O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Arquitetura efêmera para NIKE no Rio Sem Limites por GTM Cenografia

Arquitetura efêmera para NIKE no Rio Sem Limites por GTM Cenografia

Arquitetura efêmera para NIKE no Rio Sem Limites por GTM Cenografia

Este artigo é parte da nossa nova série "Material em Foco", onde pedimos aos arquitetos que compartilhem conosco como se dá o processo de criação através da escolha de materiais que definem parte importante da construção de seus projetos.

O projeto desenvolvido para o período das Olímpiadas Rio 2016 teve direção criativa da Nike e projeto técnico e execução da GTM cenografia. O espaço ocupa uma área de 600m² e foi inspirado em containers e galpões industriais. Projetado em estrutura metálica, com fechamento em telha metálica trapezoidal dupla, com tratamento térmico e o uso de soluções tecnológicas no interior. O cubo inserido no projeto, é uma instalação do artista e designer brasileiro Muti Randolph, um dos pioneiros em computação artística no país com projeções gráficas e coloridas. Conversamos com o arquiteto Daltro Mendonça da GTM Cenografia para saber os detalhes da escolha dos materiais e da execução da obra. Leia a seguir a entrevista:

Quais são os principais materiais usados no projeto em questão?

DM: Vigas metálicas, telhas metálicas trapezoidais, chapas de metal corrugado, piso interno e forro estruturados em madeira, piso cimentício e placas vinílicas.

Cortesia de Nike
Cortesia de Nike

Quais foram suas maiores fontes de inspiração e influência quando estava escolhendo os materiais empregados no projeto?

DM: Com o desejo do cliente de se ter uma atmosfera mais industrial, despojada, que remetesse ao universo dos portos, dos containers, optou-se pelo uso predominante do metal, seja como estrutura, seja como acabamento, ou mobiliário.

Cortesia de Nike
Cortesia de Nike

Descreva como as decisões relativas aos materiais influenciaram a concepção do projeto.

DM: Detalhes e acabamentos que surgiram pela escolha do material, acabaram contribuindo para um design desejado. Por exemplo a escolha de assumir a telha trapezoidal no interior do espaço.

Cortesia de Nike
Cortesia de Nike

Quais foram as vantagens que este material ofereceu para a construção do projeto?

DM: Em se tratando de um projeto que demandou cerca de 3 meses pra adequação e detalhamento, 20 dias de fabricação e 15 dias de montagem, a pré-fabricação e modulação que esses materiais permitiram foram fundamentais para a execução e conclusão da obra no prazo determinado.

Cortesia de Nike
Cortesia de Nike

A escolha dos materiais impôs algum tipo de desafio ao projeto?

DM: Não, ao contrário. Os materiais escolhidos contribuíram pra velocidade e praticidade necessária à esse tipo de obra.

Cortesia de Nike
Cortesia de Nike

Você chegou a considerar outras possibilidades de materiais para o projeto? 

DM: Não, desde o início da concepção, já se optou pelo metal como estrutura e fechamentos, que além da praticidade para modulação e montagem, ia de encontro à proposta estética. 

Cortesia de Nike
Cortesia de Nike

Como você pesquisou fornecedores e construtores adequados aos materiais empregados no projeto?

DM: No caso, por se tratar de materiais simples de uso comum, não houve fase de pesquisa, somente testes de trechos da estrutura e fechamentos, para validar efeitos e acabamentos.

Rio Sem Limites / Nike + GTM cenografia

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Equipe Editorial. "Arquitetura efêmera para NIKE no Rio Sem Limites por GTM Cenografia" 01 Nov 2016. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/797889/arquitetura-efemera-para-nike-no-rio-sem-limites-por-gtm-cenografia> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.