IAB debate: Qual nosso projeto para as marginais?

IAB debate: Qual nosso projeto para as marginais?

Arquitetos e urbanistas debatem o papel das Marginais

A função das Marginais Tietê e Pinheiros, o recente aumento de suas velocidades e o transporte por meio de carros em São Paulo são alguns dos temas do primeiro debate do ano organizado pela nova gestão (2017-2019) do Instituto de Arquitetos do Brasil - Departamento São Paulo (IAB-SP). O evento intitulado "Qual o nosso projeto para as Marginais?" acontece nesta quinta-feira (19), às 18h30, na sede da entidade (Rua Bento Freitas, 306, República) e com transmissão online, inaugurando o ciclo de debates do IAB.

Veja a transmissão ao vivo aqui

Em meio às promessas de mudança da velocidade das Marginais pela nova administração municipal, a pauta de mobilidade torna-se cada vez mais relevante na metrópole de São Paulo. Originalmente concebidas como parte do anel perimetral da cidade, projetadas por Prestes Maia como um bulevar urbano responsável por conter o crescimento da mancha urbana, as Marginais atualmente se configuram como vias expressas de alta capacidade, e comportam tanto o tráfego de passagem regional quanto o intenso fluxo de veículos interno à cidade. Contudo, a economia da cidade vem se transformando nas últimas décadas e toma corpo o perfil de uma capital de serviços, irradiadora de informação e sede de empresas e instituições internacionais.

Alinhado a essas mudanças, o plano diretor aprovado em agosto de 2014 estabelece diretrizes para tornar a cidade mais compacta, principalmente nos eixos de transporte, transformando o modo como a população vive e se desloca pela Cidade de São Paulo. A rede de transporte de massa se faz cada vez mais necessária e a visão acerca do uso do automóvel particular atingiu um ponto de inflexão. Neste panorama, o papel das Marginais - espinhas dorsais de organização da metrópole - são tema central de debate, tanto no aspecto simbólico quanto no prático, dadas as suas dimensões e relação com o tecido urbano.

Aproveitando o foco dado ao tema, o IAB-SP dá início ao seu ciclo de debates sobre mobilidade. “Acreditamos que é um debate que transcende uma mera discussão sobre definição de velocidade máxima. A construção das Marginais no século XX reflete um momento histórico de mobilidade urbana que exige reflexão. Entendemos a redução das velocidades das marginais como uma mudança de paradigma para a cidade, por isso a interlocução com os gestores públicos responsáveis pelos seus projetos futuros é fundamental. Assumindo, então, a dimensão de projeto enquanto fruto de um diálogo amplo e embasado, montamos um painel que reúne técnicos em mobilidade, desenho urbano e segurança viária dispostos a visitar a trajetória das marginais e apontar caminhos para o futuro”, afirma o arquiteto Fernando Túlio Franco, Presidente do IAB de São Paulo.

A mesa será composta pelo secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda, ou um representante de sua equipe; o arquiteto Prof. Dr. Alexandre Rodrigues Seixas, da Universidade São Judas Tadeu, especialista em infraestrutura de transportes; Ailton Brasiliense Pires, presidente da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP); e a professora Klara Kaiser, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), com anos de trabalho na SPTrans e na Cia. do Metropolitano.

O debate será conduzido a partir de perguntas feitas por ativistas, urbanistas, e membros da sociedade civil como Andrew Oliveira (Corrida Amiga e CMTT), Guilherme Wisnik (professor FAU-USP e curador da X Bienal de Arquitetura de SP), Meli Malatesta (Pé de Igualdade), Renata Falzoni (Bike é Legal), e Nilton Gurman (Movimento Não Foi Acidente).

O evento vai tratar de quatro tópicos fundamentais relacionados às marginais: I) histórico de projeto; II) a dinâmica dos fluxos dos diferentes modais de transporte; III) velocidades, situação de acidentes de trânsito e segurança viária; IV) desenho e função atual e futura das vias, dos rios e do entorno.

Mais informações sobre o evento podem ser acessadas em:
http://www.iabsp.org.br/.
https://www.facebook.com/events/1908940012660712/

Sobre o Instituto de Arquitetos do Brasil 
O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) é uma entidade sem fins lucrativos, que congrega arquitetos e urbanistas articulados em prol da construção democrática e sustentável das cidades e da prática da arquitetura e do urbanismo como meio para enfrentar a desigualdade sócio-espacial no Brasil e atender as necessidades dos cidadãos quanto à qualidade de vida, à justiça social, ao acesso universal aos direitos sociais e ao desenvolvimento socioeconômico e ambiental.

Este evento foi enviado por um usuário de ArchDaily. Se você quiser, pode também colaborar utilizando "Enviar um evento". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "IAB debate: Qual nosso projeto para as marginais?" 19 Jan 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/803766/iab-debate-qual-nosso-projeto-para-as-marginais> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.