O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Restaurante
  4. Portugal
  5. NO Arquitectos
  6. 2014
  7. Olympia Club / NO Arquitectos

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Olympia Club / NO Arquitectos

  • 09:00 - 26 Abril, 2015
Olympia Club / NO Arquitectos
Olympia Club / NO Arquitectos, © Arménio Teixeira
© Arménio Teixeira

© Arménio Teixeira © Arménio Teixeira © Arménio Teixeira © Arménio Teixeira + 21

  • Arquitetos

  • Localização

    Rua de Passos Manuel, 4000 Porto, Portugal
  • Autor

    José Carlos Nunes de Oliveira
  • Colaboradores

    André Oliveira, Hugo Araújo, Juliana Costa
  • Ano do projeto

    2014
  • Fotografias

© Arménio Teixeira
© Arménio Teixeira

Descrição enviada pela equipe de projeto. Projeto de reabilitação do edifício Cinema Olympia (conhecido, desde a década de 90, por  Bingo Olympia) em restaurante e discoteca de luxo.

Desenhar uma discoteca assusta, pode ser perverso. As exigências do público e o objectivo do  cliente é inverso a muito daquilo em que acredito na arquitetura. As keywords são: diversão,  vaidade, excesso, fantasia e representação à procura de legitimidade. Talvez como defendia A.  Loos, austeridade e delito possam coexistir, dependendo do estado crítico da consciência  sobre os factos e a sua adequada resolução. Fui ler.

© Arménio Teixeira
© Arménio Teixeira

O Cinema Olympia foi inaugurado em 1912, as notícias anunciavam “instalações modelares,  elegantes e luxuosíssimas”. Ao longo dos seus 100 anos de existência foi alvo de diversas  utilizações e alterações aos seus interiores, restando apenas a fachada original. Nos anos 80  deixou de ser cinema e transformou‐se em espaço de jogo. Nessa altura sofreu uma profunda  intervenção, perdendo definitivamente as qualidades da ampla sala e a riqueza ornamental  descrita nos documentos históricos. Quando iniciamos o projeto, confrontamo‐nos com um  interior anônimo e sem valor patrimonial.  

A  alteração  de  utilização  do  edifício  como  restaurante/club  preserva  a arquitetura.  Restauramos a fachada original, eliminamos as adições descaracterizadoras e adaptamos os  seus interiores às exigências técnicas da nova utilização.

© Arménio Teixeira
© Arménio Teixeira

Proposta de alteração:  

1. Deslocalização de uma escada;  

2. Criação de sanitários públicos (1º andar) e de sanitários de total mobilidade;  

3. Divisão do espaço contínuo em duas salas – piso 0 e piso 1.  

Corte
Corte

Proposta de reabilitação:  

1. Concepção de mobiliário estruturante (bar e cabine de DJ), fixo (camarotes) e móvel  (candeeiros, cadeiras, mesas,…);

2. Substituição  e  adição  de  novos  revestimentos  de  paredes  e  tectos,  forçada  por  exigências de tratamento acústico;  

3. Substituição de iluminação e decoração.  

O edifico desenvolve‐se em de 3 pisos, 2 pisos acima da cota de rua e 1 piso abaixo.  O piso térreo e o primeiro andar são abertos ao público.  O piso térreo é dedicado à restauração e fora de horas à dança. O primeiro andar é ocupado  pela administração, clubbing privado e eventos. 

© Arménio Teixeira
© Arménio Teixeira

O pedido insistente de decoração, formas e cores temáticas foram contornadas pela proposta  de um único revestimento de parede contínuo, com forma, luz e cor. 

No centro das nossas preocupações residia uma dúvida: Como materializar a resposta aos altos padrões de exigências acústicas, de segurança e  de  resistência e durabilidade dos materiais? 

© Arménio Teixeira
© Arménio Teixeira

Uma casca em chapa de aço, sulcada pela luz – programação RGB de Led – reveste o sistema  de absorção acústica aplicado sobre as paredes exteriores. A densidade da chapa de ferro e os  cortes na parede de chapa auxiliam à absorção acústica ‐ ajudou a A. Loos!   

Pelo espaço uma flor constrói os diversos tectos de diferentes formas.  As portas exteriores foram acolchoadas.  A fachada, relativamente bem conservada, foi alvo de uma limpeza, reconstituição pontual de  rebocos desagregados e pintura.  

© Arménio Teixeira
© Arménio Teixeira

Tendo como referência a Rua Passos Manuel, optamos pela utilização de uma gama de cinzas  claros, bem sedimentados nesta paisagem urbana, devolvendo ao Olympia a sua singularidade  e destacando‐o dos tons ocres que o fundiam com o Coliseu.  

Planta - Térreo
Planta - Térreo
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
NO Arquitectos
Escritório
Cita: "Olympia Club / NO Arquitectos" 26 Abr 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/765914/olympia-club-no-arquitectos> ISSN 0719-8906