O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Eventos
  3. ENEA GOIÂNIA - XLI Encontro Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo

ENEA GOIÂNIA - XLI Encontro Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo

  • 18:00 - 19 Junho, 2017
ENEA GOIÂNIA - XLI Encontro Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo
ENEA GOIÂNIA - XLI Encontro Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo, Arte de divulgação feita pela Comissão Organizadora do ENEA
Arte de divulgação feita pela Comissão Organizadora do ENEA

O ENEA, que acontece de 4 a 11 de agosto em Goiânia – GO, é o maior e mais importante espaço de articulação estudantil promovido pela FeNEA (Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo do Brasil) dentre os diversos Encontros, Conselhos e Seminários realizados anualmente pela Federação, em âmbito nacional e regional. Através de atividades teóricas e práticas o Encontro proporciona ao estudante um acúmulo de debate, conhecimento e troca de experiências em âmbito nacional que fortalece a reflexão acerca das diversas problemáticas das cidades brasileiras, do ensino e da prática profissional de arquitetura e urbanismo frente ao atual contexto sociopolítico, a conjuntura do território e sua identidade cultural. Tem papel fundamental na construção e estruturação do movimento estudantil de arquitetura e urbanismo, aglutinando centenas de estudantes, dezenas de entidades de base e coletivos em torno de pautas comuns, refletindo na mobilização local das mesmas em suas cidades e faculdades.

DA UTOPIA PLANEJADA À CIDADE MERCADORIA

Aos 83 anos, Goiânia já compartilha das mesmas patologias urbanas presentes nas mais antigas metrópoles do país. Falta de acessibilidade e mobilidade urbana, crimes ambientais, gentrificação e uma enorme desigualdade socioespacial são algumas das consequências de um modelo de cidade movido desde o princípio pelo capital principalmente imobiliário, contrariando as intenções do projeto urbano proposto pelo então urbanista Attilio Corrêa Lima. A utopia modernista e eurocêntrica não foi capaz de ultrapassar tanto as barreiras econômicas e culturais do sertão goiano, quanto a falta de interesse dos gestores em seguir qualquer planejamento que proporcionasse uma expansão organizada e democrática da cidade.

A partir da conjuntura nacional histórica e atual, tomando o panorama urbano goianiense como referencial o XLI ENEA propõe, através de uma abordagem interseccional, explorar e aprofundar em âmbito nacional o debate sobre a cidade e suas diversas vertentes, sob a ótica de seus principais personagens. Desde questões como o planejamento, a expansão e as políticas urbanas até às manifestações, intervenções e relações entre indivíduos na cidade, a temática geral se destrincha em 9 eixos interligados e inseridos numa ordem cronológica no intuito de se compreender o passado para entender e analisar o presente e propor soluções para o futuro:

1. PLANEJAMENTO E POLÍTICAS URBANAS NO BRASIL: Análise histórica e o panorama atual
2. CAMPO E CIDADE: Conflitos históricos entre espaços rurais e urbanos
3. EXPANSÃO URBANA E DÉFICIT HABITACIONAL: Os impactos da máquina do crescimento
4. GENTRIFICAÇÃO X RESISTÊNCIA: Especulação imobiliária frente a resistência popular
5. ESPAÇO INTRA-URBANO: Controle e segregação socioespacial
6. INSTRUMENTOS URBANÍSTICOS: Da teoria à realidade
7. DIREITO À CIDADE E PARTICIPAÇÃO POPULAR: Como democratizar a produção do espaço
8. CIDADES COLABORATIVAS: Do pensamento global à prática contextualizada
9. SUSTENTABILIDADE URBANA: Implantação de novos modelos de cidade no Brasil

Confira mais detalhes no Caderno de Eixos Temáticos: https://issuu.com/eneagoiania/docs/eixos_tem__ticos_eneagyn

ATIVIDADES

O projeto político do ENEA parte do entendimento de que as pautas e os debates propostos não se restringem ao campo da arquitetura e urbanismo, permeando diversos aspectos da urbanização das cidades e da organização da sociedade. Sendo assim, as palestras e mesas plenas contarão com alguns dos maiores e mais representativos nomes não só da arquitetura e urbanismo como da geografia e da sociologia no Brasil. Ermínia Maricato, Raquel Rolnik, Eduardo Nobre, Lúcia Leitão, Nabil Bonduki, Carlos Vainer, Ana Fani e Aldo Paviani estão entre os confirmados, além de representantes de coletivos e movimentos sociais importantes como o Movimento Ocupe Estelita, do Recife, o Coletivo Bela Rua, de São Paulo e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Para real compreensão do processo, é fundamental conhecer de perto a realidade da cidade e as problemáticas debatidas. Através de diversas atividades em regiões distintas que vão do centro a periferia, os participantes poderão vivenciar parte do cotidiano e dos contrastes de Goiânia. Além de derivas, debates e dinâmicas coletivas no espaço público, estão previstas micro intervenções urbanas participativas, com a ajuda de alguns EMAUs e dos próprios moradores locais. Na Cidade FeNEA, como é carinhosamente apelidado o local do Encontro, serão ministradas mais de 50 oficinas propostas pelos estudantes, que vão desde um cine debate a construção de mobiliário com bambu e madeira. Para todos os gostos!

Voltando ao campo mais teórico, mais de 20 trabalhos serão expostos e apresentados no Congresso de Trabalhos Finais de Graduação (COTF), no Congresso de Iniciação Científica em Arquitetura e Urbanismo (CICAU), no Congresso de Extensão em Arquitetura e Urbanismo (CEAU), na Mostra Acadêmica e no Pitaco no Projeto Alheio (PIPA). Valorizando e enaltecendo a importância da extensão na Arquitetura e Urbanismo, os Escritórios Modelo de Arquitetura e Urbanismo (EMAU) apresentarão sua produção na Mostra EMAU.

Em meio a todas essas atividades, terão ainda os espaços específicos de articulação das entidades de base da FeNEA: os CAs, DAs e EMAUs. Além de rodas de conversa abertas sobre algumas das pautas mais pertinentes a FeNEA e a sociedade, como “Criminalização e Antiproibicionismo”, “Minorias no espaço urbano” e “Trabalho e Ensino”, com a participação de membros da sociedade civil e dos coletivos da FeNEA (Antiproibicionista, Negritude, Mulheres e LGBTQ).

A FeNEA

A Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo é uma entidade pública sem fins lucrativos, sem filiação partidária, livre e independente de órgãos públicos e privados. Congrega mais de 90 mil estudantes de graduação de todo o país e os representa perante órgãos governamentais e entidades da área. A FeNEA tem origem nos primeiros grêmios fundados no país. Consolidada em 1982 vem promovendo, desde então, espaços de discussão sobre Arquitetura e Urbanismo em suas mais diversas vertentes interdisciplinares, as condições de ensino, o papel da Universidade e mesmo a conjuntura político-social brasileira, além de congregar e ampliar a participação dos estudantes, cidadãos e futuros profissionais na busca de uma formação criativa, inovadora, solidária, coletiva, humana e comprometida com as questões político-sociais.

Para mais informações sobre o Encontro e como participar, acesse o site (eneagyn.com.br) e as redes sociais do ENEA:
facebook - facebook.com/eneagyn2017
instagram - @eneagyn

Dúvidas? Envie para eneagoiania@gmail.com

Baixar as informações relacionadas com este evento aqui.

Este evento foi enviado por um usuário de ArchDaily. Se você quiser, pode também colaborar utilizando "Enviar um evento". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "ENEA GOIÂNIA - XLI Encontro Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo" 19 Jun 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/873926/enea-goiania-xli-encontro-nacional-de-estudantes-de-arquitetura-e-urbanismo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.