O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Buckminster Fuller Institute anuncia os finalistas do Fuller Challenge 2016

Buckminster Fuller Institute anuncia os finalistas do Fuller Challenge 2016

Buckminster Fuller Institute anuncia os finalistas do Fuller Challenge 2016
Buckminster Fuller Institute anuncia os finalistas do Fuller Challenge 2016, Cortesia de Buckminster Fuller Institute
Cortesia de Buckminster Fuller Institute

Buckminster Fuller Institute anunciou os seis finalistas do Fuller Challenge 2016, um concurso que já alcança seu nono ciclo. A edição atual buscou por projetos de todos os campos que abordassem os problemas mais urgentes da humanidade, e premiará com US$ 100.000 o projeto que "apresente estratégias integradas e profundamente formadas por um entendimento completo de seu contexto".

Os finalistas do Fuller Challenge 2016 são:

Cooperación Comunitaria:

Cortesia de Buckminster Fuller Institute
Cortesia de Buckminster Fuller Institute

Somos chamados a ser os arquitetos do futuro, não suas vítimas. [O desafio é] fazer com que o mundo trabalhe para 100% da humanidade no menor tempo possível, com colaboração espontânea e sem danos ecológicos ou desvantagens a ninguém. – R. Buckminster Fuller.

Cooperación Comunitaria está implementando um modelo integral para melhorar radicalmente as condições de vida das populações marginalizadas no México, mediante o trabalho com comunidades para reconstruir seus lares, combinando as análises geológicas e de riscos de engenharia com a sabedoria local indígena. Os líderes de projeto se comprometem com a população local no lugar, projeto e construção de moradias acessíveis, resistentes a terremotos, ecológicas e culturalmente apropriadas usando materiais locais. Além de seus esforços no entorno construído, Cooperación Comunitaria trabalha em programas de educação e formação, no desenvolvimento econômico sustentável através de projetos agroflorestais e agroecológicos, assim como a reativação e revitalização da cultura indígena local, incluindo suas tradições botânicas e médicas. Esta iniciativa multifacetada exemplar combina a ciência e as tradições locais num enfoque compreensível para a recuperação da comunidade.

Cortesia de Buckminster Fuller Institute Cortesia de Buckminster Fuller Institute Cortesia de Buckminster Fuller Institute Cortesia de Buckminster Fuller Institute + 18

CommuniTree, por Taking Root:

Cortesia de Buckminster Fuller Institute
Cortesia de Buckminster Fuller Institute

Quando os indivíduos se unem em una cooperativa, o poder gerado excede em muito o que eles poderiam ter conquistado atuando individualmente. – R. Buckminster Fuller.

CommuniTree é uma abordagem simples, porém prática, bem executada para enfrentar três problemas inter-relacionados: o desmatamento, a mudança climática e a pobreza. O projeto conecta ingenuamente os pontos em volta da redução de CO2 e a geração de economias locais sustentáveis através de um programa de reflorestamento multifacetado. A venda de créditos de carbono e produtos de madeira sustentáveis servem como mecanismos financeiros para apoiar o reflorestamento generalizado pelos pequenos agricultores interessados em zonas vulneráveis aos efeitos da mudança climática em Nicarágua. Devido à grande superfície de terras agrícolas degradadas em todo o mundo, esta abordagem tem o potencial de ser emulada amplamente e contribuir em grande escala à eliminação global de carbono, assim como para a restauração do habitat e a redução da pobreza.

Waterbank Schools, por PITCHAfrica:

© Aggrey Maganga
© Aggrey Maganga

Se fizermos mais com menos, nossa resposta será suficiente para cuidar de todo o mundo. - R. Buckminster Fuller.

PITCHAfrica identifica o acesso a água potável como um problema crítico de escala global e [pretende] transformar as dinâmicas da comunidade ao oferecer uma solução elegantemente simples. Esta intervenção é, ao mesmo tempo, social, educacional, médica, ambiental e econômica. O modelo assume uma forma arquitetônica comum: os sistemas de obtenção de água e sua filtração que transformam o uso da estrutura, fazem com que certos comportamentos sejam obsoletos, e enfrenta diretamente a falta de um recurso crítico [água potável]. Incorporar este novo modelo é entender que os valores comunitários são uma prioridade máxima.

Una Hakika, por Sentinel Project:

© Adrian Gregorich
© Adrian Gregorich

Se quiser que as pessoas aprendam uma nova forma de pensar, não perca tempo tentando ensiná-las. Em vez disso, dê a elas uma ferramenta que, através de seu uso, as leve a pensar de modo diferente. - R. Buckminster Fuller.

Sentinel Project desenvolveu 'Una Hakika': um híbrido tecnológico que une comunicação, visão social e o uso benéfico das redes sociais. O projeto aproveita tanto a "arquitetura da informação" online e off-line para desacelerar conflitos nas regiões onde a informação errônea pode conduzir à violência ou o genocídio. A violência inter-étnica e entre as comunidades é frequentemente agravada dramaticamente por rumores inflamatórios. O projeto piloto 'Una Hakika', de forma rápida e eficaz, utiliza todas as ferramentas de comunicação disponíveis - incluindo celulares, rádios, jornais e conversas boca-boca para desativar o conflito, com projetos que operam sobre o território no Quênia e em Myanmar.

The Urban Death Project:

Cortesia de Buckminster Fuller Institute
Cortesia de Buckminster Fuller Institute

Construa um novo modelo que torne o atual obsoleto. - R. Buckminster Fuller.

O Urban Death Project (UDP) projetou um modelo escalável e regenerativo baseado no processo natural de decomposição depois da morte. Nos centros de decomposição projetados pela UDP, os organismos e os resíduos florestais se decompõe e se convertem em terra. Estes centros são um híbrido de parque público, funerária e espaço memorial, com o potencial de se situar sobre infraestrutura urbana reutilizada. O processo de decomposição elimina a necessidade de gastar em madeira, concreto, líquidos tóxicos de embalsamamento, e solicitação de terrenos, característicos das práticas funerárias tradicionais (de enterro ou cremação).

Cortesia de Buckminster Fuller Institute Cortesia de Buckminster Fuller Institute Cortesia de Buckminster Fuller Institute Cortesia de Buckminster Fuller Institute + 18

The Rainforest Solutions Project:

© Aurora Tejida
© Aurora Tejida

Ciência do projeto é a aplicação efetiva dos princípios da ciência para o projeto consciente de nosso meio ambiente, com a finalidade de permitir que os recursos finitos da Terra satisfaçam as necessidades de toda a humanidade, sem interromper os processos ecológicos do planeta. - R. Buckminster Fuller.

Este projeto é uma colaboração entre o Greenpeace, Sierra Club BC e Stand (antigamente ForestEthics), desenvolvido pela iniciativa Tides Canada. Por quase duas décadas, eles tiveram a missão singular de "impulsionar os interesses divergentes de governo, das Primeiras Nações, dos ecologistas e das empresas de exploração florestal na Floresta Great Bear, com o intuito de desenvolver um marco legal chamado Ecosystem Based Management, apoiado por todas as partes". Esta luta de décadas culminou numa das vitórias mais extraordinárias de conservação, justiçai social e direitos indígenas da história recente: um acordo histórico de 250 anos entre as partes para conservar 85% e gerenciar de maneira sustentável 15 milhões de acres da Floresta Great Bear, uma das maiores florestas temperadas do planeta.

Noticia e descrição de projetos via Buckminster Fuller Institute.

Cita: Santos, Sabrina. "Buckminster Fuller Institute anuncia os finalistas do Fuller Challenge 2016" [Buckminster Fuller Institute Announces the 2016 Fuller Challenge Finalists] 02 Out 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Ferber, Amanda) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/796388/buckminster-fuller-institute-anuncia-os-finalistas-do-fuller-challenge-2016> ISSN 0719-8906