O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. La Matriz: Módulo dobrável de emergência criado por estudantes peruanos

La Matriz: Módulo dobrável de emergência criado por estudantes peruanos

La Matriz: Módulo dobrável de emergência criado por estudantes peruanos
La Matriz: Módulo dobrável de emergência criado por estudantes peruanos, Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú

A costa peruana se caracteriza por ser um território vulnerável a desastres naturais de intensidade variada, uma ameaça constante que se agrava com as consequências do aquecimento global. Apesar desta realidade eminente, a habitação autoconstruída (que conforma a grande maioria das edificações desta região do país) não apresenta as condições adequadas para suportar um evento sísmico de grande magnitude ou um maremoto. Ante esta problemática, um grupo de estudantes da Pontifícia Universidade Católica do Peru propõe La Matriz, um módulo dobrável de emergência a ser utilizado como refúgio temporário em caso de desastres naturais, pensado em função das variáveis econômicas, climáticas e tecnológicas características da costa peruana. 

Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú + 28

Descrição dos projetistas:

Para entender o projeto de La Matriz é necessário entender primeiro o contexto nacional a partir de onde nasce o desenho do módulo. O Peru é uma nação de caráter sensível frente à força da natureza que assola seu território em consequência de sua condição geográfica, e é como resultado desta condição que se inicia reconhecendo a necessidade e importância por gerar módulos de emergência que colaborem a enfrentar situações de necessidade no país.

Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú

Tendo em vista as diferentes regiões que conformam o território peruano, se deve tomar diferentes intenções de desenho para enfrentar cada uma destas de maneiras independentes. Neste primeiro projeto buscou-se resolver as necessidades da costa peruana que se caracteriza por ter um clima tropical árido de intensa radiação e de precipitações escassas. Ainda assim, esta região enfrente periodicamente complexos desastres naturais como a mudanças sazonais representadas pelo fenômeno do El Niño, assim como os terremotos inesperados, deslizamentos de terra, inundações, entre outros.

Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú

Portanto, como parte de um processo de pesquisa de arquitetura alternativa, projetou-se um módulo desdobrável baseado num mecanismo de placas de alumínio, que em aliados à uma cobertura independente de material reflexivo e isolante sobrepostos como escamas, consegue resolver de maneira imediata as necessidades de abrigo e privacidade em áreas vulneráveis da costa peruana, respeitando as propriedades fundamentais de ser dobrável, leve, resistente, bioclimático e econômico. Todas estas com o propósito principal de responder com agilidade a necessidade de abrigo temporal durante o processo construtivo de novas habitações definitivas que substituem aquelas destruídas.

Estrutura

Dentro da busca pela forma semi-esfera do módulo, elegemos a estrutura autoportante que distribui uniformemente as cargas dentro de um desenho radial, que está conformada por uma rede de lâminas que se abrem, unidos em seus extremos superiores e inferiores. A secção das lâminas é engrossada de acordo com a magnitude das cargas que deve suportar, assim como o é quando se aproxima da base, que é aparafusada a perfis metálicos presos ao solo.

Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú

Materiais

Para a trama de lâminas estruturais foi utilizado alumínio por suas características de flexibilidade e leveza, que facilita o sistema de desdobra e transporte. Acima da estrutura está incorporada a segunda pele de um material industrial com propriedades de isolamento térmico e impermeáveis para gerar no interior do módulo as condições ambientais adequadas para o refúgio humano. A cobertura é composta por uma capa isolante de espuma que reduz consideravelmente a transmissão de calor do exterior ao interior e evita sua perda durante a noite, além de uma camada de alumínio que reflete a radiação solar.

Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú

Sistema de dobra e armazenamento

Ao propor uma estrutura radial, a trama de lâminas se desdobra ao redor de um ponto fixo superior central gerando uma forma cupular apoiada e fixada nos perfis presos ao solo. Finalmente cada pétala de material isolante é colocada como módulos sobrepostos, com a capacidade de controlar manualmente a ventilação do espaço interno através de um abertura de vãos para a troca de ar através da ventilação cruzada. Além disto, ocorre a saída do ar quente através de pequenos vazios na parte superior como estratégias para manter a temperatura estável de conforto. 

Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú

Desenho urbano

A instalação destes módulos começa com a colocação do equipamento e dos serviços de maneira concêntrica, gerando e contendo o espaço público central próximo a alguma via de acesso importante. Após isto, são colocados os módulos de maneira radial, ao redor dos espaços comuns centrais. A partir deste núcleo são traçados eixos de pedestres que direcionam o crescimento urbano do complexo, situando os equipamentos contentores de resíduos na periferia. O complexo urbano possui uma capacidade máxima para 180 módulos de habitação, uma vez chegada ao seu milite, devera ser instalado outro centro urbano para manter uma administração e condições de salubridade adequadas.

Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú

Síntese

O projeto de La Matriz responde à uma necessidade de abrigo frente à destruição de habitações em um evento de catástrofe através de um desenho arquitetônico particular materializado em uma forma resultante da estrutura, considerando as propriedades e o comportamento dos materiais utilizados tanto na estrutura como fechamento, para gerar um sistema eficaz de desdobramento a curto prazo, sob baixo custo de fabricação, leve para facilitar o transporte e adequado para o clima específico peruano. É a partir do desenho arquitetônico que são planejadas as soluções para gerar uma melhor qualidade de vida frente aos possíveis danos que a situação territorial peruana pode originar.

Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú
Cortesia da Pontificia Universidad Católica del Perú

Ficha técnica

Cátedras: Felipe Ferrer Cárdenas e Peter Seinfield Balbo
Alunos da Equipe: Jhonattan Díaz Gastelo, Joselyn Salinas Colunche, Juan Pablo Calderón Cayo, Marisol Michilot Yalán, Nadia Cabrera Salazar, Nicole Castañeda García, Pavel Rosales Espinoza, Renato Farro Rivero, Renatto Pozo Godfrey
Localização: Costa peruana
Realização do Projeto: Julio 2015
Capacidad estimada: 8 pessoas 
Tempo aproximado de desdobramento: 4 horas
 Número de pessoas necessárias para a montagem: 4 pessoas

Ver a galeria completa

Cita: Rodríguez Bernuy, Fabio. "La Matriz: Módulo dobrável de emergência criado por estudantes peruanos" [La Matriz: Módulo desplegable de emergencia creado por estudiantes peruanos] 22 Mar 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/783968/la-matriz-modulo-dobravel-de-emergencia-criado-por-estudantes-peruanos> ISSN 0719-8906