O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura De Escritórios
  4. Índia
  5. Manasaram Architects
  6. Bamboo Symphony / Manasaram Architects

Bamboo Symphony / Manasaram Architects

  • 17:00 - 16 Outubro, 2016
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Bamboo Symphony / Manasaram Architects
Bamboo Symphony / Manasaram Architects, Courtesy of Manasaram Architects
Courtesy of Manasaram Architects

Courtesy of Manasaram Architects Courtesy of Manasaram Architects Courtesy of Manasaram Architects Courtesy of Manasaram Architects + 26

  • Arquitetos

  • Localização

    Venkateshpura, 1st Stage, HBR Layout, Bengaluru, Karnataka 560084, Índia
  • Arquiteto Responsável

    Neelam Manjunath
  • Área

    210.0 m2
Courtesy of Manasaram Architects
Courtesy of Manasaram Architects

Bamboo Symphony é o novo escritório de Manasaram Architects. Por isso, o requisito básico do projeto era encarnar todo seu desenho e outras filosofias no edifício juntamente com outros requisitos de espaço e serviços.

Courtesy of Manasaram Architects
Courtesy of Manasaram Architects

O escritório foi construído adjacente a nova residência dos arquitetos com um orçamento muito pequeno. Todos os resíduos de madeira, bambu, cantos arrendondados de pedra, escombros e o barro da construção da moradia foram utilizados, tendo o bambu como material principal de uma maneira inovadora. O escritório é um empreendimento de 'energia zero', com sistemas de circuito fechado de materiais de construção, processos e tecnologias. 

Courtesy of Manasaram Architects
Courtesy of Manasaram Architects

1. Sustentabilidade está intrínseca à própria definição de arquitetura.

2.Os edifícios foram desenhados segundo os cinco elementos da natureza: ar, terra, água, fogo e o espaço - o Panchamahabhutas abastece as necessidades de todas as três faculdades do homem: física, psicológica e espiritual.

3.Utilizar a ciência de materiais altamente evoluída e processa-la junto com a natureza e sistema tradicionais desenvolvidos por locais, que parecem seguir, sem saber, as engenhosas soluções de engenharia como tradições a um nível superior de desenho e tecnologia.

4. O bambu, que desempenha um papel chave na vida de 1/5 da população mundial hoje em dia, foi substituído por outros materiais, sendo estigmatizado como um 'material do homem pobre'. O projeto é, portanto, um esforço para restabelecer o bambu como material apto.

Courtesy of Manasaram Architects
Courtesy of Manasaram Architects

Características Sustentáveis

A orientação da obra e a forma da cobertura permite que os ventos sul- oeste-noroeste soprem sobre a estrutura, sem nenhum tipo de fortes correntes de ar dentro do edifício apesar de estar completamente aberto no lado sul. Portanto, os interiores dos edifícios continuam sendo cômodos também no verão. Ventilação natural; transmissão térmica natural da envolvente do edifício; alta utilização da construção de massa com armazenamento térmico como parte da estratégia de calor através de uma refrigeração passiva; sistema de energia solar previsto para o requerimento de energia 100% com a conectividade de rede de suporte.

Floor Plan
Floor Plan

Iluminação Solar

Todas as áreas estão iluminadas com luz natural durante o horário comercial do escritório ao longo de todo o ano. Introduzimos tubos de luz feitos de PVC 6" na laje para as áreas mais profundas (3 metros de distância da luz natural). Todas as luminárias foram feitas de bambu residual, folhas e peças de policarbonato. As luzes do jardim estão feitas de resíduos de garrafas PET e bambu com LEDs.

Courtesy of Manasaram Architects
Courtesy of Manasaram Architects

Eficiência de água

A instalação para conservação de água: acessórios para economizar água, água reciclada e água tratada para o lavabo, redes de esgoto, paisagismo, etc. Sistema de coleta de águas pluviais, com 50.000 litros de capacidade de coleta RW, tanque com uma rica variedade de plantas de água disponíveis localmente e lírios. O transbordamento deste tanque faz com que o poço seja recarregado. Todos os corpos de água e as características criadas a partir da água da chuva recolhida ou água reciclada. 

Courtesy of Manasaram Architects
Courtesy of Manasaram Architects

Bambu - o futuro dos materiais de construção

As qualidades de engenharia de bambu e sua estrutura intrínseca antecipam os princípios de muitos materiais de alta tecnologia, por isso é economicamente eficiente, com seu aspecto atrativo como uma grande vantagem. Dado que as estruturas com integridade tensional e sinérgicas requerem luz e elementos básicos de grande resistência a tração, o bambu é utilizado como material principal neste edifício. Concreto armado reforçado com fibras de bambu - divisões de bambu como reforço e fibras de bambu agregadas ao concreto para reduzir o peso melhoram a união (evitando assim as fissuras por contração) e isolamento térmico.

Courtesy of Manasaram Architects
Courtesy of Manasaram Architects

Além do bambu, blocos de terra compactada, pedra, pó de pedra, resíduos e materiais reciclados foram utilizados na construção. A interação destes materiais naturais junto com os corpos de água deram lugar a uma estrutura harmônica que se conecta aos elementos naturais, no Panchmahabhutas.

Courtesy of Manasaram Architects
Courtesy of Manasaram Architects

Estrutura

A estrutura do Bamboo Symphony reconhece a cobertura como sua característica mais singular. Baseada no modelo de nossas plataformas de pesca tradicionais que foram utilizadas durante séculos no nosso país. Um exame detalhado revelou que são estruturas sinérgicas verdadeiramente engenhosas. Desenhamos o edifício como uma estrutura de rede sinérgica de pilares e vigas de bambu. Os pilares do projeto, mesmo aparentando um posicionamento aleatório, apresentam um tamanho, posição e inclinações definidas que são 100% estruturalmente relevantes, como a lógica tecnológica altamente evoluída que encontramos na natureza. 

Exploded Perspective
Exploded Perspective

Permitimos que a cobertura defina sua própria forma de acordo com o fluxo das forças naturais, como uma tela estirada sobre os suportes. Esta deu lugar a uma estrutura altamente eficiente com um mínimo de energia e uso de material devido ao fato de que estas estruturas são feitas em todo o mundo com materiais modernos de alta tecnologia. O bambu é o único material de construção natural com balanço de energia mais baixo que pode ser utilizado para estes tipos de estrutura.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Manasaram Architects
Escritório
Cita: "Bamboo Symphony / Manasaram Architects" [Bamboo Symphony / Manasaram Architects] 16 Out 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/797253/bamboo-symphony-manasaram-architects> ISSN 0719-8906