Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Vencedor do concurso para pavilhão brasileiro no UIA 2017 Seoul

Vencedor do concurso para pavilhão brasileiro no UIA 2017 Seoul

O Concurso Estande Seul, promovido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e organizado pelo IAB-RJ buscava projetos para o estande brasileiro no 26º Congresso Mundial de Arquitetura – UIA2017SEOUL. O resultado foi divulgado no dia 9 de maio e a equipe vencedora foi composta pelos arquitetos Alexandre Kuroda, Renata Portelada e Thomas Takeuchi e os estudantes de arquitetura Caio Cavalcanti e Isadora Tebaldi. Conheça, a seguir, o projeto que será construído:

“Todos os mundos. Um só mundo. Arquitetura 21”

A proposta para o estande do Rio de Janeiro no 26º Congresso Mundial de Arquitetos em Seoul combina elementos que transmitem aos visitantes valores cariocas e do Brasil.

Cortesia de Alexandre Kuroda, Renata Portelada, Thomas Takeuchi, Caio Cavalcanti  e Isadora Tebaldi
Cortesia de Alexandre Kuroda, Renata Portelada, Thomas Takeuchi, Caio Cavalcanti e Isadora Tebaldi

A cidade do Rio é mundialmente conhecida por sua diversidade, tanto de sua paisagem quanto seu aspecto cultural. As diferenças e contrastes sociais são morfologicamente explícitos em sua paisagem urbana. Sua inserção em uma geografia tão peculiar e caprichosa sintetizam grande parte de sua complexidade.

O projeto condensa a multiplicidade da “Cidade Maravilhosa” através de elementos que, juntos, fazem do contraste (da diferença), uma harmonia. Assim como o Rio.

A estrutura modular de 0.50 x 0.50m, uma interpretação do austero racionalismo modernista, se contrapõe com a sensual fita curvilínea e singular, construída com a mesma técnica da cadeira tipo espagueti (referência ao design popular brasileiro) que convida e conduz os visitantes pelo estande, análoga a forma com que a cidade se constrói a partir de uma conversa direta com a marcante natureza e topografia ao seu redor.

Planta Baixa
Planta Baixa

Pedras portuguesas são empregadas no piso como uma referência a um dos principais símbolos da cidade. Desta forma, o estande inclui em sua experiência, o caminhar pelo calçadão de Copacabana.

Assim como a cultura brasileira, o estande possui um forte caráter permeável. Sua forma translúcida e aberta dilui os limites entre o local e o visitante.

Cortesia de Alexandre Kuroda, Renata Portelada, Thomas Takeuchi, Caio Cavalcanti  e Isadora Tebaldi
Cortesia de Alexandre Kuroda, Renata Portelada, Thomas Takeuchi, Caio Cavalcanti e Isadora Tebaldi

Muito marcante na cultura brasileira, a apropriação é de caráter fundamental para “completar” o projeto. O público é convidado a intervir diretamente com o estande, através da colagem de adesivos com mensagens. Registrando a temporalidade de acordo com a passagem dos visitantes ao longo dos dias de congresso, a criatividade e alegria da cultura do Rio e do Brasil.

Cortesia de Alexandre Kuroda, Renata Portelada, Thomas Takeuchi, Caio Cavalcanti  e Isadora Tebaldi
Cortesia de Alexandre Kuroda, Renata Portelada, Thomas Takeuchi, Caio Cavalcanti e Isadora Tebaldi

Mais que marcar presença em Seoul e promover o UIA 2020 Rio, o estande do Rio de Janeiro, busca inspirar curiosidade e estabelecer novos vínculos para além dos dias de congresso.

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este escritório
Cita: Eduardo Souza. "Vencedor do concurso para pavilhão brasileiro no UIA 2017 Seoul " 31 Mai 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/872598/vencedor-do-concurso-para-pavilhao-brasileiro-no-uia-2017-seoul> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.