetura brasileira vista por grandes fotógrafos”, no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo (junho a agosto de 2013), e curador do Pavilhão do Brasil na Bienal de Arquitetura de Veneza (2014). É membro do Conselho da Fundação Oscar Niemeyer, do Conselho Editorial da Revista de Arquitetura Monolito e do fórum de arquitetura e urbanismo Arq.Futuro. Integrou o Comitê de Arquitetura e Design do Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) entre 2005 e 2016. Desde 2017, é membro do júri do Prêmio Pritzker de Arquitetura.

Carla Juaçaba - Brasil

Desde 2000, Carla Juaçaba desenvolve sua prática independente de arquitetura e pesquisa com sede no Rio de Janeiro. Seu escritório inclui projetos públicos e privados, com foco em habitação e programas culturais. Ainda na graduação, trabalhou com a arquiteta Gisela Magalhães da geração do Arq. Oscar Niemeyer, na área de expografia em museus históricos.
Durante seu primeiro ano após a faculdade 2000, trabalhou em projetos residenciais: Casa Atelier 2001, Casa Rio Bonito 2005, Casa Varanda 2007, Casa Mínima 2008. Em 2012 concebe e constrói o pavilhão efêmero “Humanidade 2012” para o evento internacional Rio+20, em  parceria com a cenógrafa e diretora de teatro Bia Lessa. Em 2013-14 desenvolve o projeto do primeiro Hospice do Brasil, para a Fundação do Câncer. Em 2015 realizou o projeto de expografia “Tarsila e as mulheres modernas do Rio” no museu do MAR-RJ. No momento finaliza os projetos Residências: Casa Santa Teresa 2016; Casa Linear 2016; e Casa Posse 2016.
Trabalha constantemente no meio acadêmico, Bienais  e Workshops. Conferência nas universidades: Harvard GSD; University of Toronto - Daniels; Columbia GSAPP; Universidade da Flórida UF; Escola da Cidade SP; Universidade Woodburry; Latitudes-Universidade do Texas em Austin.  Workshop na Universidade de Veneza IUAV em 2014;  Em 2014 foi convidada para expor na bienal de Veneza - Pavilhão do Brasil; e recentemente foi o Júri da BIAU Bienal Ibero Americana em Madrid 2012. Ganhou a primeira edição do Prêmio Internacional de arquitetura para mulheres ArcVision em 2013, e recentemente foi nomeada para o Prêmio Schelling Architecture 2014; MCHAP 2014 e o Prêmio Architectural BSI Swiss. Ensinou na PUC-RJ e foi professora convidada no City College of New York CCNY em 2016. Esse ano participa da Bienal de Arquitetura de Veneza com o projeto Ballast, e também com a construção de uma das dez capelas para o pavilhão da Santa Sé.

Fabiane Carneiro - Brasil - Representante IABsp

Arquiteta, urbanista e artista. Integra a atual gestão do IAB/SP - Instituto de Arquitetos do Brasil/Departamento São Paulo (2017-2019) e é co-fundadora e integrante do Coletivo Cartográfico (desde 2011). Fabiane é graduada em arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal do Paraná (1996) e pós graduada pela FAU - Universidade Presbiteriana Mackenzie (2008) e pela FUPAM-USP (2011). Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em projetos urbanos, e na área de Artes, com ênfase em dança contemporânea e performance. Pesquisa a cidade na interface com a dança, a performance e as artes visuais.

Gabriela Leandro Pereira - Brasil

Arquiteta e urbanista formada pela Universidade Federal do Espírito Santo, com mestrado e doutorado realizado no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia. Vencedora do Prêmio de Teses da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR) em 2016, como trabalho intitulado "Corpo, discurso e território: Cidade em disputa nas dobras da narrativa de Carolina Maria de Jesus". Professora do curso de Arquitetura  e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia, em Salvador, tem como principais áreas de ensino e pesquisa: narrativa, história e memória da cidade; história da arquitetura e do urbanismo; processos urbanos contemporâneos; política e cultura urbana; linguagem e representação. Seus trabalhos atuais focam em construir aproximações e abordagens que articulam o campo da arquitetura, urbanismo e planejamento urbano do debate étnico-racial.

Glória Cabral - Paraguai

Arquiteta formada pela Universidad Nacional de Asunción é sócia do escritório Gabinete de Arquitectura. Recebeu, em 2018, o Prêmio Moira Gemmill para Arquitetura Emergente da revista britânica The Architectural Review. Em 2016 seu escritório foi vencedor do Leão de Ouro da Bienal de Arquitetura de Veneza como a melhor participação com a exposição Breaking The Siege. Foi nomeada, em 2014, para o programa The Rolex Mentor and Protégé Arts Initiative tendo como seu mentor o arquiteto suíço Peter Zumthor e, em 2010, recebeu o primeiro lugar no prêmio da Bienal Panamericana como responsável pelo Centro de Rehabilitación Infantil Teletón.

Marcela Ferreira - Brasil - Representante IABsp

Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo e mestranda em Gestão e Políticas Públicas pela Fundação Getúlio Vargas. É membro da Diretoria do Instituto de Arquitetos do Brasil, Departamento de São Paulo (2017-2019). Atua profissionalmente como coordenadora de projetos e consultora em desenvolvimento urbano no Urbem e também se dedica a atividades de pesquisa voltadas à análise de políticas públicas. Possui experiência no desenvolvimento de projetos de arquitetura e urbanismo no Brasil, EUA e Holanda e colaborou nos escritórios Vigliecca & Associados e OMA - Office for Metropolitan Architecture.

Marisa Moreira Salles - Brasil 

Editora e designer, é cofundadora da BEI Editora. Criou também as plataformas multimídia Arq.Futuro, voltada para a discussão sobre cidades, e Por Quê? – economês em bom português.  Membro do Conselho da Fundação Bienal de São Paulo e do Conselho Consultivo da Reitoria do MIT School of Architecture and Planning, foi jurada da Bienal de Arquitetura de Veneza (2016). 

Patricia Anahory - Cabo Verde

Arquiteta e designer, mestre em arquitetura pela Universidade de Princeton com formação  pela Faculdade de Arquitetura de Boston. Em 2000, se tornou a segunda mulher em 113 anos a ganhar a renomada bolsa  Roch Traveling Scholarship, e a primeira vencedora do concurso de design a viajar para a África Subsaariana. De 2009 a 2012, foi diretora fundadora do CIDLOT, um emergente centro de pesquisa multidisciplinar aplicada da Universidade de Cabo Verde, que aborda a dinâmica de assentamento, crescimento e desenvolvimento urbano. Em 2011, co-fundou o xu: coletivo, um coletivo de arte interdisciplinar, agora como prática profissional, a fim de promover uma compreensão crítica das dinâmicas urbanas, arquitetura,  meio ambiente e intermídias. Uma de suas últimas colaborações, com o cineasta e desenvolvedor web César Schofield Cardoso, “Storia [na] Lugar / [un]grounding narratives” é uma plataforma de mídia participativa e projetos de mapeamento, desenvolvidos por meio do envolvimento direto com comunidades em contextos marginalizados, um espaço para experimentação criativa e diálogo interdisciplinar

Pedro Vada - Brasil - Representante IABsp

Arquiteto e urbanista formado, em 2008, pela Escola da Cidade, onde também concluiu a especialização em Arquitetura, Educação e Sociedade. É professor na Escola da Cidade e Estácio de Sá, lecionou sobre Planejamento Territorial na pós-graduação da Fundação Escola de Sociologia e Política. É editor de projetos no site ArchDaily e suas plataformas, diretor do IABsp e desenvolve pesquisas e projetos urbanos com o setor público e privado, destacando as Prefeituras de São Paulo, São Bernardo do Campo e São José dos Campos, Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, SABESP e Sesc.

Thiago de Andrade - Brasil

Arquiteto e urbanista formado pela Universidade de Brasília (FAU-UnB), com pós-graduação em Docência no Ensino Superior. Desde 2015 é Secretário de Estado de Gestão do Território e Habitação no Governo do Distrito Federal. Desde cedo conciliou prática profissional, a partir do escritório próprio aberto em 2004, com a participação em importantes fóruns da sociedade civil e do poder público que discutiam temas como o direito à cidade e planejamento urbano.
Foi Diretor Cultural e Conselheiro no Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-DF), entre 2010 e 2013, ano em que foi eleito presidente da entidade. Entre outras ações culturais no Instituto, promoveu o funcionamento da Comissão de Políticas Urbanas (CPU), atuante fórum com encontros semanais de discussões sobre o uso e a ocupação do território no DF.
No mesmo período atuou como consultor do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Enquanto foi membro da diretoria do IAB-DF, Thiago de Andrade integrou a coordenação de diversos concursos públicos nacionais de arquitetura, entre eles das Passagens Subterrâneas de Pedestres sob o Eixão e para o Pavilhão do Brasil na Expo Milão 2015.
Ocupou assento no Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan). Andrade também foi premiado no concurso Nova Arquitetura de Brasília (2007) e teve trabalhos expostos na Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo e no Brazilian Design&Perspective, em Singapura. Além de ter sido júri de alguns outros prêmios e concursos públicos de projeto, em especial, a participação no Júri Nacional do Opera Prima, foi também integrante da comissão julgadora nacional do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade nos anos de 2014 e 2017.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Pedro Vada. "Conheça o júri do Concurso de Curadoria para a XII Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo" 05 Jul 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/897517/conheca-o-juri-do-concurso-de-curadoria-para-a-xii-bienal-internacional-de-arquitetura-de-sao-paulo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.