O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Outros Edifícios
  4. Centro de Interpretação Ambiental em Ilha das Flores - Açores / Ana Laura Vasconcelos

Centro de Interpretação Ambiental em Ilha das Flores - Açores / Ana Laura Vasconcelos

  • 09:00 - 15 Março, 2016
  • Traduzido por Maria Julia Martins
Centro de Interpretação Ambiental em Ilha das Flores - Açores / Ana Laura Vasconcelos
Centro de Interpretação Ambiental em Ilha das Flores - Açores / Ana Laura Vasconcelos, © Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

© Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG + 36

  • Arquitetos

  • Localização

    Santa Cruz Das Flores, Portugal
  • Engenharia

    Batiaçores, Lda
  • Estrutura

    Eng. Helena Batista
  • Engenharia Mecânica

    Eng. João Paulo Veloso
  • Iluminação

    Eng. João Mota Vieira
  • Construção

    Somague-Ediçor, Engenharia SA.
  • Custos

    € 1.000.000,00 euros
  • Área

    490.0 m2
  • Ano do projeto

    2009
  • Fotografias

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O Passado

Este projeto é uma história, feita de outras histórias criadas, de pesca de baleias nos Açores. É uma história de uma ilha intimamente relacionada com a memória de um povo e uma tradição altamente digna no passado, tanto em termos humanos e profissionais. Uma história da Fábrica de Baleias em ruínas (uma das maiores nos Açores), que quer ser mais do que um patrimônio esquecido, resistindo ao tempo. 

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O Conceito 

A história de um Centro de Interpretação Ambiental, em uma perspectiva didática e pedagógica, visa mostrar "in loco" o espaço e as informações relacionadas à a conservação da vida marinha e o uso sustentável do Oceano Atlântico, a proteção da biodiversidade, a recuperação da zona costeira e o renascimento do patrimônio mundial das baleias e sua cultura. O projeto converte e amplia a Fábrica de Baleias, sem rivalidade ou pretensão. Seu conceito e imagem derivam do antigo tanque de óleo de baleia de cobre, transformado em claraboias. As lanternas do telhado resultam em uma composição volumétrica do lado de fora, enquanto a luz e a sombra contrastam no interior. Aqui, o conceito compreende duas partes: um conjunto de salas (salas de exposição temporária e permanente, videoteca, auditório, aquário virtual e loja) e uma passarela flutuante que as conecta.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O Projeto 

Esta é a história de um projeto que visa a restauração de um edifício classificado como patrimônio histórico. Construído no subsolo e cercado por um muro de pedra natural, o projeto converteu os tanques em salas de exposição, mantendo a sua estrutura de concreto original, e expandiu a área de intervenção ao revolver a terra ao redor, criando um local espaçoso em que os leves volumes de madeira parecem flutuar, diferenciando claramente as novas construções da antiga. Todas estas combinações de materiais - os tanques de óleo de concreto, os espaços de madeira e a parede de pedra natural - foram concebidos para criar um espaço unificado que apela para os sentidos.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O projeto inclui seis diferentes camadas de intervenção:

1. A reconstrução dos tanques de concreto, agora pintados de branco;

Diagrama
Diagrama

2. A reconstrução da parede de pedra natural, seguindo o projeto original;

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

3. A composição de novos e pequenos volumes de madeira;

Diagrama
Diagrama

4. A passarela flutuante (elemento unificador) que conecta todos os espaços;

Planta - Térreo
Planta - Térreo

5. O piso, que é uma escultura, imitando as rochas vulcânicas do mar;

6. A entrada em mármore branco, o único elemento contemporâneo que atravessa a parede de pedra

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Em última análise, esta é a história de um Centro de Interpretação Ambiental, que não nasceu do zero, mas a partir da história de um edifício histórico, um conceito e um local. Um novo edifício com velhas histórias para contar. Uma típica história que transforma o conceito de arquitetura em um gesto. Afinal de contas, os espaços adquirem a sua própria identidade através de histórias e gestos.

Corte
Corte

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Ana Laura Vasconcelos
Escritório
Cita: "Centro de Interpretação Ambiental em Ilha das Flores - Açores / Ana Laura Vasconcelos" [Environmental Interpretation Centre in Flores Island - Azores / Ana Laura Vasconcelos] 15 Mar 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Martins, Maria Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/783672/centro-de-interpretacao-ambiental-em-ilha-das-flores-acores-ana-laura-vasconcelos> ISSN 0719-8906