O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Espaço Público
  4. Colômbia
  5. Juan David Botero
  6. 2011
  7. Museu Casa de la Memoria / Juan David Botero

Museu Casa de la Memoria / Juan David Botero

  • 19:00 - 10 Setembro, 2015
  • Traduzido por Maria Julia Martins
Museu Casa de la Memoria / Juan David Botero
Museu Casa de la Memoria / Juan David Botero, © Isaac Ramírez Marín
© Isaac Ramírez Marín

© Isaac Ramírez Marín © Isaac Ramírez Marín © Isaac Ramírez Marín © Isaac Ramírez Marín + 44

© Isaac Ramírez Marín
© Isaac Ramírez Marín

Descrição enviada pela equipe de projeto. Em comemoração dos 200 anos da independência da Colômbia, a prefeitura de Medellín decidiu desenvolver um projeto urbanístico e arquitetônico que cria um impacto social, ambiental e espacial em um setor que, ao longo dos anos, foi se deteriorando pela invasão de edifícios não planejados e uso indevido de recursos naturais.

Planta Nivel -5
Planta Nivel -5

Planta Nivel 0 Cortes por Fachada Fachada 4 Secciones 3 + 44

O projeto faz parte do plano diretor de PUI-Central, localizado no entorno do bairro Boston, no distrito 10 de Medellín, entre as quadras 39 e 36 e ruas 54 (Caracas) e 51 (Praia). O seu critério de localização responde à necessidade de recuperar um elemento histórico e natural como a Quebrada Santa Elena, uma fonte de água importante para a memória coletiva das pessoas, onde está o primeiro assentamento que deu origem à cidade e que pretende ser o eixo estruturador do projeto de recuperação de seu valor histórico.

© Isaac Ramírez Marín
© Isaac Ramírez Marín

O projeto propõe uma nova área de intervenção no espaço público de 21.620 metros quadrados, através do qual a recuperação do espaço físico e ambiental da Quebrada Santa Elena foi planejada com uma plantação considerável de flora nativa e um projeto paisagístico, consolidando o setor como um novo playground com instalações recreativas, acompanhadas de um teatro aberto e uma instalação digital interativa de água.

© Isaac Ramírez Marín
© Isaac Ramírez Marín

O projeto também possui um equipamento cultural de 3.800 metros quadrados, um museu chamado Casa da Memória, que pretende estabelecer-se como um lugar de memória das vítimas de violência, promovendo os seus espaços que permitem a reconstrução e divulgação das inserções da memória histórica com exposições do museu, com o objetivo de transformar atos violentos na aprendizagem social. É uma desculpa para encontrar nesta cidade um espaço onde os cidadãos possam se reunir para rever a nossa história e serem capazes de fazer a transição da escuridão da morte que varreu as ruas durante décadas à luz de esperança para conseguir viver frente uma cidade que é construída com novos espaços.

Secciones 1
Secciones 1

A partir dessa premissa, o edifício se desdobra como um túnel que visa a criação de sensações em sua rota de transição da escuridão à luz, apoiado por painéis que contam histórias de forma interativa. É uma viagem pela história deste conflito que já dura mais de 40 anos.

© Isaac Ramírez Marín
© Isaac Ramírez Marín

Seu programa foi desenvolvido em três níveis; o intermediário (N 0.0) que possui o acesso, depósito e dois grandes pavilhões de exposição; um nível mais elevado (4,00 N), onde está o Centro de Documentação, Arquivo e Espaço para Consulta; e um nível mais estreito (N-5,00 e -6,50), onde estão as oficinas educativas, auditório para 270 pessoas, escritórios administrativos, Galeria Infantil, Galeria de Saída, restaurante, loja e áreas técnicas.

© Isaac Ramírez Marín
© Isaac Ramírez Marín

A estrutura será mista, com varandas e lajes de concreto que receberão o programa, cercada por um esqueleto de metal que conforma as paredes do envelope e da cobertura do edifício. É uma grande pele dobrada que dá uma imagem unificada do edifício. O edifício conta com ações passivas, como uma câmara de ar para o controle térmico, ventilação natural adequada para remover o ar quente na câmara e espaços subterrâneos, e paredes em um ângulo para evitar a incidência solar direta.

© Isaac Ramírez Marín
© Isaac Ramírez Marín
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Museu Casa de la Memoria / Juan David Botero" [Museo Casa de la Memoria / Juan David Botero] 10 Set 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Martins, Maria Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/773399/museu-casa-de-la-memoria-juan-david-botero> ISSN 0719-8906