Centro de Produção e Pesquisa Carozzi / GH+A | Guillermo Hevia

Centro de Produção e Pesquisa Carozzi / GH+A | Guillermo Hevia

© Nico Saieh© Nico Saieh© Nico Saieh© Nico Saieh+ 43

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  52
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2012
  • Fotógrafo Fotografias:  Cristobal Palma, Nico Saieh
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Hunter Douglas, Atika, Bash, Brimat, Budnik, Chubretovic, Glasstech, MK, Manuel Delgado, Nuprotec, Optifloor, Vitra
  • Colaboradores:Maureen Hänel G., Felipe Urrejola C.
  • Projeto Sky View:Guillermo Hevia García, Nicolás Urzúa S.
  • Estudo Bioclimático:BIOTECH Chile Consultores Ltda.
  • Produção:CAROZZI Ingeniería.
  • Cálculo Estructural:Yanko Morales U.
  • Construção:Constructora ENV Ltda.
  • Arquitetos Responsáveis:Tomás Villalón A., Francisco Carrión G., Javier González E.
  • Cidade:Santiago
  • País:Chile
Mais informaçõesMenos informações
© Nico Saieh
© Nico Saieh

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto surge da necessidade de reconstruir a fábrica Carozzi, incendiada em 2010.

Significou um desafio e uma oportunidade, em expressar novos conceitos sociais, industriais, de inovação, novas tecnologias e de sustentabilidade da empresa através da arquitetura.

Emplazamiento
Emplazamiento

O perfil das estruturas metálicas se assemelham aos macarrões e a cobertura às massas de lasanha, as formas ondulantes e sinuosas recriam a Cordilheira dos Andes e o entorno geográfico imponente, dialogam em perfeita harmonia com o edifício existente, o moinho (1964), ícone da arquitetura moderna chilena.

© Cristobal Palma
© Cristobal Palma

O branco e o vermelho, cores corporativas da Carozzi, transcendem a história e as linhas diagonais reinterpretam o moinho, o vinculando esteticamente com as fachadas da nova fábrica.

Escantillones
Escantillones

AxonometricaCorte LongitudinalEscantillonesFachada Oeste+ 43

No centro do conjunto foi desenhado um Centro Cívico e uma Praça para o encontro social dos funcionários, envolvidos pelas fábricas de Massas e Cereais, e ao sul pelo edifício de escritórios, um volume horizontal de formas côncavas e convexas, revestido por lâminas vermelhas, uma solução simples e categórica. Desta maneira, parece que o edifício flutua sobre a água.

© Nico Saieh
© Nico Saieh

Transparência velada

O hermetismo aparente, herança do moinho, revela não ser tal quanto predominam as aberturas, transparências e claridade da luz natural, voltando os espaços interiores de trabalho diáfanos e iluminados, permitindo uma considerável economia energética nas atividades diurnas dos processos e qualidade de vida às pessoas.

© Nico Saieh
© Nico Saieh

© Nico Saieh© Nico Saieh© Cristobal Palma© Cristobal Palma+ 43

O aço

O uso do aço permite uma grande plasticidade formal que não seria possível com outro material. A estrutura metálica gera uma grande espacialidade interior que abrange grandes vãos, além de uma construção rápida e econômica.

Elevaciones
Elevaciones

Painéis de aço pré-pintado dão textura aos edifícios com a luz e a sombra, sutilmente transparente (perfurados) passam uma imagem de leveza, protegem e controlam a luz, além de gerar uma nova imagem para a empresa.

© Nico Saieh
© Nico Saieh

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:San Bernardo, Santiago, Chile

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro de Produção e Pesquisa Carozzi / GH+A | Guillermo Hevia" [Centro de Producción e Investigación Carozzi / GH+A | Guillermo Hevia] 02 Nov 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/761426/centro-de-producao-e-pesquisa-carozzi-gh-plus-a-guillermo-hevia> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.