O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. 5 maneiras de melhorar o bem-estar dos idosos através de centros de vida saudável

5 maneiras de melhorar o bem-estar dos idosos através de centros de vida saudável

5 maneiras de melhorar o bem-estar dos idosos através de centros de vida saudável
5 maneiras de melhorar o bem-estar dos idosos através de centros de vida saudável, <a href='http://www.archdaily.com/459558/centro-socio-sanitari-martijulia-pinearq'>Elderly Healthcare Building / Brullet Pineda Arquitectes</a>
Elderly Healthcare Building / Brullet Pineda Arquitectes

Hoje vivemos em uma sociedade que envelhece rápido. A mudança na pirâmide etária significa que os sistemas de centros de saúdes têm de ser reimaginados para dar suporte de maneira eficiente a uma crescente população idosa. O número de adultos idosos que necessitam assistência de saúde a longo prazo está previsto a aumentar de 15 milhões para 27 milhões em 2050 apenas nos EUA. Ao fazer parcerias com arquitetos, o sistema de saúde pode chegar a respostas valiosas para abordar estas necessidades crescentes. 

Uma tipologia construtiva que expressa essa parceria com projetistas são os centros para a vida saudável (CHL, em sua sigla em inglês). Estes centros ajudam a reduzir as distâncias entre os lares para idosos e os setores de centros de saúdes, e vai além dos espaços clínicos ou de exercício. Tomando uma abordagem mais holística, eles buscam se tornar destinos acessíveis para programas que cultivam o bem-estar e promovem um sentido de lugar e de comunidade.

Em seu novo relatório (disponível para download)Perkins Eastman explorou esta tipologia em grande profundidade ao investigar centros para uma vida saudável existentes. Através de pesquisa espacial e de mercado, estudos de caso e pesquisas com usuários, suas descobertas identificam estratégias para a melhoria dos modelos de CHL. Leia a seguir para mais de suas descobertas.

<a href='http://www.archdaily.com/459558/centro-socio-sanitari-martijulia-pinearq'>Elderly Healthcare Building / Brullet Pineda Arquitectes</a>
Elderly Healthcare Building / Brullet Pineda Arquitectes

1. Abordar o bem-estar de maneira holística

Bem-estar possui definições e abordagens variadas - o relatório identifica oito dimensões do bem-estar em particular: emocional, ambiental, intelectual, físico, ocupacional, espiritual, social e financeiro. Em seus estudos, a equipe descobriu que existem muito mais foco nas dimensões físicas e sociais do que as outras. Para um CHL satisfazer completamente seus usuários, seu ambiente físico e serviços e programa precisam abordar todas as dimensões do bem-estar com igual força. 

Cortesia de Perkins Eastman
Cortesia de Perkins Eastman

2. Foco em uma transição da doença para o bem-estar

Os centros são mais do que instalações clínicas, e portanto devem focar na educação e prevenção ao invés de apenas o tratamento. Muito disto está no nível de experiência de usuário com o espaço e os serviços.

Espacialmente, os ambientes devem ser convidativos, com fácil orientação e muita luz natural. A colocação de amenidades também é uma maneira de aumentar a interação; ao colocar as academias de ginástica geral e a de terapia, os pacientes em reabilitação estão familiarizados com as instalações e tem mais chances de continuar na academia mesmo após terminadas as terapias físicas. A circulações é outra oportunidade de desenho, com escadas ou rampas acessíveis e atraentes incentivando usuários a se deslocarem de um pavimento a outro sem depender dos elevadores.

<a href='http://www.archdaily.com/635989/health-clinic-ruukki-alt-architects-karsikas'>Health Clinic Ruukki / alt Architects + Karsikas</a>
Health Clinic Ruukki / alt Architects + Karsikas

Quanto aos serviços, a pesquisa concluiu que os usuários estão buscando variedade. Programas e serviços deveriam oferecer opções pessoais e  individualizadas que dirigissem oportunidades de bem-estar físico, nutrição, clínica, aconselhamento, social, recreacional, espiritual ou auto reflexivas e voluntárias. 

3. Responder a e trabalhar com diferentes setores do mercado 

Sustentabilidade a longo prazo do CHL em si também é importante. Isso pode ser levado à sustentabilidade econômica, social e ambiental. Para garantir isso, é preciso estar atento aos novos desenvolvimentos em múltiplos setores. Essa convergência de ideias para saúde, hospitalidade, terceira idade, construções sustentáveis e pesquisa de mercado podem criar um bem-estar que começa no próprio ambiente construído. 

<a href='http://www.archdaily.com/459558/centro-socio-sanitari-martijulia-pinearq'>Elderly Healthcare Building / Brullet Pineda Arquitectes</a>
Elderly Healthcare Building / Brullet Pineda Arquitectes

4. Flexibilidade de projeto

Este também se relaciona com sustentabilidade a longo prazo. Como a tecnologia e estilo de vida mudam, também irão mudar as necessidades das novas gerações a envelhecer para o grupo de usuários. Portanto, espaços não podem ser funcionalmente restritivos, especialmente quando os CHL existentes já estão sendo percebidos com falta de espaço (a área média dos CHL's estudados está em torno de 3,42 m²). O relatório destaca no entanto que a flexibilidade não significa automaticamente que um tamanho é suficiente para todos os ambientes, e que tais espaços são frequentemente incapazes de dar suporte a qualquer função.

Cortesia de Perkins Eastman
Cortesia de Perkins Eastman

5. Estabelecer parcerias 

Como mencionado, a gama de serviços proporcionados pela CHL variam de acordo dos diferentes campos. Ao estabelecer parceria com fornecedores da indústria a qualidade dos serviços e programas pode aumentar e, ao mesmo tempo, estimular o envolvimento com a comunidade. Além disto, graças aos vários componentes de um CHL, ele pode também se equiparar a outros edifícios. Como uma base que pode ser acoplada, uma CHL pode compartilhar suas instalações com hospitais, hotéis, empreendimentos imobiliários ou mesmo universidades. 

Cortesia de Perkins Eastman
Cortesia de Perkins Eastman

Leia o relatório completo com os estudos de casos detalhados, aqui.

Cita: Lam, Sharon. "5 maneiras de melhorar o bem-estar dos idosos através de centros de vida saudável" [5 Ways to Improve Senior Wellness through Centres for Healthy Living] 10 Dez 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/800895/5-maneiras-de-melhorar-o-bem-estar-dos-idosos-atraves-de-centros-de-vida-saudavel> ISSN 0719-8906