O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Pontes
  4. Holanda
  5. architectenbureau cepezed
  6. 2016
  7. Ponte Moreelse / cepezed

Ponte Moreelse / cepezed

  • 17:00 - 4 Agosto, 2017
  • Traduzido por Lis Moreira Cavalcante
Ponte Moreelse / cepezed
Ponte Moreelse / cepezed, © Leon van Woerkom
© Leon van Woerkom

© Jannes Linders © Jannes Linders © Leon van Woerkom      © Jannes Linders + 19

  • Arquitetos

  • Localização

    Utrecht, Holanda
  • Arquitetos Responsáveis

    Ronald Schleurholts, Jochem Paauwe
  • Área

    3.200 m²
  • Ano do projeto

    2016
  • Fotografias

  • Cliente

    Gemeente Utrecht, ProRail
  • Projeto Arquitetônico

    Cepezed architects, Delft (Holanda)
  • Consultoria - Estabilidade

    ABT, Velp (Holanda)
  • Consultoria - Instalações Mecânicas e Elétricas, Elevadores e Iluminação

    Arup, Amsterdam (Holanda)
  • Construção Principal

    Colijn Beton- en Waterbouw B.V., Breda (Holanda)
  • Construção - Aço

    BSB Staalbouw, Sumar (Holanda)
  • Construção - Balaustradas

    Octatube, Delft (Holanda)
  • Fornecedor de Árvores

    BSI Bomenservice, Schijndel
  • Mais informações Menos informações
© Jannes Linders
© Jannes Linders

Descrição enviada pela equipe de projeto. O distrito da Estação em Utrecht sofreu uma verdadeira metamorfose há alguns anos. Além de todos os novos edifícios, conversões e renovações, a ponte Moreelse também foi construída recentemente. Do outro lado das vias férreas, a ponte para ciclistas e pedestres agora conecta Croeselaan e Moreelsepark entre si.

© Jannes Linders
© Jannes Linders

O projeto foi concebido pelo cepezed e é totalmente focado na presença, na eficiência e na funcionalidade. A ponte é caracterizada por um layout resultado de um único gesto claro e aberto, com um alto grau de reconhecimento e uma presença natural. O conceito consiste em uma esplanada alongada, elevada, atrativa para o usuário e com uma boa ambiência, alcançada através de aspectos como forma, materiais e detalhamento, e a integração de uma avenida de árvores no projeto.Como resultado, a estrutura funciona mais como uma continuação de alta qualidade do espaço urbano do que especificamente como um objeto de infraestrutura. A ponte é simples, delgada e transparente e consiste em duas vigas superdimensionadas com uma seção do meio.Parte da sua simplicidade é que a ponte não vence o vão de mais de 300 metros de uma só vez, mas é apoiada em cada plataforma de trem por um pilão e, como resultado, possui uma estrutura estável.

© Jannes Linders
© Jannes Linders

Os vários pontos de observação e orientações surgem a partir de cada situação urbana e se ajustam ao contexto e, como resultado, a ponte é incorporada ao tecido urbano de forma natural.As árvores na ponte formam uma continuação elevada da avenida de árvores já presentes no nível do solo nas rotas de ligação para e do centro da cidade.Desta forma, a ponte estabelece uma experiência de uniformidade e continuidade que contribui para a naturalidade de seu uso. À noite, a ponte fica modestamente iluminada, o que também contribui para sua reconhecibilidade, e sua lógica estética e funcional; um contorno de luz elegante e alongado com uma fileira de árvores iluminada por baixo indica de longe a presença e o objetivo da ponte que atravessa a ferrovia. Há vistas interessantes por todos os lados.

© Leon van Woerkom
© Leon van Woerkom
Axonométrica
Axonométrica
© Jannes Linders
© Jannes Linders

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Ponte Moreelse / cepezed" [Moreelse Bridge / cepezed] 04 Ago 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/876510/ponte-moreelse-cepezed> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.