O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Cafeterias
  4. China
  5. Shenzhen Huahui Design Co. Ltd
  6. 2017
  7. Museu de Arte Chongqing Tiandi / Shenzhen Huahui Design

Museu de Arte Chongqing Tiandi / Shenzhen Huahui Design

  • 13:00 - 22 Março, 2018
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
Museu de Arte Chongqing Tiandi / Shenzhen Huahui Design
Vista noturna. Imagem © Zhi Xia
Vista noturna. Imagem © Zhi Xia

© Zhi Xia Montanha, lago e edifício. Imagem © Zhi Xia © Zhi Xia © Zhi Xia + 38

  • Arquitetos

  • Localização

    Yuzhong, Chongqing, China
  • Arquiteto responsável

    Cheng Xiao
  • Equipe de projeto

    Shibo Yin, Qifan He, Weiwei Mao
  • Projeto estrutural

    Mu Xu, Tingting Zhao
  • Cliente

    Chongqing Vanke Real Estate Co., Ltd.
  • Área

    1600.0 m2
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

© Zhi Xia
© Zhi Xia

Terreno

O Museu de Arte Chongqing Tiandi está localizado às margens do rio Jialing, em frente ao lago de Tiandi. No limite sul encontra-se a íngreme encosta da península de Yuzhong, ao norte a via comercial de Chongqing e do lado oeste uma grande área residencial em construção.

Montanha, lago e edifício. Imagem © Zhi Xia
Montanha, lago e edifício. Imagem © Zhi Xia
Croqui conceitual
Croqui conceitual

Estratégia

Considerando este contexto urbano complexo, procuramos integrar o novo edifício à paisagem urbana de Tiandi e construir um diálogo entre as áreas expositivas do museu e o espaço urbano do bairro; esperamos que este edifício possa acolher esta diversidade criando uma experiência sensorial para seus visitantes.

© Zhi Xia
© Zhi Xia

Layout e topografia

A forma do terreno reproduz a forma orgânica do lago, longo e estreito. O layout geral do edifício foi organizado segundo a sua topografia e foi dividido em três volumes principais segundo suas diferentes funções programáticas. Os três volumes se conectam através de uma ampla circulação longitudinal configurando dois pátios abertos entro os volumes. O acesso principal se dá através de uma praça pública que acolhe os visitantes em uma das extremidades enquanto que do outro lado, o último volume está implantado sobre um espelho d'água configurando um pátio rebaixado de frente para o lago.

© Zhi Xia
© Zhi Xia
Axonométrica
Axonométrica

Espaço e formas

O Museu de Arte de Tiandi abriga uma galeria de exposições, um escritório da Vanke Brand & Project Experience Center e um café.

Paisagem transparente. Imagem © Zhi Xia
Paisagem transparente. Imagem © Zhi Xia

A galeria frequentemente recebe exposições de arte contemporânea de artistas locais, por isso o espaço foi concebido com pé direito duplo. As escadas permitem vencer os desníveis do terreno e conectar os diferentes espaços expositivos que recebem desde pinturas, esculturas e instalações, até atividades educativas e práticas artísticas para crianças. O contraste entre as paredes brancas e os volumes escuros das escadas foi pensado de forma a criar um ambiente singelo que se abre para acolher a paisagem dinâmica do entorno.

© Zhi Xia
© Zhi Xia
Galeria de arte
Galeria de arte
© Zhi Xia
© Zhi Xia

O objetivo é conectar os principais espaços do museu com os espaços públicos do entorno, rompendo com os limites entre os espaços internos e externos de modo que a paisagem transforme-se em um plano de fundo para as exposições. A plataforma na cobertura faz referência as colinas que cercam o bairro, as quais se refletem na fachada de vidro do edifício, evocando a sensação de uma trilha em meio a floresta quando percorremos os caminhos ao redor do museu.

Entrada. Imagem © Zhi Xia
Entrada. Imagem © Zhi Xia

O Brand Display & Project Experience Center é um espaço único e generoso utilizado pela Vanke. Esta área foi projetada de acordo com os requisitos específicos da empresa. Durante o processo de projeto, conscientemente reduzimos a altura do espaço ao lado do lago criando uma espécie de pátio rebaixado, a fim de tornar este espaço mais íntimo e cercado pelas vistas do parque.

Parque visto desde dentro. Imagem © Zhi Xia
Parque visto desde dentro. Imagem © Zhi Xia
Corte
Corte

O café ocupa o segundo pavimento para permitir vistas mais amplas para a paisagem do bairro. Por um lado, seu volume ligeiramente inclinado contrasta com a relação geométrica do conjunto, e por outro lado, cria um movimento sutil e expressivo através de sua forma singular.

© Zhi Xia
© Zhi Xia

Cenário

Portanto, combinando suas distintas demandas funcionais e características ambientais, os três volumes se configuram de formas diferentes, ou seja, "alto", "longo" e "elevado". Como em um simulacro de uma montanha, as escadas fazem alusão aos "caminhos", e as amplas aberturas recorrem a transparência das águas do lago. Além disso, os caixilhos das janelas são como os perfis dos edifícios na paisagem urbana da cidade.

Ilha das árvores e edifício. Imagem © Zhi Xia
Ilha das árvores e edifício. Imagem © Zhi Xia

Finalmente os três volumes fazem parte de um mesmo conjunto, conectados porém com seções diferentes. Os espaços interiores não procuram enfatizar uma unidade, mas "atrair" os diferentes cenários do bairro, criando uma interação entre os visitantes e a paisagem urbana a medida que estes se deslocam por seus espaços traduzindo as características do meio ambiente em experiências espaciais.

Circulação
Circulação
Paisagem transparente. Imagem © Zhi Xia
Paisagem transparente. Imagem © Zhi Xia

A exposição e os cenários naturais se conectam através de caminhos contínuos que se estendem para fora do edifício no projeto de paisagismo. Desde o estacionamento junto à parte baixa da via de acesso, passando pela praça do lago até a plataforma de acesso, pelas escadas, a plataforma da cobertura, ao longo da fachada, até o café e o longo corredor de vidro, os visitantes estão fluindo entre a arquitetura e a paisagem.

Vista da via de acesso. Imagem © Zhi Xia
Vista da via de acesso. Imagem © Zhi Xia

Como sabemos, Le Corbusier era um admirador da Acrópole de Atenas e como o espírito daquele lugar é percebido a medida que nos deslocamos. Ordem, hierarquia e sequência são elementos fundamentais na sua concepção de espaço arquitetônico, ao qual ele se referia em sua chamada "promenade architecturale".

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Shenzhen Huahui Design Co. Ltd
Escritório
Cita: "Museu de Arte Chongqing Tiandi / Shenzhen Huahui Design" [Chongqing Tiandi Art Museum / Shenzhen Huahui Design] 22 Mar 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/890895/museu-de-arte-chongqing-tiandi-shenzhen-huahui-design> ISSN 0719-8906